domingo, 23 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Espaço para a música em Quatis

Espaço para a música em Quatis

Matéria publicada em 22 de março de 2018, 18:53 horas

 


Estão abertas as inscrições para o curso de violino; aprendizado faz parte do projeto ‘Música para Todos’

 

Quatis – Se você é morador de Quatis e gosta de música, fique ligado! O projeto “Música Para Todos” retomou suas atividades neste mês com vagas destinadas aos alunos interessados em aprender a tocar violino. Implantado pela prefeitura, o projeto tem o objetivo de promover a formação musical de moradores do município e ampliar as ações de inclusão social voltadas, especialmente, aos segmentos da infância e adolescência. O projeto também oferece o aprendizado de violão.
No caso das aulas de violino, estão sendo disponibilizadas dez vagas e as inscrições já podem ser feitas no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro Jardim Independência, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A prioridade para a formação das novas turmas de violino serão as crianças e adolescentes matriculados em alguma unidade de ensino situada dentro do município.
Atualmente, o “Música Para Todos”, cujas aulas são ministradas pelo maestro Isac Francis, reúne 45 alunos, sendo 29 nas turmas de violão e 16 no aprendizado com violino. As aulas de violino acontecem às terças-feiras. Já os alunos matriculados no curso de violão estudam toda quinta-feira. O tempo de duração para cada aula é de uma hora. O projeto atende moradores a partir dos 12 anos de idade, e até a semana passada a aluna mais idosa era Maria Zélia Vieira, de 73 anos, residente no bairro Santo Antônio.
– Apesar de não ter completado o primeiro ano de funcionamento, o projeto “Música Para Todos” já realizou apresentações em alguns eventos públicos do nosso município, entre eles a cantata natalina, realizada em dezembro, na Praça Teixeira Brandão, e o lançamento do “Programa ID Jovem”, ocorrida no auditório do Colégio Estadual Américo Pimenta. Trata-se de uma iniciativa cuja importância vai além da formação musical. O projeto representa também um instrumento primordial de inclusão social, principalmente a favor da nossa juventude – afirma o prefeito Bruno de Souza (MDB), acrescentando que o professor é pago pela prefeitura de Quatis, que adquiriu também os 76 instrumentos usados no projeto, entre violões, violinos, violoncelos e pífaros.
Nas atuais turmas do “Música Para Todos” existem moradores dos bairros Alto Paraíso, Jardim Independência, Santo Antônio, Santa Bárbara, Nossa Senhora do Rosário, Barrinha, Loteamento Boa Vista e Loteamento São José. No ano passado, o projeto formou 37 alunos e a previsão é de que em 2018 o total de moradores formados alcance o número de 76. As aulas são gratuitas.

‘Música Para Todos’: Projeto já se apresentou em diversas ocasiões (Fotos: Divulgação)

‘Música Para Todos’: Projeto já se apresentou em diversas ocasiões (Fotos: Divulgação)

Aulas para formação de coral do município são retomadas

Ainda através do projeto “Música Para Todos”, foram retomadas nesta semana as aulas visando à formação do coral do município para apresentações em concertos ao ar livre, igrejas e cantatas, entre outros espetáculos do gênero. A aula inicial ocorreu na manhã de segunda-feira (19), no salão ao lado da biblioteca municipal, na Rua Faustino Pinheiro 205 (antigo prédio da prefeitura).
O primeiro ensaio contou com a participação de dez alunos. A turma é formada por pacientes do núcleo de fisioterapia do município e outros moradores da cidade. As inscrições permanecem abertas e podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no próprio local de realização das aulas. A formação é ministrada pelo maestro Isac Francis, responsável também pelas aulas de violino e violão do projeto “Música Para Todos”.
– O aprendizado na turma do coral é aberto a toda e qualquer pessoa residente em Quatis, que goste de cantar e queira aperfeiçoar os seus conhecimentos. A nosso proposta é fazer com que este grupo aprimore cada vez a aptidão para o canto e no menor espaço de tempo possível possa iniciar suas apresentações públicas – diz o prefeito Bruno de Souza, acrescentando que a retomada do projeto do coral por parte da Secretaria de Cultura e Turismo amplia o número de projetos sociais realizados pela prefeitura ou com o apoio da administração municipal no sentido de promover a inclusão social dos moradores de Quatis, desde as crianças até os idosos.
Nas aulas do coral, os alunos aprendem as técnicas de afirmação, sincronismo, respiração, prática do canto e as músicas de repertório. Normalmente, o aluno usa apenas a voz no aprendizado, mas, de acordo com o maestro Isac Francis, em certas etapas, se faz necessária a utilização de acompanhamento instrumental, como violão, teclado ou até um grupo musical já formado. No momento, apenas adultos estão participando das aulas do coral, mas, posteriormente, o aprendizado poderá ser ampliado para moradores de outras faixas de idade.

 

Ensaio: Primeira aula do coral aconteceu esta semana

Ensaio: Primeira aula do coral aconteceu esta semana

Untitled Document