sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Secretária de Educação nega haver ideologia de gênero nas escolas

Secretária de Educação nega haver ideologia de gênero nas escolas

Matéria publicada em 5 de dezembro de 2017, 23:21 horas

 


Declaração foi dada durante audiência pública realizada na Câmara Municipal de Volta Redonda

Galerias: Maior parte do público era contra ideologia de gênero nas escolas (Foto: Paulo Dimas)

Galerias: Maior parte do público era contra ideologia de gênero nas escolas
(Foto: Paulo Dimas)

Volta Redonda – Durante audiência pública promovida nesta terça (05), na Câmara Municipal de Volta Redonda, para discutir a suposta inclusão de conteúdos relacionados à chamada ideologia de gênero no currículo das escolas municipais, a secretária municipal de Educação, Ruth Andrade, negou que o assunto esteja sendo trabalhado no currículo das escolas municipais. Segundo ela, o que ocorreu foi uma capacitação, dirigida a diretores, para que não haja desrespeito a crianças por causa de sua orientação sexual.

— Não estamos trabalhando a ideologia de gênero; estamos defendendo os alunos do preconceito e da violência – disse ela.

O vereador Laydson Cruz (PMDB) reforçou os argumentos da secretária ao afirmar que esteve em 23 escolas municipais durante o ano e não identificou nenhum sinal de implantação da ideologia de gênero ou de construção de banheiros unissex, como chegou a ser mencionado em redes sociais.

No entanto, o vereador Washington Uchôa (PRB), disse ter sido procurado por diversos pais, que se diziam preocupados com a suposta exibição de vídeos relativos ao assunto nas escolas onde seus filhos estudam.

Paulo Conrado afirma que lei está em vigor

O vereador Paulo Conrado (PRTB), autor da lei que proíbe a inclusão de temas relacionados à ideologia de gênero no currículo das escolas municipais, disse que, embora haja uma decisão contra a constitucionalidade de seu projeto, o processo ainda está em andamento e não há decisão de instância definitiva sobre o caso:

— A lei votada e aprovada por esta casa está em vigor e vamos lutar ara que continue assim — disse Conrado.

Secretaria defende direitos humanos

A secretária municipal de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos, Dayse Penna, afirmou que o Poder Executivo cumpre as leis em vigor e que a secretaria que está sob seu comando está aberta para atender a todos os que sintam que seus direitos estão sendo violados.

Advogada diz que assunto virou ferramenta ideológica

A advogada Cristine Tonietto afirmou que a questão de gênero acabou se tornando uma ferramenta político-ideológica. Segundo ela, o sexo é biológico, não social. Além disso, ela citou os argumentos jurídicos que embasam, na sua visão, a proibição dos conteúdos relacionados a estudos de gênero nas escolas.

— A  Constituição Federal afirma que o Estado não tem o direito de interferir o poder familiar de educar os filhos — disse.

Professor afirma que alunos LGBT sofrem com evasão escolar

O professor Vinicius de Oliveira, que representou o Sepe na audiência pública, afirmou que a inclusão dos estudos de gênero nas escolas é necessária porque, segundo ele, 71% das crianças que deixam a escola fazem parte do grupo LGBT.

— O dever do estado é garantir o acesso e permanência na escola a todos, por isso, se uma criança é alijada, o estado está falhando — disse.

Ativista afirma que questão não é preconceito, mas material didático

A ativista Sara Winter afirmou que o foco da audiência pública era o material didático, “não os dramas dos LGBT”. Ela ainda afirmou que nenhuma das pessoas contrárias á inclusão da ideologia de gênero nas escolas defende a violência contra esse público:

— Todos condenamos a violência contra os LGBT e queremos que todos sejam tratados com igualdade. Mas não aceitamos que a ideologia de gênero nos seja empurrada goela baixo nas escolas — disse.

40 comentários

  1. A bancada evangélica composta por Cunha, Albertassi, Malafaia, Antony Garotinho, Rosinha… sempre nos protegeu defendendo a família brasileira e os bons costumes.
    O bolsotonto (candidato dos conservadores e dos militares) mal deve saber que existe homossexuais nas forças armadas e que até os cônjuges deles recebem benefícios previdenciários.

