terça-feira, 20 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Prefeito participa de lançamento do Observatório Social

Prefeito participa de lançamento do Observatório Social

Matéria publicada em 20 de junho de 2018, 22:40 horas

 


 

Foto: Gabriel Borges – Secom VR
Samuca: ‘Realizamos os pregões em praça pública para a população ter a oportunidade de acompanhar o processo’

Volta Redonda- O Observatório Social de Volta Redonda (OSVR) realizou uma cerimônia de inauguração e de apresentação da primeira diretoria da entidade. O evento aconteceu no auditório da Aciap (Associação Comercial, Industrial e Agropastoril) de Volta Redonda e teve a participação do prefeito Samuca Silva. A finalidade é colaborar com os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da cidade de maneira independente, acompanhando a utilização dos recursos públicos.
— A marca do nosso governo é a transparência. Criamos a Controladoria Municipal, estamos realizando os pregões eletrônicos e vamos instalar na Praça da Prefeitura o ‘Painel da Transparência’, onde os moradores poderão ver quanto à prefeitura está arrecadando e onde estão sendo gastos os recursos municipais. Tudo de uma maneira bem transparente — disse Samuca Silva.
O prefeito disse ainda que a Prefeitura de Volta Redonda submete todos os editais, previamente, ao Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro: “Isso mostra o respeito que tenho com o dinheiro público e a transparência. Realizamos os pregões em praça pública para a população ter a oportunidade de acompanhar o processo”, frisou Samuca Silva, que finalizou: “Fico feliz com a vinda do Observatório à Volta Redonda”.
Volta Redonda é a quinta cidade do estado do Rio de Janeiro a possuir o observatório – outros municípios são: o próprio Rio, Niterói, Teresópolis e Barra Mansa. Segundo o presidente da organização em Volta Redonda, William Keller de Rezende, a finalidade é colaborar com o poder público da cidade, de maneira independente.
— O OS é uma organização da sociedade, integrada por pessoas da comunidade, que querem contribuir para a eficiência da gestão. Teremos dois eixos básicos: educação fiscal e monitoramento da aplicação dos recursos — disse. “Não pode haver qualquer vínculo partidário. É um trabalho técnico. Não queremos gente da base do governo ou da oposição. É totalmente independente”, salientou.
O presidente nacional do Observatório Social, Ray Ribas, que participou da cerimônia em Volta Redonda, destacou que a instituição não tem ativismo, denuncismo, demagogia, sensacionalismo. “A nossa proposta é, essencialmente, colaborar com ações para evitar corrupção. Queremos estabelecer diálogo com os gestores. Volta Redonda está de parabéns pelo fato do prefeito participar do evento. Isso não acontece em diversas cidades do país”, finalizou.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. E A SAÚDE?

  2. Srº prefeito Samuca, só para lembrar ao Sr, que o prefeito anterior, não atrasou pagamento e nem 13º, não deixou de pagar em nenhum mandato dele. Certo de que o Sr mesmo disse que o problema é gestão, esperamos que o Sr não esqueça, se o Sr deixar para pagar tudo de uma vez, a folha de dezembro irá dobrar, pois além de pagar tudo, terá os professores que estarão de férias também. Espero que sua equipe esteja pensando como irão fazer se não der a metade agora. Certo de que o Sr coloque em prática a gestão que foi sua marca de campanha para se eleger, e que coloque em prática.

Untitled Document