domingo, 22 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Rodrigo Drable assina contrato para construção de 680 unidades pelo Minha Casa Minha Vida

Rodrigo Drable assina contrato para construção de 680 unidades pelo Minha Casa Minha Vida

Matéria publicada em 9 de fevereiro de 2018, 18:34 horas

 


Projeto estava paralisado desde o governo passado; obras estão previstas para iniciarem em março

Oficial: prefeito de Barra Mansa assina contrato para construção de unidades do Minha Casa, Minha Vida (Foto: Chico de Assis- PMBM)

Oficial: prefeito de Barra Mansa assina contrato para construção de unidades do Minha Casa, Minha Vida
(Foto: Chico de Assis- PMBM)

Barra Mansa – O prefeito de Barra Mansa Rodrigo Drable assinou na tarde desta sexta-feira, dia 9, um contrato com a Caixa Econômica Federal para a construção de 680 unidades habitacionais pelo programa federal Minha Casa Minha Vida para moradores com renda de zero a três salários mínimos. Além do prefeito, participaram da assinatura o secretário municipal de Planejamento Urbano, Jorge Melhem; o supervisor técnico da Secretaria de Habitação, Carlos Antônio de Almeida Baião; e os representantes da Caixa Econômico Federal, o Gerente Regional de Governo, Juarez Rodrigues do Carmo; o Gerente Regional de Construção Civil, Marcelo Albuquerque e o Gerente Geral da Agência Caixa em Barra Mansa, Juliano Roberto Silva.

O conjunto será construído em uma área de 50 mil metros quadrados, doada pela prefeitura de Barra Mansa, o que facilitou na retomada do processo. O investimento ultrapassa o valor de R$ 57 milhões para a construção de três empreendimentos: um no bairro Paraíso de Cima com 240 unidades e dois no bairro Santa Izabel com mais 440 unidades. As obras estão previstas para iniciarem em março e tem duração de 18 meses.

As unidades habitacionais serão divididas em, aproximadamente, 40 metros quadrados, com sala, cozinha, dois quartos, banheiro e área de serviço. Os banheiros permitem a acessibilidade para pessoas com deficiência. Os beneficiados serão famílias carentes, que possuem renda familiar de no máximo três salários mínimos.

De acordo com o prefeito Rodrigo Drable, esse é o maior contrato em vigência na região Sul Fluminense.

— É o maior número de habitações construídas em Barra Mansa em todos os tempos. Nos últimos 20 anos não tivemos um número que somado chegue a isso. Uma grande conquista para a população, pois vai gerar emprego e oportunidade de moradia”, afirmou. Drable ainda ressaltou que o empreendimento vai sanar o déficit habitacional do município. “Precisamos de sete mil unidades para moradores de renda de um a três salários mínimos, com esse contrato já eliminamos quase 10%. Vamos continuar trabalhando e investindo — concluiu.

Segundo o secretário Municipal de Planejamento Urbano, Jorge Melhem, durante o início do governo em 2017, a Secretaria de Planejamento foi designada para acumular a Secretaria de Habitação revendo a questão dos programas de habitação popular por moradores com renda de um a três salários mínimos devido a grande demanda. Durante a revisão, foi encontrado um projeto de construção popular que não havia alcançado êxito de aprovação.

— Revisamos e atualizamos o projeto restabelecendo os contratos praticamente perdidos com a construtora que havia sido selecionada por meio de edital de chamamento, retomando um elo de confiança entre a empresa e a nova gestão municipal — explicou.

A partir disso, o prefeito Rodrigo Drable intensificou os seus contatos junto ao Ministério das Cidades obtendo aval para reapresentação da proposta em moldes atualizados.

— Logo após, o empreendimento foi selecionado pelo Ministério das Cidades e a Secretaria de Planejamento junto com a Construtora e a Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal em Volta Redonda apoiou toda a montagem do processo que contemplou aprovação dos projetos e as assinaturas dos respectivos contratos que se deu na data de hoje — completou Melhem.

O Gerente Regional de Construção Civil da Caixa Econômica Federal, Marcelo Albuquerque, destacou a agilidade do governo em retomar o processo de construção habitacional.