  2. As crianças passam apenas 4 horas e 30 min por dia na sala de aula.
    Se algum dia forem ouvir a palavra homossexual durante uma classe será por apenas um debate de uns 20 minutos isso no universo de 200 dias letivos.
    Esses conservadores não consideram que as crianças passam 8 horas em casa. Os pais não tem o mínimo controle sobre o conteúdo do que eles assistitem na TV ou na internet.
    Sou a favor da discussão da ideologia de gênero nas escolas.
    Temos inclusive milhares de casais de homossexuais no Brasil que adotaram crianças e dão muito mais carinho do que qualquer conservador boçal ou de eleitores “religiosos” que são massa de manobra de políticos ligados a igrejas.

  3. Vejam o que disse antes das eleições! Acertei mais uma. kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Aprendam comigo a votar e não errem mais.

    ———————————————————————————————————-
    “VAI VENDO
    25 de outubro de 2016 em 22:05

    Evangélico e católicos não estão a favor das Drogas, Marcha dos Gays e Ideologia do Gênero (casamentos entre iguais).

    Assim como o candidato verde que precisa madurar mente sobre o seu currículo assim os eleitores dele aprenderam a tbm mentir dizendo que são religiosos.

    Por isso que eu voto BALTAZAR 10, aquele que criará a Secretaria da Família e não é de partido que apoia as drogas.

    Voto em BALTAZAR 10 tbm porque não quero em VR a Marcha para para liberação da Maconha, não quero a maior Parada Gay do Sul Fluminense e não quero a doutrinação nas escolas com nossas crianças.”

  4. …esses evangélicos estão destruindo o congresso e por consequência o Brasil, gente que se aproveita da ignorância e da mais absoluta carência do povo que não enxerga um palmo a frente do nariz, infelizmente abandonados.

    • Pelo visto não conhece os evangélicos e nem o que é ideologia de gênero. Pessoas que pensam como você é que enfiaram esse país no esgoto que se encontra.

    • Amigo Anderson, eu estava presente na votação, e metade das pessoas que estava lá nao eram evangelicos, haviam catolicos entre outras religioes e pessoas que tbm nao tinham religioes, quem estava em maioria lá eram pais preocupados com o futuro de seus filhos…. antes de julgar procure saber!

  5. um bando de idiotas gritando por nada.com a ideologia de genero meu filho vai aprender a respeitar as opçoes das outras pessoas,isso nao vai trasforma lo em homossexual.porque esses desocupados nao gritam contra a falta de livros nas escolas ou contra a falta de medicos ou contra o salario absurdo desses vereadores sangue sugas que nao fazem nada pelo povo.esse paulo conrado vai passar todo o mandato falando desse assunto porque nao
    tem competencia para fazer um projeto que preste.

  6. Diário do Vale, Ruth Andrade não existe. Favor corrigir.

  7. Um bando de à toa vai na Câmara Municipal gritar contra ideologia de gênero.
    Ok.
    Mas duvido que gritem contra a falta de livros. Falta de professores. Falta de salário digno. Falta de condições nas escolas.

    Me poupem.

    Tanta coisa mais importante pra se discutir, do que ficar discutindo ideologia de gênero.

    Tem que falar de tudo na escola sim, senão criam-se monstros como esse papa mike que deve ser um frustrado. Porque para ser polícia qualquer um pode ser, quero ver ser médico, engenheiro, professor.

    Toma vergonha e respeite aos outros.

    O Estado deve respeitar e incentivar os direitos humanos. O resto é conversinha de Pastor pra boi dormir e rebanho aceitar.

  8. Sou um cristão envergonhado. Vejo uma igreja com valores judaicos que ignoram os ensinamentos de Cristo. Embora seja contrário ao ensino religioso ou sobre educação sobre diversidade sexual na escola pois a família tem que ter alguma obrigação o posicionamento de quem professa acreditar em Cristo ignora seus ensinamentos. Não vejo hoje cristão fiscalizando os recursos públicos, nem cuidando dos mais necessitados, órfãos ou viúvas. Mas vejo aceitar um conflito belicista sem nenhuma temperança. Leiam as escrituras com mais responsabilidade é dedicação

  9. Diante da quantidade de bicha véia que há em VR e arredores, chega-se a duas possibilidades:
    1) As famílias durante décadas falharam no seu papel de prover “os valores morais e orientação sexual” para seus filhos; ou
    2) Já havia “ideologia de gênero” nas escolas que essas tiozões enrustidos frequentaram quando crianças.

