sábado, 27 de maio de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Samuca quer atividades culturais e esportivas como forma de prevenção da criminalidade

Samuca quer atividades culturais e esportivas como forma de prevenção da criminalidade

Matéria publicada em 11 de janeiro de 2017, 20:57 horas

 


Solução: Samuca disse que prevenção, utilizando o esporte a cultura, é o melhor caminho para evitar o aumento da criminalidade (Foto: Gabriel Borges/ Divulgação PMVR)

Solução: Samuca disse que prevenção, utilizando o esporte a cultura, é o melhor caminho para evitar o aumento da criminalidade (Foto: Gabriel Borges/ Divulgação PMVR)

Volta Redonda – O prefeito Samuca Silva (PV) participou na tarde desta quarta-feira (11) de uma reunião do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Volta Redonda, que aconteceu no 28º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Voldac. O encontro reuniu representantes de associações de moradores de 12 bairros e das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal. Na ocasião, Samuca afirmou que a prevenção é o melhor caminho para evitar o aumento da criminalidade. Pensando nisso, ele quer levar aos bairros atividades culturais, esportivas e de lazer.

– Temos que ocupar a mente dos nossos jovens para que eles não se envolvam no mundo da criminalidade e dediquem o seu tempo em atividades saudáveis. Esse é o melhor caminho – disse o prefeito, que foi acompanhado pelo vice-prefeito Maycon Abrantes, também secretário municipal de Ação Social; da secretária municipal de Educação, Rita Cássia Oliveira de Andrade; e da secretária da Mulher, Deyse Penna.

O comandante do 28º BPM, tenente-coronel Damião Luiz Portella, relatou os problemas estruturais do batalhão de Volta Redonda.

– Não é fácil para ninguém trabalhar com dois meses de salários atrasados. O diferencial do nosso batalhão é que os polícias e seus familiares são moradores da cidade e têm o compromisso ainda maior com a segurança de Volta Redonda. Hoje, a segurança pública não é feita só pela PM. Precisamos dos órgãos públicos e, principalmente da sociedade – afirmou o comandante.

Outro que falou sobre os problemas estruturais os quais vem enfrentando foi o delegado adjunto da 93º DP, Marcelo Russo. Segundo ele, na década de 90, a delegacia de Volta Redonda havia em torno de 90 policiais e, atualmente, esse número não chega a 40.

– A Civil é uma polícia de investigação e precisamos de dois fatores: inteligência e informação para elucidarmos mais rapidamente os crimes da nossa cidade, e a falta de efetivo atrapalha – afirmou o delegado adjunto.

45 comentários

  1. Quer prevenir criminalidade? Então pague as empresas que fizeram obras para a prefeitura e estão sem receber. O Samuca anunciou que vai ficar 4 meses sem pagar. As empresas estão indo à falência. A mão de obra é composta de pessoas de baixa escolaridade e terão muita dificuldade para conseguir outro emprego. O resultado é que muitos irão cair na tentação da marginalidade.
    E o pior é que muitos desses votaram no Samuca e estão ganhando esse presente de grego

  2. O que tira crianças e adolescentes das drogas é uma escola inclusiva, é fazer ascenção social através dos estudos.
    Para começar deveriam acabar com curso de formação geral em escola pública.
    Deveria ter só cursos técnicos, aí sairia com um profissão.
    E se quisesse fazer uma faculdade teria como custear através de seu próprio salário.
    Formação geral não serve para nada.

  3. Com o povo, honestidade e competência.

  4. fala serio. isso nunca diminui nadaaaaaaa. A unica coisa que deu uma melhorada em Volta Redonda foi o trabalho do Delegado Antonio Furtadoo. Não adiantaaa ,o que chama atencao das crianca é o poder que um bandido tem,a quantidade de mulheres que ele tem ,a roupas que ele, ou sejaa .tem eliminar a bandidagem fazer um patrulhamento bem feito.Isso quando a policia militar nao estiver envolvida no esquema ne ,é aondi quebra qualquer projeto.

