quinta-feira, 15 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Polícia localiza mulher que teria jogado feto no Rio Paraíba

Polícia localiza mulher que teria jogado feto no Rio Paraíba

Matéria publicada em 10 de junho de 2018, 12:42 horas

 


Jovem estava na Santa Casa de Barra Mansa e teria confessado que abortou; delegado investiga se aborto foi feito em clínica clandestina

Barra Mansa – Uma jovem de 20 anos, cujo nome foi preservado pela polícia, é suspeita de provocar um aborto. O feto, de aproximadamente seis meses, foi encontrado na sexta-feira (08), em um areal próximo ao Rio Paraíba do Sul, no bairro Ano Bom.

O feto foi achado por um funcionário do areal. Ele chegou a pensar que fosse uma boneca, mas após observar o cordão umbilical chamou a polícia.

A suspeita foi localizada horas depois, na Santa Casa de Barra Mansa, onde, segundo a polícia, confessou ter tomado medicamento abortivo.  O delegado adjunto Antônio Furtado vai apurar se o aborto foi feito numa clínica clandestina.A jovem foi submetida a uma curetagem, procedimento para retirar resto de placenta.  Ela teve alta neste sábado (09), quando prestou depoimento na 90ª DP (Barra Mansa).

Furtado disse assim que recebeu a denúncia foi ao areal. O feto foi retirado do rio por uma draga.

– Após encontrar o feto, fui junto com dois inspetores aos hospitais da cidade. Nós localizamos a jovem na Santa Casa. A princípio, ela negou que teria feito um aborto, mas acabou confessando o crime – disse Furtado.

A jovem contou que realizou o aborto na casa dela, no bairro Vista Alegre, após tomar um medicamento abortivo. Ela informou ao delegado a criança nasceu morta.

– Ela disse que tinha feito todo o procedimento abortivo sozinha. Em seguida, a jovem disse que enrolou o filho numa toalha vermelha e jogou a criança no Rio Paraíba do Sul.  Mas eu não acreditei na história dela porque conversei com o médico, que assistiu a jovem, e ele me disse que durante a curetagem encontrou resto de placenta e que a gravidez era compatível com sexto mês de gravidez – disse Furtado.

O policial foi informado pelo médico que a jovem tinha uma laceração no colo do útero (ferimento) e, por isso, ele fez uma sutura. O medico explicou que a paciente poderia ter morrido.

Segundo o delegado, o fato demostra  que houve um aborto concedido pela própria gestante e praticado por terceiro, que foi quem introduziu um instrumento pérfuro contundente, que matou a criança e provocou o ferimento no útero.

Por isso, o delegado acredita que a jovem esteja mentindo e que o aborto foi feito numa clínica clandestina em Barra Mansa, que também passou a ser objeto de investigação do policial.

Segundo Furtado, a jovem  disse que estava arrependia  e informou que é comerciária desempregada e que seria mãe solteira. Ainda de acordo com o delegado, a ela disse que agiu no momento de desespero.

O delegado indiciou a suspeita no crime de aborto, cuja pena pode chegar a 3 anos de prisão. Ela responderá pelo crime em liberdade porque não houve flagrante, já que o aborto foi praticado na noite de terça-feira.

– Essa história não acaba aqui. Vamos investigar a existência dessa clínica clandestina de aborto em Barre Mansa. Quem tiver alguma informação poder entrar em contado com a 90ª DP.  Se ficar provado que foi a clínica clandestina que ajudou a jovem a fazer o aborto, o  responsável pelo estabelecimento poder ser condenado a quatro anos de prisão – explicou Furtado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

35 comentários

  1. e julgar a mãe e moleza mas se ela pensasse melhor em colocar o filho para doação tbm seria difícil pq hj todos querem adotar e não conseguem pq as crianças no brasil so e adotada por quem tem dinheiro na verdade

  2. Vocês são ridículos, vocês não são contra o aborto e sim contra as mulheres abrirem as pernas!
    Esse é o problema de vocês homens, serem contra uma coisa que não são vocês que decidem e sim nós mulheres, o corpo é nosso e temos o direito de decidir o que fazemos com ele e não vocês homens.
    Enquanto as leis estiverem sendo feitas por homens e as mulheres deles de classe média não tiverem morrendo em macas e clínicas clandestinas nada vai ser feito.
    Parem com esse pensamento mesquinho de anti-aborto, vocês não se importam com a mãe e nem após o nascimento!

