segunda-feira, 20 de novembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Operação Halteres prende 20 pessoas na região

Operação Halteres prende 20 pessoas na região

Matéria publicada em 14 de novembro de 2017, 07:30 horas

 


Entre os presos, três PMs lotados no Batalhão de Resende; 44 mandados de busca e apreensão cumpridos

operaçao

Coletiva de Imprensa: Integrantes do MP, delegados e corregedoria da PM participaram da operação
(Foto: Franciele Bueno)

Sul Fluminense- Vinte presos, sendo três policiais militares lotados no 37º BPM (Batalhão de Polícia Militar de Resende). Este foi o resultado da Operação Halteres deflagrada no início da manhã de ontem em Barra Mansa, Resende, Itatiaia, Rio de Janeiro e em Taubaté (SP). O objetivo da operação foi combater a venda de anabolizantes e o tráfico de drogas, no Sul Fluminense, principalmente nas cidades de Barra Mansa e Resende. A ação foi comandada pelos delegados titulares Alcidézio Bispo Júnior, da 168ª DP (Rio Claro) e Ronaldo Aparecido de Brito, da 90ª DP (Barra Mansa), além do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ). A ação contou também com a participação da Corregedoria da Polícia Militar do Estado do Rio.
Dos 16 mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça, 13 foram cumpridos, sete foram presos em flagrante, incluindo os três policiais militares. Os PMs foram levados para a 5ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (5ª DPJM) de Barra do Piraí e depois foram transferidos para a unidade prisional da PM, em Niterói, na região Metropolitana do Rio. Os demais presos foram encaminhados de acordo com o número de vagas disponíveis no sistema prisional do Estado do Rio.
Além das prisões, 44 mandados de busca e apreensão foram cumpridos contra os suspeitos de participação nos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, organização criminosa, comércio de anabolizantes, peculato, falsificação e uso de documentos falsos e estelionato. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos na região, em Taubaté e também na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Cidade de Deus, no Rio de Janeiro.

Condução coercitiva

Foram cumpridos seis mandados de condução coercitiva de denunciados e testemunhas. Os agentes cumpriram também sete mandados de busca e apreensão nas casas, carros e armários funcionais pertencentes a sete policiais militares, onde foi encontrado e apreendido droga, armas com a numeração raspada e um veículo com sinais de adulteração.
Seis dos sete PMs denunciados foram flagrados em escutas feitas ao longo das investigações contra o tráfico de drogas na região negociando o rateio de dinheiro, obtido com a venda de armas que apreendiam de criminosos em incursões. Os seis foram denunciados por peculato. O MPRJ também pediu a suspensão das funções públicas dos policiais, exceto de atividades internas do batalhão. O sétimo policial apareceu nas gravações falando com colegas sobre atestados médicos falsos que apresentara para justificar faltas ao trabalho. O PM responde por falsificação documental, uso de documento falso e estelionato. Apesar das denúncias dos sete PMs envolvidos no esquema, apenas três policiais militares foram presos em flagrante.
O corregedor interno da PM do Estado do Rio de Janeiro, coronel Pimenta, disse que os mandados de busca e apreensão, além dos flagrantes contra os três PMs foram acompanhados pela corregedoria. O coronel destacou que os policiais militares foram autuados nos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, de uso restrito, e receptação. Eles responderão ainda processos administrativo e disciplinar na Polícia Militar, no qual correm o risco de perder a farda.
– A corregedoria da PM cumpriu mandados de busca e apreensão em sete residências dos PMs e também nas instalações do 37ª BPM, em Resende e na UPP da Cidade de Deus, no Rio. Essas ações resultaram na prisão em flagrante de três policiais militares, eles foram autuados e serão conduzidos à unidade prisional da PM onde vão ser processados e julgados. Os PMs responderão ainda processo administrativo e disciplinar e poderão perder a farda. Eles foram autuados nos crimes de tráfico de drogas, pois foi apreendida certa quantidade de droga nos armários deles dentro do batalhão, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, nós encontramos armas com a numeração raspada. E ainda foram autuados por receptação e adulteração de sinais característicos de veículos – disse o coronel, acrescentando que a Polícia Militar enfrenta todos os dias uma “guerra” desigual com os criminosos que estão transformando o estado do Rio num caos.
O coronel citou a estatística de 119 policiais militares mortos por criminosos em todo o Estado do Rio.
– Chegamos a marca infeliz de 119 PMs mortos por criminosos covardes e nefastos que só merecem a força da lei. É com muita angústia na verdade que fazemos essas operações, pois a Polícia Militar enfrenta todos os dias uma guerra desigual com os criminosos, mas vamos continuar defendendo o Rio de Janeiro dessas facções criminosas que assolam e transformam o estado do Rio num caos – destacou o coronel Pimenta.

