quinta-feira, 21 de setembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Lá vem CPI

Lá vem CPI

Matéria publicada em 13 de setembro de 2017, 22:18 horas

 


A deputada estadual Martha Rocha (PDT) deu entrada nesta terça-feira (13) com pedido de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), para investigar o possível esquema de propinas envolvendo agentes e oficiais do Corpo de Bombeiros e empresários.

***

Em troca de dinheiro, a suposta organização criminosa concedia alvarás de funcionamento de estabelecimentos, sem que as exigências previstas em lei fossem cumpridas.

***

Para a deputada Martha Rocha, a liberação de alvarás de forma irregular é muito grave. “Precisamos apurar em detalhes que tipo de estabelecimento recebeu esses alvarás. A vida de muita gente pode estar em risco”, afirmou a parlamentar.

***

Para a CPI, assinaram 24 parlamentares. Agora, a Mesa Diretora da Alerj precisa autorizar a instalação da comissão.

 

Homenagem

O migrante sírio agredido em Copacabana, Mohamed Ali Kenawy,  recebeu o título de cidadão fluminense nesta quarta-feira 913), na Alerj. A iniciativa foi do deputado estadual Wanderson Nogueira (PSOL).

 

Caindo no samba

Com a presença de diversas entidades, entre elas Cáritas, Conselho Nacional e Estadual de Refugiados, professores universitários, migrantes, refugiados venezuelanos e congoneses, quem roubou a cena foi a Portela. A escola de samba convidou o sírio para participar do desfile de 2018 da agremiação, que trata do tema com o enredo: “De Repente de Lá Pra Cá e Dirrepente de Cá Pra Lá…”.

 

Situação

O sírio mora no Brasil há cerca de três anos e vende esfihas em Copacabana, no Rio de Janeiro, onde foi insultado e teve suas mercadorias jogadas no chão.

 

Estatística

Atualmente, cerca de 9 mil refugiados de 79 diferentes nacionalidades vivem no Brasil, desde que a legislação brasileira reconhece aos refugiados o direito ao trabalho, à educação, à saúde e à mobilidade no território nacional, entre outros direitos, permitindo assim, que reconstruam suas vidas no país.

 

Troféus

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, recebeu nesta quarta-feira, dia 13, integrantes da Banda Marcial do Projeto Música nas Escolas, que foi campeã no VII Confaban (Concurso de Fanfarras e Bandas) de Itaquera (SP), no último domingo, dia 10. Estavam presentes ainda o secretário e o subsecretário de Educação, Vantoil de Souza, que também é diretor artístico da OSBM (Orquestra Sinfônica de Barra Mansa), e Ricardo Rosas. Os músicos Alan de Oliveira Rocha, de 18 anos, João Victor Silva Boaventura, de 16, e o maestro da Orquestra Sinfônica Juvenil, Werley Nicolau, que também integra a Banda Marcial, levaram os troféus recebidos para apresentar ao prefeito.

 

Resultados

A banda concorreu na categoria Sênior, ficando com o primeiro lugar na categoria Corpo Musical. Trouxe também os troféus de Melhor Maestro, para Marin Meira, e de vice-campeã na categoria Baliza, para Priscila Veiga. O evento reuniu representantes dos estados do Rio, São Paulo e Minas Gerais.

 

Vacinas

No próximo sábado (16) todas as Unidades do Programa de Saúde da Família (PSF’s) estarão abertas, de 8 às 17 horas, para o Dia “D” da Campanha Nacional de Multivacinação. O objetivo da campanha é atualizar a carteirinha de vacinação de crianças e adolescentes. Na data a equipe da Secretaria de Saúde vai administrar inclusive a vacina contra a febre amarela e dosagens de vitamina A para crianças, de 6 meses a 5 anos de idade.

 

Campanha

A Campanha Nacional de Multivacinação iniciada na última segunda-feira (11) seguirá até o dia 22 de setembro nos módulos de Pinheiral. A iniciativa realizada anualmente pelo Ministério da Saúde tem o objetivo de estimular a atualização da carteirinha de vacinas de crianças e adolescentes.

 

Vitamina A

No sábado dia “D” (16/09), os PSF’s além das vacinas do programa de imunização a equipe de profissionais da Saúde também estará ministrando dosagens de vitamina A para crianças de 6 meses a 5 anos de idade. Para receber as vacinas oferecidas no Programa Nacional de Imunizações e a dosagem de vitamina A, basta a comparecer ao posto de saúde mais próximo de casa, com a carteira de vacinação, cartão SUS e um documento de identificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document