  5. PLATÃO, O FILÓSOFO

    Sou professor, vai aqui uma sugestão. Quantos bairros têm VR? Cria-se um núcleo em cada bairro da cidade, mas por favor, imploro até, que se aproveite a liderança jovem dos bairros; vejam, as idéias podem vir de cada bairro, de cada núcleo e a partir da opinião dos jovens; que não venha de cima esse projeto, por favor, mas que venha dos próprios jovens. Sou roteirista de cinema, sempre quis dar oficina de cinema, roteiro para esses jovens, mas nunca tive oportunidade. Os talentos existem. Faltam apoio a iniciativas. Os tempos, graças a Deus, são outros.

  6. E O FAPS????? Nós servidores públicos queremos saber do FAPS….. O NETO SUCATEOU E agora estamos sem atendimento hospitalar. O hinja já não aceita mais atender pelo FAPS. O hospital São Camilo também não. Precisei de um exame ecodoppler e tive que pagar do meu bolso mesmo sem dinheiro. Um absurdo. Samuca, agora é papo reto…Reative o FAPS….

  7. O comentário do Adauto Mendes éh perfeito. Só precisa efetivamente alinhar a SMEL com a LDVR e associações de moradores. A tal da Rose secretária de esportes era uma comédia!!

  8. A FBG tinha um programa de escolas de esporte com diferente snucleos em VR, espero que tenha continuidade, era muito bom

  9. Povinho medíocre…. vive reclamando da falta de oportunidade para o jovem, que falta esporte,lazer, cultura, etc. e quando vem um fazer todos reclamam kkkkkk PQP, esse povinho de VR tem mais que se ferrar mesmo.

  10. Além de prevenir, seria bom, investir na recuperação de drogados, pois muitos querem se livrar das drogas, mas não tem condições para isto. As clínicas existentes são poucas, algumas não tem credibilidade, outras são caras. O vício é fator que está diretamente ligado à violência, e a saúde de nossa sociedade, e um dos principais motivos de evasão escolar.
    Para tornar economicamente viável, poderia se fazer um consórcio regional para construção de clínicas ou equipar os hospitais existentes, visando o combate às drogas.

  11. Boa tarde eu como presidente de associação de moradores do Monte Castelo estive na reuniaofalei sobre a concordo em tudo que foi falado o prefeito Samuca esta de parabéns e é isso mesmo temos que investir em projetos sociais nas comunidades ocupar o tempo de nossas crianças e jovens e lhes dar instrução.
    Estou contigo e conto com nova administração da prefeitura para construirmos uma cidade um bairro melhor.

  12. Moro em VR há quase 08 anos. Quando aqui cheguei fiquei encantada com o projeto cultural que ocorria semanalmente no Cine 09 de Abril, com show de diversos artistas famosos em troca de uma caixa de leite como pagamento do ingresso. Infelizmente acabou. Também tinha o teatro itinerante, que eu adorava.
    Gostaria da reativação destes projetos.

    • O projeto se chamava Cultura para Todos. Foi uma trajédia. Se limitava em shows de artistas “consagrados” de fora que sufocava a produção cultural local. Gastou-se muito com entretenimento com a alcunha de cultura e de forma triste não deixou nenhum legado cultural permanente para a cidade. Teria sido muito melhor se o recurso tivesse sido usado na implantação de um museu histórico que pode perfeitamente funcionar no Centro de Puericultura.

  13. É na contratação de shows desses artistas ridículos de hoje em dia que os políticos roubam, porque não há licitação para esse tipo de evento. Realizar shows medíocres para o povo não é cultura. Cultura seria uma boa escola de música e artes municipal, com instrumentos próprios emprestados para alunos que não tem condição de comprar um. Samuca, faz uma pesquisa sobre como é a administração da Escola de Música de Brasília, e vc terá noção do que é levar cultura para os jovens.

    • Tem pai que é cego!!!

      Você iria gostar de conhecer o projeto cidade da música. Fica bem mais perto e é muito melhor que o de Brasília. Fica em Volta Redonda, a sede na Vila Mury e os artistas espalhados pelas escolas municipais. Mais de 3000 crianças participam desse projeto. Além de conhecer você deveria participar e incentivar.

