sábado, 27 de maio de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Bispo da diocese regional critica proposta para reformar Previdência

Bispo da diocese regional critica proposta para reformar Previdência

Matéria publicada em 20 de abril de 2017, 21:02 horas

 


Volta Redonda – O bispo da diocese Barra do Piraí-Volta Redonda, dom Francisco Biasin, seguiu o direcionamento da CNBB(Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e também criticou a proposta de reforma da Previdência. O texto original, enviado pelo presidente Michel Temer, será alterado no Congresso Nacional, mas mesmo assim o clérigo teme perda de direitos adquiridos pelos trabalhadores.

Segundo Biasin, o posicionamento da Igreja não poderia ser diferente. Em carta emitida em março, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, os bispos, manifestaram apreensão com relação à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016.

“A previdência não é uma concessão governamental ou um privilégio. Os direitos Sociais no Brasil foram conquistados com intensa participação democrática; qualquer ameaça a eles merece imediato repúdio”.

O texto foi referendado pelo bispo da região.

– O que vemos com essa e outras reformas é que o preço é impor enormes sacrifícios aos mais pobres e desestruturar as condições de sobrevivência das pequenas empresas, da própria economia familiar. Pessoalmente, repudio a retirada de quaisquer direitos dos trabalhadores, conquistados a duras penas nas últimas décadas – opina Dom Francisco.

Dom Francisco ressaltou que, infelizmente, a proposta original do governo aponta para sérios retrocessos em conquistas que beneficiam os trabalhadores brasileiros. Segundo o bispo, de uma maneira geral a proposta pode impedir que as pessoas tenham acesso “a uma aposentadoria digna e a uma velhice serena”.

– Sabemos que a expectativa de vida tem aumentado, o que é bom. Mas ela não é igual em todo o Brasil. Em muitas áreas, sobretudo nas regiões menos desenvolvidas, especialmente no campo, não chega sequer aos 65 anos. Achamos justo que as pessoas possam ter tempo de aproveitar do descanso proporcionado por uma vida inteira de trabalho, de acordo com a realidade de vida que elas tiveram – destacou.

Na opinião de Evaldo Pontes da Silva, membro do Movimento Fé e Política, da Diocese de Barra do Piraí/Volta Redonda, a Igreja de um modo geral se posicionou contra a reforma e a maneira como os debates estão sendo conduzidos.

– O Movimento Fé e Política apoia totalmente a posição da CNBB e acha injusta a forma como esta reforma está sendo elaborada. E penso que tudo aquilo que é injusto é contra a igreja. Esta reforma quer destruir e acabar com a aposentadoria do trabalhador e o movimento é totalmente contrário a ela – opina.

Coordenador do Centro de Estudos Bíblicos de Volta Redonda (Cebi), o teólogo Valdecí de Oliveira, o Biro, acredita que a reforma vá trazer prejuízos para a classe trabalhadora. “Por esse motivo o Cebi apoia totalmente a opinião da CNBB”, diz Valdecí.

Quem também deu a sua opinião sobre a reforma trabalhista foi Pedro Paulo Vieira, coordenador da Pastoral da Juventude e representante leste 1 do Estado do Rio. Segundo Pedro, a pastoral da juventude, tanto quanto a Igreja Católica, estão muito preocupada em discutir com toda a base a respeito das consequências desta reforma para a juventude. “A pastoral está preocupada com o fato da juventude já estar fora do mercado de trabalho, e agora em razão dessa reforma terá que trabalhar mais tempo para se aposentar”, questionou.

21 comentários

  1. HAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!! SE OS COXINHAS SE FERRAREM, FICO SATISFEITO!!!!!!

  2. A César o que é de César

    Boa notícia: A executiva nacional do PSB acaba de fechar questão e recomendou voto contra as reformas trabalhistas e previdenciária. NÃO PASSARÁ.

  3. O que a igreja tem com isso ? Vai rezar seu bispo !!

  4. Não estou entendendo nada, então vamos ficar aqui criticando o bispo, o padre, o pastor, etc, e vamos ficar defendendo uma proposta de reforma da previdência que só vai ferrar com os trabalhadores?