Investigações

As investigações duraram 15 meses, mas a parte final durou seis meses e descobriu-se que os acusados de participação no tráfico e outros crimes correlatos se dividiam de forma relativamente independente em quatro grupos, que buscavam drogas em outros estados do Brasil e distribuíam na região Sul Fluminense. No curso das investigações foram apreendidos mais de 100 Kg de entorpecentes e vasta quantidade de anabolizantes ilegais.
Segundo o delegado titular da 168ª DP (Rio Claro), Alcidézio Bispo Júnior, o principal fornecedor de anabolizantes para a região, em especial para Volta Redonda, Barra Mansa, Resende e Itatiaia, foi preso em Taubaté. Ele foi identificado como Rodrigo Bolina Lisboa, de 39 anos, e é apontado como distribuidor de anabolizantes para todo o Brasil, sendo comprovado nas investigações.
– O principal fornecedor morava em Taubaté e fornecia as substâncias para a região, em especial para Volta Redonda, Barra Mansa, Resende e Itatiaia. Na verdade ele é um fornecedor de anabolizantes em todo o Brasil, isso está comprovado nas investigações. Ele fornecia para essas cidades. No decorrer das investigações nos deparamos com outros três núcleos criminosos que praticavam o tráfico de drogas, um em Barra Mansa, outro em Resende e Itatiaia – disse o delegado, acrescentando que o grande fornecedor dos anabolizantes já havia sido preso em flagrante pela Polícia de São Paulo e posteriormente solto e agora no curso das investigações foi preso em flagrante pela mesma conduta criminosa.
– O grande abastecedor do Sul Fluminense que mora em Taubaté foi preso com essas substâncias anabolizantes apreendidas. Na investigação o abastecedor havia sido preso em flagrante pela Policia Civil do estado de São Paulo e posteriormente foi solto e hoje preso pela mesma conduta, mais uma vez em flagrante – comentou Alcidézio Júnior.
O promotor de Justiça do MPRJ Fabiano Oliveira frisou que no decorrer das investigações foram descobertos outros três núcleos criminosos de tráfico de drogas totalmente independentes entre si, que contava com a participação de presos dentro do sistema prisional.
– Nas investigações um núcleo que vendia anabolizantes foi descoberto, mas no decorrer das investigações descobriram-se outros três núcleos totalmente independentes entre si e também independentes do núcleo de anabolizantes e tráfico de drogas. Esse núcleo contava também com presos de dentro do sistema prisional demostrando infelizmente que o trabalho que é feito levando criminosos à prisão não e suficiente para tirá-los das atividades. Eles acabam de dentro do presídio retomando a sua chefia ou às vezes crescendo dentro da hierarquia criminosa – destacou o promotor.

Advogado é preso em flagrante
com drogas na cueca em Resende

Um advogado, de 42 anos, foi preso com drogas na cueca, em Resende. Contra ele havia um mandado de condução coercitiva – quando a pessoa é levada para depor – mas ele acabou sendo preso em flagrante, quando tentava fugir com as drogas escondidas na cueca. Ele é pai de um dos suspeitos da operação, que tinha mandado de busca e apreensão na residência. Porém, o filho não foi encontrado, entretanto o pai advogado tentou fugir quando a polícia bateu na sua casa. O advogado continua preso e será transferido para o sistema prisional do Rio de Janeiro.

Confira os nomes que tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça

Maxsuel Moreira Da Silva, de Barra Mansa
Vaderson Luis Do Amaral Porto (vulgo “Son”), de Barra Mansa
Cristiano Henrique Dos Santos Silva (vulgo “Tianinho”), de Barra Mansa
Kamila Da Silva Pereira (vulgo “Dilma”), de Barra Mansa
Jonathan Shoji Tagomori, de São Paulo
Julio César De Carvalho Ponciano, de Resende
Danubia Da Silva Dantas, de Resende
Pedro Henrique Diniz Maia (vulgo “Pist”), de Resende
Vinicius Chaves Monteiro (vulgo “Vini”), de Resende
Francisco Arthur Monteiro Filho, de Resende
Rodrigo Bolina Lisboa, natural de Taubaté
Lucas Do Amaral Gomes (vulgo “Lucas Ferrari”), de Resende
Carina Macario Costa Chagas, de Resende
Carlos Tadeu Leite (vulgo “Maninho”), de Resende
Eric Douglas Cerqueira De Moraes (vulgo “Baby”), de Resende
Anderson Roberto Santos Freire (vulgo “Mendigo”), de Resende
OBS. Dos 16 mandados de prisão, 13 foram cumpridos.

