quinta-feira, 15 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / PM prende suspeitos de integrar quadrilha de milicianos em Piraí

PM prende suspeitos de integrar quadrilha de milicianos em Piraí

Matéria publicada em 9 de junho de 2018, 10:47 horas

 


Piraí – Policiais do 10º Batalhão da PM prenderam na última sexta-feira (8), três homens suspeitos de integrar uma quadrilha de milicianos. Eles foram detidos quando estavam num Sandero, placa PWP-9814, na Estrada Florentina Ávidos Filho, Serra do Matoso, em Piraí, onde vinham estariam extorquindo donos de hotéis e fazendeiros do local.

Segundo a PM, o trio integra a quadrilha de Wellington da Silva Braga, o “Ecko”, que domina a ação de milicianos em Campo Grande e Santa Cruz, no Rio, e Costa Verde.

– Eles (suspeitos) confessaram que já tinham feito cobrança em seis hotéis e fazendas da localidade e que faziam parte da milícia – disse um dos agentes que participou da investida.

Com eles foram apreendidos quatro celulares, dois relógios, o Sandero, e R$ 1,070. Dinheiro proveniente das extorsões. Foram presos Bruno Nunes dos Santos, de 30 anos, Felipe Soares da Costa, 25, Marcos Paulo Lapa Freitas, de 29.

Eles foram levados, junto com o material e o carro apreendido, para a 94ª DP (Piraí). O delegado titular Michel Floroschk indiciou os suspeitos por associação criminosa.

Polícia Civil prendeu quatro suspeitos em maio

No dia 17 de maio passado, Policiais civis da 94ª DP, coordenados por Floroschk, já tinham prendido quatro homens, na Serra do Matoso, que também confessaram que trabalhavam para Ecko. Com o grupo foram apreendidos um revólver e uma pistola.

Os suspeitos também estavam em um carro, quando foram detidos. Eles chegaram a fugir mais foram perseguidos e capturados. Segundo Floroschk, o quarteto confessou que era de Campo Grande, no Rio, e que vinha extorquindo comerciantes na Serra do Matoso.

Suspeito presos em maio na Serra do Matoso


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Parabéns ao incansável delegado Michel Floroschk pelo trabalho realizado mesmo com as dificuldades que o Mãozão Ladrão impõe aos servidores e ao estado do rio de janeiro.

  2. Pedindo dinheiro, extorquindo, ameaçando… A concorrência para a PMERJ está ficando forte.

  3. Se a policia nao agir em pouco tempo teremos aqui em VR e cidades do entorno milicias instaladas… Ja temos gatonet na maioria dos bairros e ninguem consegue acabar com isso.. daqui a pouco comecam a venda de gas.. as ameacas.. ai ja era.

Untitled Document