— Parabenizo a atual gestão por se preocupar com a questão habitacional e garantir que o processo de aprovação para os empreendimentos em Barra Mansa fossem retomados — disse. O Gerente Regional explicou que as mensalidades para aquisição de cada apartamento serão por 10 anos nos valores de R$ 80 a R$ 270 por mês.

20 comentários

  1. Prefeito – URGENTE
    Manda o Pessoal da SUSEP ir no Moinho de vento Rua Alvorada dar uma olhada lá.
    Crateras enormes se abriram e impedem moradores de subir de carros.
    Até caminhão do Lixo tem dificuldade,
    Moradores já cansaram de pedir SOS a SUSESP.

  2. Quanto será que esses senhores estão levando do nosso dinheiro, que é usado para fazer esses pombais?
    É mais audacioso, a prefeitura apenas fazer um loteamento com ruas planejadas, calçadas para os pedestres! E proporciona plantas de casas populares com arquitetos e engenheiros. E deixar a população construir e realmente movimentar o comércio e serviços. Em vez do todo serviço para poucas construtoras.

  3. Será que este projeto inacabado serão das casas invadidas no Paraíso de Cima? E quanto ao asfalto da Rua Izalino Gomes da Silva? Espero que sejam bem selecionadas as famílias contempladas e não um berço do tráfico como o MCMV de Volta Redonda especialmente do bairro Três Poços.

  4. RODRIGO DRABLE DA PARA VOCÊ RESERVA UMAS 20 UNIDADE PARA ESTE PESSOAL ,QUE INVADIRAM A VILA DOS IDOSOS AQUI EM VOLTA REDONDA NO BAIRRO BELMONTE , POIS ELES JA TEM CASAS A MAIORIA MORA NO SIDERLANDIA OS MESMO QUE INVADIRAM TERRE NOS ALI ANOS ATRAS

  5. Dá nojo de ler comentários tipo desse Morador Raiz que nem coragem de colocar nome próprio tem, não está feliz em Barra Mansa sai fora então fica aí a dica.

  6. Boa prefeito porém pode se fazer mais por Barra Mansa

  7. Que péssima notícia. Espero que deixem essa subespécie bem longe do meu bairro.

  8. Guilherme alemkert ribeiro rolim

    Olá bom dia aí quem é do RJ pode fazer a inscrição para Barra M
    ansa pode fazer ou não

  9. Governo Passado , Juarez Magalhães ZERO casa , Tuca 1 casa ( Papai Noel )
    Governo Atual : 640 casas , parabéns , ao Jorge Melhem.

  10. E quando serão as inscrições?vai ser igual Resende através de sorteios na frente dos cadastrados ou vai ser igual prefeitura de BM, vo sai vai p “ escolhidos “ indicados pelos poderosos como secretários e vereadores? Prefeito não deixe isso acontecer abre os olhos.

  11. ta no rumo certo . avante.

  12. Uma dica ao prefeito: existem vários prédios sem acabar no centro. São eles: perto do floresta Supermarket, ao lado da Santa casa, ao lado da câmara municipal.
    A prefeitura poderia, através da CEF, ajudar os pobres proprietários a terminarem esses prédios. Porque, é no centro da cidade e do jeito que tá, passa uma má impressão sobre o poder aquisitivo de BM

  13. Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

    Barra Mansa está atrasada até em matéria de atraso…

    • Kkkkkk
      Vc adora ler matérias direcionadas a Barra Mansa

    • Quanto recalque em amigão quando não se gosta de algo deixa pra la, mais seu negocio não é B Mansa deve ser alguém da cidade que deixou marcas profundas em vc e não consegue superar. Sai pra outra cara chifres em sua cidade é coisa normal, aceita que dói menos.

  14. Vem jabá ai.

  15. De funcionário público não vale.

  16. Será que ter caído da bicicleta deu juízo a esse prefeito? Ele bateu a cabeça, só pode ser! Ainda sem elogios….

  17. Rodrigo Drable em 14 meses fez mais que o Jonas em 4 anos.

    • Concordo com você. Infelizmente a população só consegue enxergar os defeitos, mas dentro das limitações de um estado falido ele tem apresentado boa vontade em melhorar a cidade..

Untitled Document