    Ridículos!

    • Se você quer tirar um dedo ou até o seu braço o problema é seu, isso é uma parte do seu corpo. Mas o feto é um outro ser, enquanto essas pessoas não pagarem por esse crime, continuaram tendo ideias toscas e bizarras como a sua.

  3. CEM Reais para votar, SEM candidatos comprometidos com seus próprios eleitores

    Descobri onde estava o prefeito de BM que não assiste essa e outras jovens. Ele estava programando a recepção para os bandidos do PMDB. kkkkkkkk

    VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que …..

  4. Mito 2018 Bolsonaro

    É bom Jair se acostumando, mito 2018… Contra essa e outras barbarias.

    • Não sou a favor do aborto, não, mas tenho horror (leia-se nojo) a esse discurso de bolsominion. Se vocês soubessem como é brochante…

  5. Engraçado como a esquerda busca desensibilizar as pessoas usando a semântica e a dialética para promover suas agendas obscuras fazendo parecer tão bonitinhas. Nesse caso do aborto, usam o termo “feto” para desumanizar uma vida em formação (lógico que se trata mesmo de um feto, mas da forma como aplicam o termo serve para enfatizar que não é sequer um ser vivo pois aos olhos deles nem direito a vida tem, direito esse que até os animais tem).

  6. Ela fez o filho sozinha? Cadê o pai?????? Ele também tem que responder pela vida dessa criança! Onde está a responsabilidade masculina? Garanto que a maior culpa dos abortos é dos homens que não cumprem com suas responsabilidades. É aí que começa todo esse caos. Cadê o compromisso masculino?

    • Pode ser tb q nem saiba quem é o pai…

    • CEM Reais para votar, SEM saúde de qualidade depois

      Há fêmeas humanas que vivem com as pernas abertas. Como saber do pai? Se sabem qual é o pai certamente iriam atrás deles para receberem pensão e viverem muito tempo sem trabalhar e sem se instruirem, né?

    • Ele só vai responder por alguma coisa se estiver envolvido na morte da criança… Fazer filho não é crime, sua anta!

    • Procure um analista, CEM Reais…! Dá pra resolver bem essa sua frustração aí. Pode ter sido um chifre mal curado, talvez… Tenta ser feliz! Sorte aí!

    • Pai? Nestes casos nem o Ratinho resolve…

    • Se o pai não esteve envolvido no aborto, não tem porque culpá-lo. Se o cara quer criar o filho mas a mulher quer abortar, ele pode fazer muito pouco para evitar, por motivos óbvios… Esse teu feminismo irrefletido é detestável…

  7. Pq não revelaram o nome da super mãe?

  8. Parabéns Delegado Antonio Furtado!!!!

  9. Que sorte a desse bebê!!!

  10. E o pai? Vai pegar quantos anos de prisão pelo aborto dele?

    • Excelente pergunta! Quantos “pais” abortam com desprezo, ameaças, irresponsabilidade… mas apenas as mulheres são apedrejados. Sociedade machista e misógena.
      Enquanto isso, as pessoas que têm dinheiro abortam em clínicas. Porque o aborto no Brasil só é ilegal para pobres.

    • Primeiro vc tem que buscar saber se o pai era conhecido, coisa que hoje em dia não é tão simples, principalmente entre as solteiras… Depois vc tem que provar que o pai realmente teve alguma culpa na perpetração do delito…

    • Smilodon Tacinus, quando um indivíduo do sexo masculino faz sexo sem preservativo e não “interrompe”, este mesmo indivíduo assume o risco de fecundar um óvulo e logo ser co-autor de uma gravidez. Então ele tem culpa, sim!

  11. E pensar que muitas gestações ocorrem por causa da busca intensa de prazer sexual – de homens e mulheres. Sim, o sexo é bom, é gostoso, mas o hedonismo exacerbado e desenfreado de nossos dias atuais estão levando levas e mais levas de moças a um quadro como esse aqui relatado de gente desorientada, descontrolada, descompendada, des… des… des… Que a humanidade possa urgentemente “virar a chave” comportamental de hoje e lembrar e trazer de volta do passado os tempos de decência e honradez que, por conta disso, não traziam essas mazelas sociais tão absurdas.