Por Franciele Bueno, com informações da assessoria do MP
(franciele.bueno@diariodovale.com.br)

35 comentários

  1. Por favor precisamos saber o nome e patente dos PMs presos, segundo a LAI este é um assunto de interesse público pois são agentes públicos!

  2. Diario do vale dê uma resposta a nós leitores fiéis desse jornal sobre qual o motivo de não publicar o nome e nem imagens dos policiais militares presos nessa operação.
    Acho que merecemos pelo menos uma satisfação!
    Obrigado!!!!

  3. Passei agora na Delgado 4 viaturas na porta e a boca rolando lá dentro a todo vapor acabou o respeito mesmo ainda falaram só tão assim depois que morreu um amigo de farda deles Dailson e sua turma agradece Delgado virou uma mina de dinheiro todo mundo levando o seu principalmente os PMs e nada de operação ?

  4. "Saiam do senso comum"

    Em relação a PM esta sem credibilidade com a sociedade, concordo plenamente com você, até porque , a grande massa de manobra é completamente influenciada por uma mídia que publica o que lhe convém, esse é o mercado midiático, ela precisa sobreviver. A desgraça vende muito mais do que as vitórias e acertos de uma corporação que se faz necessário em um Estado que vem se arrastando a tempos. Agora, em relação aos policiais presos, não podemos tomar partido sem termos conhecimento do que realmente aconteceu, ou algum dos senhores estavam presentes na operação, acho que não né. Vamos aguardar o desfecho do processo.
    Tenham um excelente fim de noite.

  5. Bom!!! Essa operação não me engana,primeiro isso foi para calar a boca dos bobalhões do cidadão…essa investigação veio de outra cidade,porém tinha de sair de BM PQ A MORAL DO DR “ MÍDIA “ tava feio na foto, ae conforme eu avia dito aqui nesse mesmo jornal ontem que logo logo eles faria uma operação prenderia meia dúzias de pé de chinelo LÁ DA PQP,e os casos dos homicídios vai pra PQP POR QUE A POPULAÇÃO ESQUECE.

    E viva a mídia e o povo BITOLADO.

  6. DV tem que publicar os nomes dos bandidos de FARDA. Tem que ser justo… Sao tao bandido quantos os outros…. A alguns meses atras falei aqui que coisas piores viriam da regiao de Resende…. Acertei na Mosca. Kkkk.. espero que um certo nome esteja na Lista…

  7. Nada a ver, gasta uma grana pra fazer operação, só usa bomba quem quer, pelo menos giram uma grana.

  8. não tem pra onde correr

    Ta de sacanagem né ??
    Tem que falar os nomes dos caras presos !

    Larga o aaaaaço

  9. Aonde vamos parar ! Não acaba nunca, e tá aí… PM matando PM e dizendo que é bandido…. Coronel da PM no Rio foi fuzilado por próprios “colegas” de farda… 18 hs é hora de recolher para trabalhador que sustenta o país !

  10. Parabéns ao comando da 90 DP, esta delegacia é a grande formadora de delegados tops, como prova disso digo, todos os adjuntos que lá passaram, se tornaram excelentes delegados titulares, a exemplo dos que comandam Piraí e Rio Claro, são super profissionais, a exemplo do professor que os comandou. O cidadão se orgulha de ver profissionais deste modelo e caráter atuarem.

  11. È por estas e outras que morre PM todo dia.
    A PM fluminense é um instituição sem moral, sem respeito, sem credibilidade, salvo as famosas honrosas exceções.
    Tenho dito !

    • Na hora q vc está em casa acuado pq têm bandido invadindo a sua casa ou lhe tomando o seu patrimônio é para o 190 que vc liga! Há PM´s bons, pois se não acreditar neles é melhor abrir a sua casa para qualquer levar o que é seu. Acorda!

    • “é cada uma”, aqui em vr tentei usar o serviço 190 e só deu ocupado, tentei a ouvidoria da GMVR e ninguém atende por lá…tá difícil, lamento te informar.

  12. Coitada de barra mansa

    Ontem eu disse aqui que policia militar e bandido e tudo farinha do mesmo, tem gente que se revolta todo! Ta ai a prova!

  13. PM BANDIDO?????????? ISSO NÃO EXISTE!!!!!! HAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!

  14. Assim que gosto de ver a POLICIA CIVIL agir , pois quando age a casa de muitos pms safados CAI.
    Isso CIVIL mais na rua tirando esses imundos de circulação e menos dentro de delegacias no whats!