    • Cidadão de VR, voce disse “Não estou entendendo nada”, logo vou te esclarecer suas dúvidas: Jesus quando veio ao mundo veio para mudar os corações das pessoas, pois enquanto a Judéia era explorada por maus políticos, Jesus nunca se intrometeu em política, pois a preocupação Dele era com a conversão dos coração das pessoas pra Deus, logo não há nenhum sentido que um padre, um bispo, um pastor, etc.. venha a se intrometer em questões políticas, enquanto seu rebanho tem fome da Palavra de Deus.
      Enquanto esses bispos de Volta Redonda continuarem a se desviar da função principal deles para opinar em questões políticas, a diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda vai continuar a diminuir, proporcionalmente ao número de habitantes da região, em relação às outras religiões não-católicas e até mesmo a falta de religião, e parafraseando Aurélio Paiva podemos dizer que será “O fim da era católica e o início da era da fofoca e do ateísmo”.
      Esses bispos e padres ajudaram a colocar o PT e todos esses meliantes no poder, logo, eles deviam fazer uma mea-culpa e parar completamente de “dar palpites políticos”, pois eles fazem mais prejudicar a população brasileira que ajuda-la. Nós fazemos parte de um Estado laico, logo, assim como a Igreja nunca aceitou a ingerência de seus negócios pelo Estado, não há sentido que a Igreja queira tomar a função do Estado.

    • Sr guto, vc não está esclarecendo minhas dúvidas, vc está é colocando o seu ponto de vista “coxinha”, que de uns tempos para cá deixou de ser ponto de vista “coxinha” para ser ponto de vista “escondidinho”.

    • Percebo que a questão principal é como esta reforma da previdência vai prejudicar a população de uma maneira em geral, aí aparece por aqui pessoas discutindo se é lícito ou não é lícito o Bispo se posicionar contra ou a favor da reforma, o posicionamento ou não da igreja sobre a reforma da previdência é de menos, o fato é que esta reforma da previdência que nos está sendo apresentada vai prejudicar em muito a classe trabalhadora, só vai favorecer as empresas de previdência privada que a esta altura já deve estar fazendo lobby na câmara e no senado, “molhando a mão” dos nossos nobres senadores e deputados, quanto a igreja se posicionar politicamente isto ocorre desde os
      primordios da religião, é demonstrar total falta de conhecimento histórico achar que só agora a igreja está se posicionando politicamente, ocorre que quando este posicionamento é contra nossa linha de pensamento político
      aparece logo um para gritar “olhe a igreja está deixando de evangelizar e está se metendo em política”, procure vc saber quantos deputados fazem parte da bancada evangélica no congresso (alguns são pastores), e pare de falar besteira. A REFORMA DA PREVIDENCIA NOS MOLDES QUE ESTÁ É CRUEL, PRECISAMOS UNIR FORÇAS PARA ELA NÃO SER APROVADA.

  5. Bispos a serviços do comunismo
    (na epoca de don valdir Calheiros ja era assim)

  6. Não sou católico, mas o bispo está certo. A “reforma” do Temer e sua gangue golpista vai atingir em cheio as camadas mais pobres. Até alguns paneleiros mais limitados já perceberam os desdobramentos do seu tiro no pé.
    Mas, seu Bispo, muitos, ainda cegos de rancor, não dão o braço a torcer e seguirão feito feito gado festejando o açougue, mesmo trabalhando até morrer.

  7. Quem votou na Dilma PT votou no Temer PMDB. Quem votou no PMDB ajudou o PT.

    Agora estão chorando.

    Eu alertei aqui antes da eleição de 2014 e 2016.

    • A César o que é de César

      O cara deixe de ser imbecil todo mundo sabe que esta reforma da previdência é capitaneada pelo PSDB/DEM/PMDB, o PT pode ter feito outras lambanças mas não esta. Vejo vc aqui falando de política como quem torce pra um time de futebol, no caso a sua torcida é contra o PT, não importa o tamanho do ferro que vc está levando, o que lhe interessa é criticar o PT. PRECISAMOS DO APOIO DE TODOS, ATÉ DE IDIOTAS COMO VC PARA BARRAR ESTE PACOTE DE MALDADES QUE ESTÃO EMPURRANDO GOELA ABAIXO DO POVO.

