Artesãs de Barra Mansa serão homenageadas na Câmara Municipal do Rio de Janeiro - Diário do Vale
sábado, 18 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Artesãs de Barra Mansa serão homenageadas na Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Artesãs de Barra Mansa serão homenageadas na Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Matéria publicada em 21 de maio de 2018, 07:30 horas

 


O secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Barra Mansa, Agnaldo Raymundo, participa nesta segunda-feira (21), da cerimônia de entrega do Conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto na Câmara Municipal do Rio de Janeiro às 14h. Por iniciativa do vereador carioca Eliseu Kessler, a subsecretária adjunta de Estado de Turismo, Nea Mariozz, será homenageada pelo serviço prestado na coordenação do programa de Artesanato no estado. Ao lado dela, artesãs fluminenses também serão homenageadas com moção de aplausos, inclusive quatro barra-mansenses: Izabel Helt, Ana Lúcia de Abreu, Maria de Fátima Oliveira Cabral e Maísa de Paula Almeida.
A Medalha de Mérito Pedro Ernesto foi criada em 1980. Ela é a principal homenagem que o Rio de Janeiro presta a quem mais se destaca na sociedade brasileira ou internacional. Recebeu esse nome em reconhecimento ao trabalho do prefeito Pedro Ernesto, e por isso sua figura é estampada nas duas Medalhas que fazem parte do Conjunto. Uma presa ao colar, e a outra para ser colocada na lapela do lado direito do homenageado. Ambas são presas em uma fita de cores azul, vermelha e branca que são as cores da bandeira da cidade do Rio de Janeiro.
Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Agnaldo Raymundo, a homenagem para as artesãs de Barra Mansa reflete o reconhecimento do trabalho desenvolvido no município que conta hoje com mais de 400 artesãs cadastradas.
– Essa homenagem é a consagração do trabalho que elas vêm desenvolvendo, não só para elas, mas também para o município. Durante a cerimônia, Barra Mansa será vista por todo o Estado com uma cidade que apoia, planeja e contribui para o crescimento do artesanato como fonte de emprego e renda – disse.
Desde o ano passado, quando o trabalho foi iniciado pela secretaria de Desenvolvimento Econômico, muita coisa já mudou. Em novembro, mais de 300 artesãs receberam a Carteira Nacional do Artesão em um evento com o apoio da Secretaria Estadual de Turismo. As artesãs também têm participado frequentemente de cursos e capacitações visando a Flumisul, em agosto desse ano. Nos eventos especiais como Domingo de Compras e Lazer no Calçadão, a Feira de Artesanato já virou tradição, assim como a loja de natal no Shopping Figorelle e recentemente a inauguração da primeira loja colaborativa de artesanato na região Sul Fluminense, também no Shopping Figorelle.

Um comentário

  1. Elaine Pereira Piola

    Artesanei – Novo Shopping Artesanato top => Busque no Google por Artesanei
    bora fazer a economia Girar!

Untitled Document