segunda-feira, 25 de setembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Prefeitura de Porto Real paga gratificação de professores

Prefeitura de Porto Real paga gratificação de professores

Matéria publicada em 12 de julho de 2017, 21:18 horas

 


Porto Real –  Os secretários municipais de Administração, Luiz Fernando Graciani e de Educação, Cultura e Turismo, Maria Madalena Ferreira, estiveram reunidos com a comissão de representantes de profissionais de educação na sede da Prefeitura  de Porto Real na quarta (12), com o objetivo de tratar do recebimento da Gratificação Para o Desenvolvimento Educacional de Porto Real (Gidep), instituída pela Lei Municipal 381 de 5 de janeiro de 2010.
O prefeito Jorge Serfiotis (PMDB) enfatizou a importância da Gidep como forma de incentivar e valorizar os profissionais de educação.
— Temos essa preocupação de valorizar essa classe tão importante que é a educação. A Gidep é fundamental para que possamos incentivar cada vez mais um ensino de qualidade em Porto Real — disse o prefeito.
Na ocasião, os profissionais da comissão: Sheila Aparecida Miranda, Gisele Caetano, Maraísa Reis, Cristina Dezós de Oliveira, Edvan Costa e Camila Vasques, entraram em um acordo para o recebimento da GIDEP.
— Vamos realizar o pagamento de cerca de 270 profissionais. Eles irão receber a gratificação em seis parcelas. É importante destacar que, independente do valor a ser recebido, os profissionais receberão dessa maneira. O pagamento começa a ser feito a partir deste mês —esclareceu o secretário de Administração, Luiz Fernando Graciani.
A secretária de Educação, Maria Madalena Ferreira, explicou que a Gidep é uma forma de incentivar e valorizar os profissionais de educação e ainda esclareceu a importância e como funciona a avaliação.
— O objetivo da Gidep é fornecer subsídios para a tomada de decisões destinadas à melhoria da educação oferecida pelo sistema municipal de ensino. Desse modo é possível acompanhar o desenvolvimento da rede, mediante a comparação dos resultados. Os alunos são avaliados dentro da proposta curricular do Ensino Fundamental I e II. Na Educação Infantil e na Educação Especial os Professores são avaliados por observação, assim como os Professores de Educação Física e Artes do Ensino Fundamental I — afirmou.

Untitled Document