    • A César o que é de César: Falou tudo………

  8. Apolodoro de Damasco

    Valença também possui bispado. Valença pertence à região. Logo, a chamada da matéria está incorreta.

  9. Cala a boca burguês!

    Cala a boca burguês! Pare de escrever asneira!

    • Está mandando quem se calar? Os funcionários públicos? Pois mais de 50% deles são considerados de classe alta, sabia? Eles se aposentam cedo e ganhando fortunas, pagos adivinha por quem? Acertou, pelos pobres!

      Ou você acha que um comerciante aqui de Volta Redonda recebe (líquido) o que esses funcionários públicos recebem? Te desafio encontrar UM comerciante que esteja tirando 10 mil reais limpo no fim do mês. Sou autônomo e convivo diariamente com diversos empresários, a esmagadora maioria estão no “zero a zero”, só pagando as contas para não fechar as portas, pois na maioria das vezes é tudo que ela tem. Esses caras que são “burgueses”?

      Para quem defende verdadeiramente os mais pobres, sugiro que estudem mais e apontem seus canhões para onde devem ser apontados.

  10. sei…. e o que ele propõe? deixa como está? uma casta de privilegiados ganhando aposentadorias integrais, valores normalmente acima de R$30.000,00 e o rebanho, orientado por essa sumidade, ganhando salário mínimo! está aí uma das razões da fuga cada vez maior de católicos. ele deveria estar vigilante contra o verdadeiro descalabro feito contra o estado, que praticamente quebrou o país, e nunca se posicionou contra!

  11. CNBB? Referência do que? Apoiam e são extremamente omissos quanto às barbaridades que vem causando regimes autoritários de igual ideologia na qual eles defendem. Convido a qualquer um ir lá no site deles e procurar sequer uma notinha, eu disse UMA NOTINHA sequer de repúdio ao que vem ocorrendo na Venezuela e em Cuba.

    É uma pena só que o bispo não entendeu que a reforma da previdência só tende a privilegiar os mais pobres e punir a elite do funcionalismo público. Do jeito que estamos, o pobre vem pagando para essa elite que se aposenta cedo ganhando fortunas.

    Faça aí uma experiência, entre no portal da transparência e dê umas voltas por lá, veja quanto ganham funcionários públicos e compare com a iniciativa privada. São salário de 10, 15 e 20 mil reais “a rodo”, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Agora me digam, alguém aí conhece algum comerciante que hoje esteja ganhando limpo 10 mil reais? Pois é, e o comerciante, autônomo, empreendedor, empresário que geram empregos, produzem produtos e serviços e geram impostos. Dá pra entender porque ao perguntar a um jovem o que ele quer da vida, ele responde que quer passar em concurso público? Não se encontra sequer um jovem que deseja empreender e gerar empregos.

    • A César o que é de César

      Dúvido que vc tenha lido na íntegra o que está escrito na PEC da reforma da previdência, se tivesse lido não estaria aqui dizendo este monte de besteiras, vc está falando sobre coisas as quais não detem conhecimento. EX: Falta 1 ano e 3 meses para minha esposa se aposentar, se esta reforma passar ela certamente cairá na regra de transição, só que isto não é o maior problema, o maior problema é que pela fórmula de cálculo de benefício proposta ela deve ter uma redução de 30% no valor de sua aposentadoria, e ela não é funcionária pública, trabalha na iniciativa privada e seu salário é 2300 reais, muito longe dos 10 ou 20 mil ue o sernhor está falando. ACORDA.

  12. Gostaria de saber do bispo sobre a expulsão da estudante de jornalismo Karla Maria Pérez da Universidade Central de las Villas (UCLV), na província de Villa Clara em Cuba, pelo simples fato de Karla Maria Pérez não ser comunista?!

  13. Bispo lulapetista.

Untitled Document