  12. E pensar que muitas gestações ocorrem por causa da busca intensa de prazer sexual – de homens e mulheres. Sim, o sexo é bom, é gostoso, mas o hedonismo exacerbado e desenfreado de nossos dias atuais estão levando levas e mais levas de moças a um quadro como esse aqui relatado de gente desorientada, descontrolada, descompendada, des… des… des… Que a humanidade possa urgentemente “virar a chave” comportamental de hoje e lembrar e trazer de volta do passado os tempos de decência e honradez que, por conta disso, não traziam essas mazelas sociais tão absurdas.

  13. Tem delegado nesse estado que não perde uma foto. Campanha o ano todo.

  14. CEM Reais para votar, SEM compromisso dos eleitos depois

    -Tantos métodos contraceptivos para evitar a gravidez.
    – Unidade de saúde perto da casa dela e
    – outras maneiras para tomar uma decisão.
    – Falta de orientação total.
    – Políticas públicas inexistente na vida da jovem.
    – Onde está o prefeito?
    – Onde está o secretário de saúde?
    – Onde estão os responsáveis pela unidade de saúde do local de moradia dessa jovem?
    – Onde está….
    – Por que os responsáveis pela unidade de saúde não descobriram essa jovem?
    – Por que não foram atrás dela para orientá-la?
    – Por que não fizeram encontros de gestantes na unidade de saúde?
    – Por que não monitoraram a gestante?
    – O que eles estão fazendo dentro da unidade de saúde?
    – Por que…
    – Por que…

    São tantas as perguntas que se for listar aqui faltará espaço, e certamente não teremos respostas devido a falta de aptidão dos eleitos para a função pública.

    VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Administração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública. Eles se fazem de cegos. Para eles isso não é problema deles.

  15. Se um feto, ainda em formação, no tivesse todas as reações e instintos de defesa de uma pessoa já adulta, como nós, ele certamente lutaria até o último instante, para se manter vivo. É o que cada um nós faria numa situação de risco, cuja a vida pode ser tirada. Simples assim!

    • Você é homem, a única coisa que contribui para gravidez é o esperma.
      Nós geramos por 9 meses e nos responsabilizamos pela saúde, criação e educação da criança.
      Não venha o senhor com suas crendices dizendo o que é ou não vida.

  16. O aborto precisa ser legalizado para evitar essas situações bizarras… agora essa coitada, essa desgraçada, que precisa de ajuda e não de polícia, além da tragedia pessoal ainda terá que encarar a hipocrisia da sociedade. Não sou a favor do aborto, acho uma situação abominável, mas impedir a mulher pobre e reprimida de interromper sua gravidez indesejada, obrigando-a a tornar-se uma criminosa é chutar cachorro morto! A mulher rica entra em um hospital com seu ginecologista particular, diagnóstico de aborto espontâneo incompleto e resolve seu problema sem qualquer impedimento. Atire a primeira pedra nessa infeliz aquele que nunca pecou!

    • Coitada! Coitada é a criança que não tem chance de se defender e nem culpa da inconsequência dessa bandida. Cadeia nela!

    • Absurdo, inacreditável apoiar uma atitude tão desumana e cruel como aborto. Aborto é assassinato, ponto final.
      E a mulher carrega os efeitos disso para o resto da vida também, depressão, 6x mais chances de adquirir câncer de mama e mais uma série de efeitos colaterais.

    • Você nunca pecou, sua virtuosa? Canalhada hipocrita!

    • Aborto de um feto de 6 meses é assassinato. Cadeia nela!

  17. Oiê!! Existem vários métodos contraceptivos! Seis meses!?? Uma criança perfeita!
    Tanta gente, querendo um filho, aí,vem a criatura dizer que está desempregada!!! Pára!!!! Desce!!! Se não quisesse o bebê,no mínimo teria tomado a pílula do dia seguinte! Chega! Chega! Chega! Estamos no século XVI! Todos os bairros tem postinhos!
    Lamentável!!

  18. E tem pessoas que são favoráveis a essa COVARDIA apoiadas em políticos CANALHAS!

Untitled Document