segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Rodrigo Furtado lembra Campanha da Fraternidade na Câmara Municipal

Rodrigo Furtado lembra Campanha da Fraternidade na Câmara Municipal

Matéria publicada em 19 de março de 2017, 19:37 horas

 


Furtado: ‘A cada ano a Campanha destaca uma situação da realidade social que precisa ser repensada e mudada’

Furtado: ‘A cada ano a Campanha destaca uma situação da realidade social que precisa ser repensada e mudada’

Volta Redonda – A Campanha da Fraternidade 2017 foi lembrada no plenário da Câmara Municipal esta semana, através da apresentação de uma Moção de Aplausos e Contratulações, de autoria do vereador Rodrigo Furtado (PTC), e destinada à Diocese Barra do Piraí-Volta Redonda. O vereador lembrou que a ação acontece no Brasil há mais de 50 anos e, atualmente, ocorre de maneira ecumênica, contando com outras denominações, além da Igreja Católica. Com o tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e a defesa da vida”, Rodrigo afirmou que o objetivo desta edição é dar ênfase à diversidade de cada bioma, fazer com que as pessoas promovam relações com o meio ambiente e com a cultura dos povos que vivem nesses biomas.

– A cada ano a Campanha destaca uma situação da realidade social que precisa ser repensada e mudada. Discutir sobre o meio ambiente é extrememante importante e perceber que outras denominações também se engajam nesta ação é fundamental para que o nosso maior objetivo seja lutar pelo bem comum e pela preservação do local onde vivemos – alertou.

O vereador ainda disse que a Campanha da Fraternidade vem mostrando e denunciando realidades difíceis de nosso país, ensejando das autoridades maior atenção e resolução de problemas que afetam a população.

– Contextualizando o tema com a nossa realidade, podemos citar a Mata Atlântica, que é uma das mais importantes florestas do país. Mesmo sendo berço de milhares de espécies de seres vivos foi a mais devastada entre os biomas, restando apenas 12% da sua área original. Esse bioma é nosso. É também nossa responsabilidade parar e pensar no que queremos deixar como herança. Devemos nos atentar para o fato de que a degradação afeta a todos, além de ser um fator que colabora para  mudanças significativas de nosso clima – frisou.

Outro ponto que merece atenção, segundo Rodrigo, é que entre as ações propostas por esta edição estão o aprofundamento de estudos e debates nas escolas públicas e privadas sobre o tema abordado.

– O fortalecimento das conversas sobre este assunto, em todos os níveis,  é uma forma para provocar uma nova consciência e novas práticas que busquem defender e preservar o meio ambiente. Levar esse debate para a escola é uma excelente maneira para informar nossos jovens sobre a realidade dos nossos biomas e sobre o que pode ser feito para cuidar do espaço que vivemos e criar novas possibilidades de conservação – concluiu.

5 comentários

  1. Muito bem vereador, continue trabalhando. Ajuda o Prefeito também, pois existem alguns ai na Câmara, que estão afim de derruba-lo. Isso não é bom para o Município. Agora que o Samuca foi eleito, o Poder Legislativo Municipal, tem que ajudar, somar e não dividir. Primeiro a nossa cidade, depois em segundo plano as PICUINHAS.Até a imprensa escrita e falada de VR quer derrubar o cara.

  2. ESSA FOTO JÁ DEU MUDA VEREADORRRRRRRRR

  3. Isto que e um verdadeiro representante do povo. Sempre ao seu lado. Parabens. Futuro Chefe do executivo de Volta Redonda. Vc e comprometido com o povo. Vereador nota Dez.

  4. Fui a missa na Igreja Santa Cecília e tive a oportunidade de entregar as Moções de Congratulação e Aplausos para o Bispo Dom Francisco Biasin e para o Padre Vanderlei que assumiu a paróquia. Foi lida uma mensagem de reflexão feita pelo Bispo sobre a conscientização e responsabilidade da população em preservar o meio ambiente para o futuro do planeta.

    • Parabéns Vereador, está fazendo um ótimo trabalho em tão pouco tempo. Isso se chama vontade política e filling. A política está no seu sangue. Temos um monte de vereadores aí que só se elegem e reelegem comprando votos pois não entendem e não querem ter trabalho com a política!

Untitled Document