quarta-feira, 28 de junho de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Ônibus funerário

Ônibus funerário

Matéria publicada em 17 de março de 2017, 21:16 horas

 


O vereador Edson Quinto (PR) protocolou na manhã desta sexta-feira (17), um pedido de informações e esclarecimentos ao Prefeito Samuca Silva sobre os reais motivos da retirada do ônibus da Funerária Municipal.

***

De acordo com o parlamentar, o veículo transportava familiares e amigos até o Cemitério para o sepultamento.

***

Edson afirmou que não entende as causas dessa paralisação, e por isso pediu o esclarecimento.

***

O parlamentar apresentou, na oportunidade, uma indicação em que pede o retorno desse transporte.

***

Ele justifica que trata de uma utilidade pública que atendia uma grande maioria, que sem condições de alugar ou ter um automóvel próprio para se despedir a seus entes queridos usavam deste e se sentiam acolhidos pelo município em um momento tão difícil.

 

De olho

O vereador afirmou que, além de se manter atento ao que acontece na cidade, que é o seu papel como vereador, muitos cidadãos procuram seu Gabinete para obter respostas afins de soluções para o município de Volta Redonda.

 

Crédito

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, participou na manhã desta sexta-feira, dia 17, de uma reunião na Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal, em Duque de Caxias. O encontro, agendado pelo deputado federal Celso Pansera, foi para conhecer linhas especiais de crédito, para projetos na cidade de Volta Redonda, além de conhecer programas do banco, voltados para melhorar a arrecadação da administração pública. Representantes da Superintendência do Sul Fluminense participaram da reunião.

 

Programas

Na reunião, o banco federal apresentou o Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Social Básica (PMAT). Segundo a superintendência, o objetivo do programa da Caixa é apoiar projetos na administração pública municipal voltada à modernização da administração tributária e a melhoria da gestão pública, com uso de geoprocessamento e de softwares.

 

Financiamento

O financiamento do banco neste programa pode chegar a R$ 20 milhões. A partir desse valor, a negociação é feita pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES).

 

Turismo I

No terceiro dia da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), em Portugal, a TurisAngra fechou acordos e entendimentos com representantes da Comunidade das Astúrias, da Espanha, com empresas operadoras portuguesas e com importantes agenciadores internacionais de turismo brasileiros. Com representantes espanhóis de Oviedo, do Principado de Astúrias, o presidente Carlos Henrique Vasconcelos definiu a visita do Titulado Superior de Cultura y Turismo, Eugenio Corpas Olmos, para Angra dos Reis, onde pretende definir roteiros de viagens à região.

 

Entendimentos

Com Mariana Duque, da LogiTravel, também da Espanha, e Lara Carvalho, da AbreuTur, de Portugal, o presidente da Fundação iniciou entendimentos para organizar missões empresariais para conhecimento do destino turístico e ampliação das oportunidades de investimentos para o turismo na Baía da Ilha Grande. Com Cláudio Del Bianco, da Del Bianco Travel & Experience, e Cláudio Maia, da Itaparica Tour Operator, ambos brasileiros e com forte presença no mercado europeu, ficou definido visitas ainda este mês para identificação de prioridades e montagem de programas turísticos.

 

Aventura

De acordo com o executivo da Del Bianco, o mercado de turismo de aventura “é uma das principais ações solicitadas pelos europeus e a região da Costa Verde é um terreno fértil e virgem para o desenvolvimento dessas ações”.

 

Opções

Para Carlos Vasconcelos, o município de Angra dos Reis possui uma riqueza de opções inexploradas e que feiras internacionais, como a de Lisboa, “são grandes oportunidades para o desenvolvimento do turismo na região e para inverter a ordem até então reinante, de um turismo predatório de quantidade, em detrimento da qualidade, cujo potencial nossa cidade e toda Costa Verde possuem”. Para ele, o alinhamento do Governo municipal do prefeito Fernando Jordão, com o Ministério do Turismo e a Embratur são os ingredientes que deverão proporcionar um salto expressivo do turismo local.

 

Fim de prazo

Terminou nesta sexta-feira (17), às 18h30, o prazo para apresentação de emendas ao texto da reforma da Previdência. O prazo havia sido prorrogado na quarta-feira pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

No total, foram apresentadas 164 emendas, das quais 33 não conseguiram o número regimental suficiente de assinaturas para continuarem tramitando, o que deixa um total 131 de emendas válidas para serem analisadas pelos deputados integrantes da Comissão Especial da Reforma da Previdência.

Untitled Document