segunda-feira, 23 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Arte na capa faz homenagem ao dia do desenhista

Arte na capa faz homenagem ao dia do desenhista

Matéria publicada em 8 de abril de 2018, 07:12 horas

 


Vinte e seis obras produzidas por artistas renomados como Juarez Machado e Daniel Azulay, entre outros, poderão ser conferidas no MIS até o dia 30 de abril

Ilustrando Canções: Mostra pode ser conferida até o próximo dia 30 de abril no Museu da Imagem e do Som - (Foto: Divulgação)

Ilustrando Canções: Mostra pode ser conferida até o próximo dia 30 de abril no Museu da Imagem e do Som – (Foto: Divulgação)

Resende – Os dias do desenhista e do disco, comemorados em 15 e 20 de abril, respectivamente, estão sendo celebrados em grande estilo em Resende: com uma edição especial do projeto Arte na Capa, que homenageia neste mês artistas designers renomados que desenharam capas memoráveis de discos de vinil para cantores e cantoras da música popular brasileira.
Intitulada “Ilustrando Canções”, a mostra, que reúne 26 trabalhos, pode ser conferida até o próximo dia 30 de abril no Museu da Imagem e do Som, que fica no andar térreo da Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda.
Entre as capas que compõem a exposição, estão discos de Martinho da Vila, Agnaldo Timóteo, Caetano Veloso, Noel Rosa, Wilson Simonal, Clara Nunes, Moreira da Silva, Juca Chaves, João Bosco e Egberto Gismonti, além de MPB 4 e Os Trapalhões, que ganharam as cores e as traços inconfundíveis dos capistas Juarez Machado, Elifaz Andreato, Joselito, Hélio Eichbauer, Mário Bag, Romero Cavalcanti, Glauco Rodrigues, Miécio Caffé, Benício e Daniel Azulay, entre outros.
A exposição, além de homenagear esses artistas, que transformavam simples capas de discos em verdadeiras obras de arte, também visa resgatar a importância que os discos de vinil tiveram no cenário musical brasileiro até a década de 1990, quando eram a principal ferramenta para o lançamento de novos artistas no mercado fonográfico, e de divulgação do trabalho de nomes já consagrados da MPB.
Entre os capistas homenageados na exposição “Ilustrando Canções”, Daniel Azulay, artista plástico, músico, escritor, apresentador e ilustrador, é um dos mais conhecidos do grande público por ser o criador da “Turma do lambe-lambe”. Na mostra, Daniel estará representado através da capa do LP “Adivinha o que é?”, lançado em 1981 pelo grupo MPB-4. Já o artista plástico Juarez Machado, que também era escultor, caricaturista, cenógrafo, escritor e mímico, entre outras profissões, participa da mostra com a capa do disco O Pequeno Notável, de Juca Chaves. Gravado ao vivo, o disco traz uma curiosidade – um alerta na capa que diz: “Rigorosamente proibido para menores de 18 anos”.

Serviço:

Exposição Arte na Capa – “Ilustrando Canções”
Local: Museu da Imagem e do Som / Casa da Cultura Macedo Miranda
Rua Luiz da Rocha Miranda, 117, Centro
Visitação: Até 30 de abril
Horário: 12h às 18h

 

Untitled Document