  15. Pq o jornal não divulga os nomes como sempre faz em todas as matérias ?? Mídia tendenciosa

  16. É isso aí oh… PM dentro de quadrilha .. Já falei e falo de novo.. Estão dando tiro no próprio pé… Aos PMs que morreram uma parcela de culpa são de todos os policiais envolvidos no crime…Assim se vê a responsabilidade que as policias tem com a sociedade…

  17. TEMOS POLICIA SIM!TEM UM DEPUTADO DA REGIÃO QUE VAI PEDIR SOCORRO COM O SOBRINHO RADIALISTA.QUE CARREGA A BIBLIA DEBAIXO DO BRAÇO.SOCORRO ME AJUDA SOBRINHO.QUANDO UM MACHO NO ESTADO DA O GRITO DE ORDEM DIZENDO QUE NÃO HAVERÁ INDUTO DE NATAL PARA PRESO.E CARNAVAL.COMEÇA A ORDEM NO ESTADO..

  18. Liberdade de Imprensa Maquiadora

    GUERRA AO TRAFICO É ATESTADO DE ÓBITO !

    JA TA MAIS QUE NA CARA QUE É FURADA , A GRANA GASTA COM A “GUERRA” AO TRAFICO,
    DROGAS , ARMAS E ETC CONTINUAM A ENTRAR NO PAIS , O GOVERNO NÃO DISCUTE ISSO PORQUE TODO MUNDO GANHA , DO CHEFE DE ESTADO AO POLICIAL DE RUA QUE ENTRA NO ESQUEMA PRA NAO TER QUE BATER DE FRENTE COM BANDIDO MIL VEZES MELHOR ARMADO QUE ELE , PELO LIXO DE SALARIO QUE ELE RECEBE , OU SEJA TODO MUNDO SAI GANHANDO, MENOS AS PESSOAS DE BEM .

  19. É o ministro tem razão !!!

  20. Então ta, ta ai o motivo que todos ja sabem prq o Trafico nunca vai acabar, o estado sustenta esses bandidos de fardas, que faz da farda um escudo para sustentar suas boca, seus rolos!!! Depois morre um mala desse ai é inocente, inocente é um Pai de Família honesto que sai todo dia cedo para trabalha dignamente pra ganhar míseros 900 Reais. Mins Publico tem que investigar todos os policias do estado.

    • Não fala besteira, nem sabe oq realmente aconteceu. Vamos aguardar o término do ocorrido. Esses policiais eram oq mais prendiam em Resende. E quem te disse que PM ganha 900 reais?

    • Conforme comentário do ” Eu Mesmo”, é claro que os policiais que foram presos, eram os que mais prendiam, usavam a farda, a arma e autoridade policial dada pelo Estado, para eliminar a concorrência, quanto mais traficantes presos, mais drogas eles vendiam, é a chamada concorrência desleal. Mas parabéns a polícia civil, sempre demonstrando seriedade e comprometimento, conquistando o respeito do cidadão que paga árduos impostos.

    • Cara maluco, você está completamente por fora do que está falando. Nem aluno PM no curso de formação ganha 900 reais, pesquise primeiro antes de cagar pela boca.

    • Chico Cunha, o Mosquito

      Nossa ele em hipótese alguma falou que PM ganha R$ 900,00 reais, aprenda interpretar. Aposto que os dois que Eu mesmo e Anderson são PM. Quem mandou não estudar!!!!

    • O pior que você esta coberto de razão, a PMRJ ta sem credibilidade com a população.

    • Intelectual de telejornal

      “Anderson” e “Eu mesmo” fugiram da aula de interpretação de texto…

  21. Cadê os culpados das mortes??? Eu falo faz uma operação prende uns pé de chinelo e os traficantes bravos mesmo,os matadores nas ruas soltos…
    Vai atras de anabolizantes???

    Tá de sacanagem em DR RONALDO!!!!

    • Presta atenção na notícia cara….estão em busca de traficantes e policiais envolvidos com o tráfico de armas e drogas.

    • muito tempo que so prendem pé de chinelo…muito tempo…

    • Damião da Silva Maia

      Me parece que, os jornais, não tem compromisso na sua plenitude, para com os leitores, nem tão pouco, com a sociedade, pois, ao omitirem os nomes dos policiais, estão proibidos, ou, estão com medo, então, eu peço que respeitem a todos, pois, esses policiais, não deixaram de figurarem no rol dos crimes organizados, desta forma, não concordamos que se omita os nomes deles, pois, são bandidos que , ao e, deveriam estarem protegendo uma sociedade, mas que, infelizmente, estão agredindo-as num todo, e, tem que ser expulsos e presos, e, sobretudo, tem ser mostrado para toda a sociedade, para que possamos saber quais os bandidos que estávamos confiando dentro de uma instituição, e evitá-los

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document