segunda-feira, 23 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Convocado

Convocado

Matéria publicada em 28 de junho de 2018, 22:53 horas

 


A Câmara Municipal de Volta Redonda decidiu convocar o diretor-geral do Hospital São João Batista (HSJB) para prestar esclarecimentos sobre as condições de atendimento no local.
***
A convocação ocorre depois que uma mãe postou um vídeo nas redes sociais se queixando de que teria aguardado por mais de sete horas para que o filho fosse atendido.
***
De acordo com a convocação, o diretor do hospital deverá ir à Câmara no dia 18 de julho, ás 17 horas.
***
Quando o caso ocorreu, o prefeito Samuca Silva (Podemos) já havia dito que iria apurar o ocorrido com rigor e adotar as medidas cabíveis.
***
O prefeito enviou nota à imprensa na manhã do dia 20, informando que, na unidade, segundo indicadores, “havia quantitativo de médicos suficiente para realizar os atendimentos clínicos”.
***
O prefeito ressaltou ainda que não havia excesso de pacientes, fato que, segundo ele, não justifica a demora nos atendimentos médicos. Samuca Silva apontou para a possibilidade de falha coletiva ou individual de profissionais.

 

Vencedores
Além de Samuca Silva, de Volta Redonda, os prefeitos de Cachoeiras de Macacu, Mauro Soares; Cantagalo, Guga de Paula; Magé, Rafael Santos de Souza; Nova Iguaçu, Rogerio Martins Lisboa; e São Francisco de Itabapoana, Francimara Barbosa Lemos, foram os grandes vencedores da 10ª edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor.

Concorrentes
Nesta edição, foram 74 municípios inscritos e 35 finalistas em todo o estado, que concorreram com 41 projetos, já que cada município poderia inscrever mais de um projeto em uma das oito categorias. Foi o caso de Volta Redonda, que levou dois prêmios. Uma das categorias – Cooperação Intermunicipal para o Desenvolvimento Econômico – foi compartilhada por 11 municípios representando a Rede com o projeto Rede de Agentes de Desenvolvimento da Região Serrana do Rio De Janeiro. São eles: Bom jardim, Cachoeiras de Macacu, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Macuco, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena, Sumidoro e Trajano de Moraes.

Cerimônia
Anfitrião do evento, o governador Luiz Fernando Pezão, lembrou a importância dos municípios fluminenses para o desenvolvimento do estado e da dificuldade de cada um deles de manter seus compromissos com suas populações. “Vocês todos são heróis e estão de parabéns por ter seu trabalho reconhecido pelo Sebrae através do Prêmio Prefeito Empreendedor”, disse.

Trabalho
A presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/RJ, Carla Pinheiro, ressaltou o trabalho incansável dos prefeitos e suas equipes para o desenvolvimento local. “Nós, do Sebrae/RJ, ficamos muito felizes quando visitamos os municípios e encontramos as prefeituras de portas abertas para nós. Porque sabemos que um prefeito que entende a importância do empreendedorismo consegue estabelecer um ambiente favorável de crescimento das pequenas empresas. E esse é o nosso DNA, nossa missão”, acrescentou.

Engajamento
Cezar Vasquez, diretor-superintendente do Sebrae/RJ, fez uma breve apresentação sobre o Prêmio e comemorou o engajamento dos gestores públicos, ressaltando que esta é uma das iniciativas mais exitosas do Sebrae em prol das micro e pequenas empresas. “Já tivemos a participação de 91 municípios de nosso estado. Ganhamos 6 premiações nacionais. O desenvolvimento sustentável do nosso estado passa pelo crescimento das micro e pequenas empresas e nesse sentido, o apoio dos municípios é fundamental”, destacou.

Atualização
Ele explicou que com o desenvolvimento dos municípios, as categorias foram atualizadas de modo a desafiá-los na busca incessante de uma gestão em favor do empreendedorismo e a adesão foi muito grande. “Ao desburocratizar etapas e reduzir os custos para novos negócios, utilizar a legislação para comprar mais das pequenas empresas e incentivar a formalização, as prefeituras apostam no pequeno negócio para gerar trabalho, renda e consumo nas cidades”, afirmou.

Aemerj
Prefeito de Piraí e presidente da Associação Estadual dos Municípios do Rio de Janeiro (Aemerj), Luiz Antonio Neves, lembrou que o Prêmio é um reconhecimento importante do trabalho realizado pelos prefeitos e suas equipes pois a realidade municipal está cada vez mais difícil. “Este prêmio valoriza o trabalho diário, não só do Prefeito, como dos servidores municipais, e reforça a parceria que temos com o Sebrae em vários projetos importantes para o desenvolvimento econômico local e o fortalecimento dos pequenos negócios em nossos municípios”, afirmou.

Viagem
Os seis prefeitos vencedores serão os representantes do Estado do Rio de Janeiro na etapa nacional do Prêmio, que ocorrerá em Brasília, em 2019.

4 comentários

  1. Nem pagamento está em dia será q vamos voltar ao tempo de atrasos

  2. Uma coisa é fato, a população de Volta Redonda precisa de enxergar o HSJB como referência de grande emergência. Hoje as pesssoas tem uma dor de barriga e vai para lá. Quem aguenta. Se as Unidades Básicas de Saúde fizesse seu papel. É bom os diretores irem até a câmara que lá eles devem falar também das solicitações que os vereadores devem solicitar prioridade. Será que isso também atrasa o atendimento? Abre o olho pessoal

  3. Convocou e daí???? Não vai acontecer nada, talves o diretor seja promovido. Esse açougue é que deveria atender a todos os vereadores de Volta Redonda, pois só assim, os vereadores iriam saber onde fica esse açougue. Em breve terá mais videos nas redes sociais falando desse açougue, nãom se espantem. O vidii ainda tera participação da imprensa.

  4. Gostaria de saber do prefeito SAMUCA, se a quantidade de hospital de ele está adquirindo em volta redonda, vai ter medicos e enfermeiros suficientes para atender a população, pois se o atendimento no hospital sao joao batista o povo reclama que eu tenho certeza que é demorado, pois eu fui lá no mes de maio e fiquei de 11 horas da manha até as 19 horas para ser atendida e fazer exame de sangue e RX, será que tem medico ??? ou eles nao estão recebendo o salario e por isto nao estao atendendo os pacientes, o pronto socorro é um absurdo quem esta em observação e precisa ficar em um leito, fica nos corredores junto com quem chega atropelado, baleado policial armado , se é um idoso a cabeça fica totalmente desorientado como aconteceu com minha mae.

    entao nao compre mais hospital, abre concurso publico e coloque medicos e profissionais para atender a população

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document