ÔĽŅ Benefici√°rios do ‚ÄėMinha Casa, Minha Vida‚Äô recebem os n√ļmeros dos apartamentos - Di√°rio do Vale
quarta-feira, 15 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Pol√≠tica / Benefici√°rios do ‚ÄėMinha Casa, Minha Vida‚Äô recebem os n√ļmeros dos apartamentos

Benefici√°rios do ‚ÄėMinha Casa, Minha Vida‚Äô recebem os n√ļmeros dos apartamentos

Matéria publicada em 11 de outubro de 2017, 22:01 horas

 


Durante o evento, Cohab confirmou que o município receberá outro empreendimento do programa federal

Escolhidos: Maycon fala a futuros moradores do ‚ÄėMinha Casa, Minha Vida‚Äô (Foto: Evandro Freitas-SecomVR)

Escolhidos: Maycon fala a futuros moradores do ‚ÄėMinha Casa, Minha Vida‚Äô
(Foto: Evandro Freitas-SecomVR)

Volta Redonda – Na manh√£ desta quarta-feira (11), a Prefeitura de Volta Redonda realizou o sorteio para 96 fam√≠lias visando as escolhas dos apartamentos que v√£o morar no Residencial Girassol, no bairro Jardim Cidade do A√ßo, do programa Minha Casa, Minha Vida. Durante o evento, ainda houve a confirma√ß√£o de que o munic√≠pio receber√° mais um empreendimento do ‚ÄėMinha Casa, Minha Vida‚Äô, que vai contar com 176 apartamentos, no bairro S√£o Luiz.

Um dos primeiros moradores a ser sorteado para escolher o apartamento, Adenir Gonçalves de Faria, de 71 anos, ficou emocionado.

‚ÄĒ √Č o melhor sentimento poss√≠vel. Sempre tive vontade de ter minha casa pr√≥pria, o meu cantinho. E agora eu vou ter esse cantinho. Antes, morava de favor com familiares ‚ÄĒ disse Adenir.

Quem também estava animada com a casa nova, era Marluce Ferreira Lima, de 49 anos, que é cadeirante e elogiou bastante a qualidade do apartamento.

‚ÄĒ Eu fui l√° conhecer e √© muito bom. O apartamento √© equipado, tem acessibilidade muito boa. Eu e minha fam√≠lia estamos muito empolgados ‚ÄĒdisse Marluce.

O sorteio, que contou com a presença das famílias beneficiadas pelo programa, aconteceu no teatro do Colégio João XXIII, no bairro Retiro. O evento começou com um discurso do vice-prefeito e secretário municipal de Ação Comunitária, Maycon Abrantes.

‚ÄĒ Hoje √© um dia muito feliz. Quero agradecer a Cohab e a Caixa Econ√īmica Federal tamb√©m pela parceria. O empreendimento que vamos entregar era para ser o primeiro de Volta Redonda, mas as obras ficaram paradas durante cinco anos ‚ÄĒ disse Maycon, ressaltando que as obras foram retomadas em janeiro. O valor total do empreendimento √© de R$ 9 milh√Ķes.

‚ÄĒ Estamos trabalhando de manh√£, de tarde e a noite para melhorar a vida da popula√ß√£o. Estamos avan√ßando. S√≥ essa semana tivemos muitas novidades, como a empresa de Call Center que deve gerar mais de mil empregos ‚ÄĒ disse o vice-prefeito.

O diretor-presidente da Companhia de Habitação de Volta Redonda (Cohab), Fernando Rabello, destacou que os moradores fizeram uma visita técnica ao empreendimento na segunda-feira, dia 9.

‚ÄĒ Agora, na pr√≥xima segunda, dia 16, voc√™s v√£o voltar ao residencial para fazer dessa vez a vistoria nos apartamentos de voc√™s. A construtora ir√° acompanhar, para saber se est√° tudo certo ‚ÄĒ comentou, ressaltando que ser√° feito, com a ajuda dos moradores, um relat√≥rio onde ser√° atestada a qualidade dos apartamentos.

Depois da escolha dos apartamentos, segundo Fernando Rabello, só restam duas etapas para que os moradores possam enfim mudar para o Residencial Girassol.

‚ÄĒ Ser√° marcado agora para que voc√™s assinem o contrato de compra e venda com a Caixa Econ√īmica Federal e depois o Governo Federal marcar√° uma data para a entrega das chaves ‚ÄĒ informou o diretor-presidente da Cohab.

Novo ‚ÄėMinha Casa, Minha Vida‚Äô ser√° no S√£o Luiz

De acordo com o diretor-presidente Cohab, Fernando Rabello, o contrato para o novo empreendimento, que terá 176 apartamentos, será assinado nos próximos dias.

‚ÄĒ Ser√£o mais de 17 milh√Ķes investidos pelo Governo Federal nesse novo pr√©dio, que ficar√° no loteamento S√£o Sebasti√£o, no bairro S√£o Luiz ‚ÄĒ destacou Fernando, ressaltando que quem quiser concorrer a uma dessas unidades deve fazer o Cadastro Imobili√°rio, no site da Cohab . ‚ÄúAssim que as obras come√ßarem, o prazo para terminar √© de um ano e seis meses‚ÄĚ, completou.

Segundo o prefeito Samuca Silva, o projeto do Minha Casa, Minha Vida no loteamento S√£o Sebasti√£o √© uma parceria da prefeitura com o Governo Federal. ‚ÄúN√≥s estamos doando o terreno para que seja constru√≠do o empreendimento. Isso mostra que estamos avan√ßando na √°rea de habita√ß√£o. Ser√£o 176 fam√≠lias beneficiadas, que ter√£o uma melhora na qualidade de vida, uma casa pr√≥pria‚ÄĚ, comemorou Samuca.

7 coment√°rios

  1. Tinha que ser verificado como item excludente, se na familia n√£o tivesse gente com antecedentes criminais, pq se fosse feito isso, esses conjuntos n√£o seriam as novas favelas.

    • Dona Florinda do Brejo, cad√™ sua considera√ß√£o com seus vizinhos? Quando o Professor Girafales vai na sua quebrada, vc convida para tomar uma x√≠cara de caf√©, n√©?

    • Ary G√≥is, n√£o moro em nenhum deles nem ao redor. Talvez sua m√£e, irm√£, filha ou mulher estejam l√°… fazendo sabe-se l√° o que n√©? ūüėČ

    • Aceite-se, T√° Demais, sua Dona Florinda do Brejo. E prepara uma x√≠cara de caf√© a√≠ que depois do Girafales sou eu que vou atuar na sua caxanga de pobre de direita. E deixe seu filho catarrento, o Kiko, se misturar com aquela gentalha da sua vizinhan√ßa.

  2. Morei ali por um tempo, não moro mais, graças a Deus, ainda mais agora que estará prestes a se tornar um inferno.

  3. Acabou com o bairro, quem j√° recebeu esse ‚Äúempreendimento‚ÄĚ sabe do que to falando.

Untitled Document