segunda-feira, 12 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Resende chega à fase final do prêmio Prefeito Empreendedor

Resende chega à fase final do prêmio Prefeito Empreendedor

Matéria publicada em 16 de maio de 2018, 21:35 horas

 


Cidade concorre na categoria Inclusão Produtiva e Apoio ao MEI, com o projeto “Resende, uma estação empreendedora”

Força: Prefeitura de Resende facilita registro dos MEIs

Resende – A Prefeitura de Resende é uma das 12 finalistas, entre 74 municípios, da etapa estadual do prêmio Prefeito Empreendedor, concedido anualmente pelo Sebrae e que busca valorizar gestores públicos que tenham implantado projetos, com resultados comprovados, de estímulo ao surgimento e ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública. Inscrita na categoria Inclusão Produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual, a Prefeitura concorre ao prêmio com o projeto “Resende, uma estação empreendedora”, elaborado pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo.
A escolha do projeto de Resende para figurar entre as 12 melhores iniciativas desenvolvidas no Estado, segundo o prefeito Diogo Balieiro Diniz, mostra que os esforços feitos pela administração municipal ao longo dos últimos 15 meses, visando incentivar e fortalecer os microempreendedores individuais do município, estão dando resultados positivos e seguem no caminho certo. A edição de 2018 é a décima realizada pelo Sebrae e os grandes vencedores de cada categoria, que serão anunciados em junho, concorrerão, automaticamente, à etapa nacional do prêmio.
– Estarmos entre as 12 melhores iniciativas do Estado, com menos de um ano meio de governo, é, sem dúvidas, um privilégio para qualquer gestor público. Mas o que mais nos emociona neste processo é saber que estamos no caminho certo e que nossos esforços estão dando resultados positivos que podem ser comprovados e mensurados por uma entidade séria e respeitada como o Sebrae – disse o prefeito.
De acordo com o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Tiago Marcelo dos Santos Diniz, entre as ações realizadas pela Prefeitura e destacadas no projeto “Resende, uma estação empreendedora” estão a transferência da sede da Secretaria para um local de fácil acesso; a implantação da Sala do Empreendedor, que oferece diversos serviços, além de oficinas de capacitação e palestras; e a redução do tempo e da burocracia para adesão ao MEI e para a retirada do alvará, que hoje é emitido em 48 horas.
Além disso, a Prefeitura também implantou o Espaço do Artesão, que funciona como uma vitrine de divulgação dos trabalhos confeccionados pelos artistas da cidade; criou o Happy Hour do Trenzinho, evento que incentiva pequenos empreendedores que atuam com comida de rua e artigos artesanais; e criou mecanismos para valorização das feiras livres, que ganharam melhores espaços e mais infraestrutura, entre outras iniciativas.
As medidas tinham como objetivo regularizar os trabalhadores que atuavam de forma informal na cidade e oferecer uma alternativa para aqueles que haviam perdido seus empregos formais, em razão da crise econômica, e desejavam tornar-se microempreendedores. Menos de um ano e meio depois, os resultados já começaram a aparecer. Entre eles está a redução de 10% do número de profissionais em situação informal no município e o aumento de 42% do quantitativo de alvarás emitidos pela Prefeitura, que passou de 1.086 em 2016, para 1.550 em 2017.

O Prêmio

Este ano, segundo o Sebrae, o prêmio Prefeito Empreendedor recebeu, em sua etapa estadual, a inscrição inicial de 74 municípios fluminenses. Deste total, 54 foram considerados aptos a seguir na competição após a primeira avaliação, e 37 foram selecionados como finalistas. Eles concorrem ao prêmio em seis categorias: Políticas Públicas para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios; Cooperação Intermunicipal para o Desenvolvimento Econômico; Compras Governamentais de Pequenos Negócios; Pequenos Negócios no Campo; Inovação e Sustentabilidade; Empreendedorismo nas Escolas; Desburocratização e Implementação da Redesimples; e Inclusão Produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual (MEI).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. É por aí! Até o SEBRAE? Se podem complicar, para quê simplificar?

    Quem NÃO CONHECE a Administração Pública e NÃO ENTENDE de Gestão Pública sempre se refere o prefeito como “gestor público” como o Samuca falou muito na campanha, aquele que enganou a muitos.

    Já disse várias vezes e vou repetir quantas vezes for necessário, até aprenderem: Gestor Público é um profissional que estuda a Administração Pública. Quando na liderança é tratado como Gestor Público e quando na administração de órgão público é um Administrador Público. Gestor e Administrador têm funções diferentes.

    Eu não conheço um prefeito com essa qualificação no estado do Rio de Janeiro. Prefeito de Resende é um médico e o prefeito de VR é um contador. Eles podem ser excelentes em suas áreas, mas, o quê esses profissionais CONHECEM de Administração Pública e ENTENDEM de Gestão Pública?

Untitled Document