quinta-feira, 15 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Nutricionista dá dicas de alimentação para época de Carnaval

Nutricionista dá dicas de alimentação para época de Carnaval

Matéria publicada em 9 de fevereiro de 2018, 13:45 horas

 


Sucos detox são uma ótima opção para quem exagera; alguns alimentos devem ser verificados antes de ser consumidos

Sul Fluminense – Finalmente o Carnaval chegou e com ele muita diversão, música boa e alegria. Mas, no meio da folia, acaba sobrando pouco tempo para os foliões se preocuparem com a alimentação. Muitas pessoas acabam optando por alimentos de barracas, bebidas alcoólicas e devido a isso, alguns cuidados nutricionais devem ser tomados. Uma alimentação inadequada pode acabar interferindo ou até mesmo acabando com a festa. Segundo a nutricionista esportiva funcional, Maria Anita Ferrari Lopes, é preciso ter muita atenção na hora de consumir qualquer alimento ou bebida.

– É preciso atenção, pois o Carnaval são cinco dias de festas que podem atrapalhar qualquer dieta. Entretanto, controlando em alguns momentos, é possível aproveitar sem muitas consequências e arrependimentos. Uma dica bem importante é sempre realizar uma refeição reforçada antes de sair de casa, isso evitará aqueles lanches inadequados e calóricos na rua. E lembre-se de beber muita água – orienta.

A nutricionista ainda explica que para quem bebe, uma estratégia muito boa para reduzir a ingestão de bebidas alcoólicas é intercalar a mesma com água. Além de verificar alguns alimentos antes de ser consumido, ter preferência por produtos de qualidade faz toda diferença.

– Uma ótima opção é ir intercalando a cada um copo de bebida alcoólica, um copo de água. Em restaurantes e lanchonetes prefira as porções de carnes (filé mignon, contra filé ou filé de frango) ao invés de porções de linguiça ou batata frita. Outra dica importante é ter cuidado com alimentos vendidos na praia e na rua, principalmente aqueles que possuem maionese, atente-se sempre a higienização do local – explica.

Para curtir ainda mais o carnaval, alimentar-se na hora certa faz toda diferença. Segundo a nutricionista, aqueles que optam por levar lanches, devem ficar sempre atentos nos alimentos que são adequados para serem carregados.

– O mais indicado é tentar realizar uma refeição a cada três horas. Evite alimentos que não podem ficar fora da geladeira por muito tempo. O ideal é dar preferência para alimentos mais práticos, que possam ser carregados em uma bolsa: barrinhas de proteína, frutas, mix de oleaginosas e frutas desidratadas. Biscoito de polvilho e cookies integrais também podem ser uma opção – fala.

Coma bem: Uma dica bem importante é sempre realizar uma refeição reforçada antes de sair de casa (Foto: Divulgação)

Coma bem: Uma dica bem importante é sempre realizar uma refeição reforçada antes de sair de casa (Foto: Divulgação)

Detox

No meio de tanta festa, talvez seja um pouco difícil seguir a risca certos métodos de alimentação, para isso a nutricionista ainda comenta que em caso de exagero, sucos desintoxicantes são uma ótima opção.

– Se depois de todas essas dicas, a pessoa acabar exagerando, após a folia procure tomar sucos desintoxicantes, chás (gengibre, boldo, hortelã), hidrate-se bastante com água e água de coco e volte o quanto antes para a rotina de exercícios físicos e de uma alimentação mais saudável – ressalta.

Hidrate-se: Em caso de exagero, sucos desintoxicantes são uma ótima opção (Foto: Divulgação)

Hidrate-se: Em caso de exagero, sucos desintoxicantes são uma ótima opção (Foto: Divulgação)

Foliões na rua

A foliã Mariana de Freitas Ferreira, de 20 anos, é de Barra Mansa e vai curtir o Carnaval em Angra dos Reis. Segundo ela, mesmo durante a festa, procura se preocupar com a alimentação.

– Fico em um hotel, então, no café da manhã procuro comer frutas, tomar café preto, não como farinha branca, pão por exemplo, para não pesar muito. No almoço dou preferência para peixes e carne branca – diz, afirmando que durante os blocos evita frituras e hambúrgueres industrializados.

Já Brenda Gabriel, de 21 anos, que é de Volta Redonda e vai passar os dias de folia em Cabo Frio, alimentação saudável não combina muito com seu carnaval.

– Não me preocupo muito com alimentação saudável nesses dias. Vou comer em fast food pela praticidade, mas me preocupo em estar alimentada porque vou beber – afirma, ressaltando que evita consumir comidas vendidas na praia, como espetinhos por exemplo.

Cuidados: Foliões devem se preocupar com alimentação mesmo nos dias de festa (Foto: ABr)

Cuidados: Foliões devem se preocupar com alimentação mesmo nos dias de festa (Foto: ABr)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. alimentação do carnaval: Cerveja, cerveja, cerveja, cerveja e cerveja

Untitled Document