terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Homem é preso com notas falsas em Piraí

Homem é preso com notas falsas em Piraí

Matéria publicada em 14 de fevereiro de 2018, 19:15 horas

 


Dinheiro apreendido estava no bagageiro do ônibus

Dinheiro apreendido estava no bagageiro do ônibus


Piraí –
Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal prendeu, na tarde desta quarta-feira (14),  no km 227 da Via Dutra, posto Caiçara, na Serra das Araras, um homem com notas falsas.

A equipe realizava fiscalização de combate ao narcotráfico relativa à Operação Égide, quando abordou um ônibus da Viação Expresso do Sul, linha São Paulo X Rio. Durante vistoria no interior do veículo, os policiais tiveram a atenção voltada para o passageiro da poltrona 32, um indivíduo de 32 anos, e durante consulta constataram um Mandado de Prisão, mas que estava revogado.

A equipe continuou a verificação e decidiu realizar revista na bagagem do passageiro, que estava no bagageiro externo. Nas malas, foram encontradas 110 cédulas falsas de R$ 50,00 (cinquenta reais) cada uma, totalizando R$ 5.500,00 (cinco mil e quinhentos reais) em notas falsas.

O homem alegou ter pago por cada cédula falsa R$ 10,00 (dez reais) no bairro da Sé, em São Paulo, e que repassaria o dinheiro falso no comércio de São Gonçalo-RJ. Disse ainda que é reincidente neste mesmo tipo de crime.

A ocorrência foi encaminhada para 94ª DP de Piraí.

4 comentários

  1. ELTON BATISTA – Não acredito que li essas palavras suas!!!

  2. Covarde safado filho de chocadeira tem que fazer pagar por tudo que fez filho da égua.Absurdo deixar passar uma barbaridades dessa.Coitado dos trabalhadores que passou na mão desse ordinário.Faz ele comer nota por nota mas com bastante pimenta.

  3. Isso é a maior covardia, quando um corno desse passa uma nota falsa no comércio quem se ferra é o empregado, o patrão nunca leva ferro. todos descontam do empregado que já ganha um salário miserável, as vezes são dois dias trabalhando de graça pra pagar 50.00 tem que prender tomar todos os seus bens e se possível castrar o canalha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document