  14. Esporte e cultura fazem muito bem para formação de qualquer um, mas esses dois itens desacompanhados da educação de qualidade ao alcance de todos, (do nível básico ao superior, passando pela formação profissional técnica) e, claro, oferta de emprego (principalmente os de mais qualificação), não resolver a questão sozinhos. Dar condições (formação) a todos para chegar em condição de igualdade ao mercado de trabalho é essencial, e fazer o país crescer e gerar emprego, claro. É só checar os países (e cidades) com altos índices de desenvolvimento (IDH): A criminalidade em geral está lá embaixo, homicídios são raros.

  15. Candidato papo-reto, prefeito blá blá blá

  16. Com a palavra, o Dória de VR! Mt barulho, pouca ação objetiva!!!!

  17. Samuca
    Não entendi está reunião!!!Parece me que a reunião não atingiu os objetivos.Da educação e cultura virou um palco para Comandante contar os problemas que passam nossa segurança pública!!
    A ideia era de promover o Prefeito perdido e ficou chato o contexto.
    Faça uma reunião apenas com cultura e educação e outra de segurança pública.
    Qualquer dúvida converse com o Neto.Ele vai te orientar!!!

    • Que piada engraçada… não consigo parar de rir… rs

    • Sandra Wilson jensen

      Se Vc não conhece o contexto da reunião e não participou das outras que se deu anteriormente não pode jogar pedras, está reunião se deu com os representantes dos bairros de V. R para falarmos sobre o carnaval e o contexto era segurança pública, um governo não se faz de cima para baixo, mas de baixo para cima, fica aqui a dica da renovação. Foi respeitadas as opiniões dos representantes dos bairros e poderes públicos e assim que se faz uma sociedade que quer acertar, todos juntos, fica a dica.

  18. Em Volta Redonda, temos vários grupos de Ciclismo Bike Adventure – VR Pedal – Rota 653 – Pedal dos Amigos – Galera do Pedal – Pedal VR – Caçadores de Cachoeira – Tão Tão Distante – Bike Flor, grupos de SPeed Bike de Estrada e MTB Bike todo Terreno, sempre fazemos passeios, nunca tivemos apoio, realizamos estes eventos por amor ao esporte, realizamos passeios noturnos coma até 80 participantes e aos fins de semana passeios mais longos, e cada vez mais tem pessoas iniciando na bike pois esporte é saude. E ainda não esquecendo da EBA Escola Bike Anjo que ensina a todos que estão dispostos a aprender andar de bike e não sabem, não há idade – Nos ultimos domingo do mês na praça Brasil das 09;00 às 12:00. Também nós cidadãos nã podemos ficar esperando que o Poder Público resolva tudo por nós. “Vem vamos embora que esperar não é saber Quem sabe faz a hora não espera acontecer. Vamos realizar passeios ciclisticos nas comunidade, Bike Terapia.

    • O Samuca disse na campanha que a bicicleta fazia parte do DNA do Partido Verde. Vamos aguardar alguns meses para saber qual é o projeto cicloviário e se a PMVR irá apoiar as iniciativas dos grupos de ciclistas e saberemos se ele é um homem de palavra e merece alguma credibilidade.

    • Zebra.. alguns meses??? Aguardamos 20 anos para o Neto e para um novo você quer esperar somente alguns meses para julgar???

    • Tem também o VRX – Speedeiros – Amigos do Pedal – Faca na Catraca o PinPedal, são tantos que as vezes a memória falha.

  19. Essa prática de atividades cullturais e esportivas é de suma importância para a população, pois de fato ocupa a cabeça de jovens e pessoas em geral com outras coisas que não sejam drogas, por exemplo. E também porque mantém as pessoas saudáveis, o que diminui muito o custo da saúde pública. O que Volta Redonda está discutindo a partir da entrada do Samuca na prefeitura é sem dúvidas o modelo de sucesso que vigora em Barra Mansa. Aliás, Barra Mansa é um modelo a ser seguido por demais cidades com relação a prática de atividades cullturais e esportivas que funcionam totalmente integradas e em alta escala nos bairros. Eu sugiro que se algum secretário da prefeitura de V.Redonda ler meu comentário, que sugira ao Samuca que alguém de sua equipe venha ver de perto o funcionamento deste modelo de sucesso barramansensse, pois as pessoas a frente desse trabalho magnífico teriam enorme prazer em ensinar e instruir quem quer que fosse de nossa cidade vizinha. fica a dica.

  20. Uma sugestão ao prefeito: abra as escolas nos finais de semana… Promova eventos culturais em pareceria com a Cultura. As escolas, por exemplo, podem ser ótimo palco para novas bandas, grupos teatrais. A comunidade precisa de cultura e os que trabalham com cultura precisam de público. Precisam atuar para melhorarem como artistas. Procure parceiros privados que forneçam lanches, pipocas coisas simples mas que unem as pessoas. Exiba filmes de domínio público… Faça uma parceria com os donos de cinema de VR. Leve o cinema para aqueles que não podem pagar…. Sempre há uma saída basta ter vontade! Apenas a Educação e a Cultura vão melhorar nossa cidade e nosso país!

  21. Volta Redonda possui uma grande quantidade de Quadras poliesportivas e ginásios. Porém esses espaços são mal aproveitados. Não há trabalhos de orientação e formação esportiva por profissionais habilitados da SMEL nestas quadras e ginásios. Faltam também competições em nível municipal de basquete, handebol, futsal, Volei, futebol…Tudo isto porque falta um trabalho integrado envolvendo a SMEL, Associação de Moradores e LDVR. A LDVR possui árbitros, e profissionais capacitados a estruturar competições, mas falta uma parceria com a SMEL para fazer funcionar. É simples. Basta te vontade de fazer e promover a parceria entre LDVR e SMEL que tenhamos a utilização positiva de nossos centros esportivos.

  22. Samuca toda escola tem que ser integral. Isso deveria ser obsessão do seu governo. Não importa a série. Lugar de criança e adolecente é na escola estudando e fazendo atividade esportiva. Não adianta fechar rua e deixar a molecada brincando nos braços dos marginais.

  23. Nunca esqueci da rivalidades q tínhamos no bairro volta grande 3, rivalidade de campeonato de handebol feminino e futebol masculino era muito bom aqueles campeonatos. Era quando a PMVR tinha parceria com a FOA e os estagiários de Educação Física nos ensinavam esportes e depois tinha os torneios entre as ruas. Agora hj em dia as rivalidades é tirando a vida uns dos outros, consumindo drogas nas praças, triste isso.

  24. O que evita criminalidade é educação de qualidade. Escolas em perfeito funcionamento e professores bem pagos. Esporte e cultura são consequências de uma boa educação. A dificuldade maior para o político é que educação gera um cidadão crítico, então fica mais fácil investir no circo. Tinha esperanças de mudança, pelo visto vai continuar a mesma coisa.

    • Quem acha que cultura é circo, não entende o conceito. Cultura é fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade, e não consequência de uma boa educação. Cultura e educação são na verdade, binômio.

  25. Esquece isso… bull cheat!

  26. é isso ai samuca!

  27. CADÊ O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA
    COHAB?

  28. Parabéns pela iniciativa, prefeito!

    Finalmente Volta Redonda parece ter achado um prefeito de verdade. Como arte-educador, concordo em gênero, número e grau com o Samuca. Nestes primeiros dias de governo está me surpreendendo. É isso daí mesmo, tem de tratar as causas e não as consequências. Sempre fizeram o mesmo, trataram estes problemas da mesma forma, por isso NUNCA os solucionaram. Um povo sem lazer, cultura e principalmente educação é um prato cheio pro crescimento da violência e da criminalidade. MENTE VAZIA É OFICINA DO DIABO. Parabéns, Samuca!

  29. Invista nos jovens.Porque esse negócio de excursão para idoso não faz sentido.
    Invista em professores dando aulas nessas quadras cobertas.
    Aulas de atividades exportivas…

  30. Mais uma do prefeito playboy samuca:
    Ta mandando pai de famiilia embora alegando corte de despesas. Mas os altos salarios continuam. E mais… tirou uma pessoa extremamente competende do cais aterrado, para colocar a afilhada de casamemto que tem formação em educacao física pra comandar uma unidade de saúde daquele porte.

    • Extremamente competente???? Tu perdeu a teta e agora tá chorando….. pede um empreguinho na usina de asfalto do sogro do cara então e para de mimimi

  31. Esporte e cultura são muito importantes, porém o que é urgente em Volta Redonda é criação de empregos e diminuição de impostos. Acho que devia fazer reunião sobre isso.

Untitled Document