  10. a secretária municipal de Educação, Ruth Andrade, negou que o assunto esteja sendo trabalhado no currículo das escolas municipais

  11. Secretária: Rita de Cassia Oliveira de Andrade
    Chefe de Gabinete: Valéria Cristina de Azevedo Pires Lopes

  12. A Secretaria de educação de VR foi trocada ? Não tinha lido isto…

  13. Vamos ter na escola ideologia de estudar…
    Português, matemática, inglês, geografia, Ciências, etc.
    Religião não se discute e nem se empurra na escola. Há outros locais para isso.
    Da mesma maneira a escola não é lugar para discutir ideologia de gênero , há outros lugares para isso.

  14. Platão, o Filósofo

    O nosso problema ainda continua ser a (eterna) falta de Educação, isso em seu sentido amplo. Educação, Educação e Educação. Evolui, animal.

  15. Os pais são um bando de hipócritas que não dão o mínimo de educação em casa e tudo recai na escola.
    Não ensinam os filhos a respeitarem os professores e o patrimônio público. Os professores são xingados e humilhados e nada é feito.
    As crianças são erotizadas por músicas que os próprios pais escutam em casa.
    É muito melhor a escola trabalhar abertamente a ideologia de gênero para que ao menos no futuro tenhamos uma sociedade menos discriminadora e intolerante.
    A internet é muito mais rápida do que a escola e pode ter uma influência negativa.

  16. Na política eu tenho acertado 99% das vezes. Sabem por quê? Eu sempre busco a vida pregressa do candidato que pretendo votar. Um candidato DIFICILMENTE muda de posição depois de eleito – não se torna santo e muito menos ouve a população. O Samuca foi um deles, além dele ser na época do partido Verde, partido que é a favor da ideologia do Gênero nas escolas.

    Vejam o que já dizia antes das eleições: http://diariodovale.com.br/politica/samuca-silva-se-reune-com-liderancas-no-comite/

    Aprendam a votar comigo e não se iludam mais com a política.

  17. Se metade dessa galera da foto fosse em audiências realmente úteis e não somente guiados por boatos de rede social não teriamos uma passagem tão cara, teríamos mais recursos nas escolas, um plano diretor de verdade, entre outras coisas.

    Sempre que tiver um assunto realmente importante para cidade na câmara vamos citar ideologia de gênero para ver se essa galera aparece.

    • Infelizmente isso não é boato como você acredita. Queria que fosse. Eu mesmo tive acesso aos materiais. Infelizmente as pessoas não estão inteiradas aos fatos e desacreditam a verdade.

  18. Não a essa tal de ideologia de gênero.

  19. “O professor Vinicius de Oliveira, que representou o Sepe na audiência pública, afirmou que a inclusão dos estudos de gênero nas escolas é necessária porque, segundo ele, 71% das crianças que deixam a escola fazem parte do grupo LGBT.”

    Acho bonita essas estatísticas sem pé e sem cabeça ou melhor, totalmente ideológica. Acho que os amigos de profissão podem afirmar que o abandono se dá por outros motivos como gravidez precoce, envolvimento com drogas, dificuldade de acesso a escola devido a distância dentre outros. Esse novo falso dado me surpreende!

  20. Se vc ficou horrorizado, é porquê não tem filhos em escolas públicas ou desconhece a realidade. Essa intenção é fato, como a aluna de uma escola , no aterrado falou. Quero agradecer ao Vereador Conrado, por ter a coragem de enfrentar essa situação e nos representar nessa luta em defesa da família.

  21. Ainda bem que não temos mais o prefeito Neto defendendo essa ideologia defendida pelo PT, PSol, PCdoB, PDT e outros partidos de esquerda!
    Contudo, como votei no Samuca, exijo que ele se manifeste contra essa tola ideologia, não só ele, mas todos os outros vereadores que ainda não se manifestaram publicamente, pois não podemos considerar como totalmente inocente o silêncio que propositadamente leva à omissão ou desprezo de alguns dos princípios da doutrina cristã, já que todos os princípios vêm do mesmo Autor e Mestre, ‘o Filho unigênito que está no seio do Pai'(Jo 1,18)…

  22. MAURICIO J M TEIXEIRA

    Fui nesta audiência e fiquei horrorizado com o que vi, não tem como este país funcionar bem com o material humano que temos. As pessoas não se percebem como massa de manobra de políticas demagógicas, porque é demagógico a criação de demônios já que não há (desafio a leitura) na BNCC (Base nacional curricular comum) nada que ao menos se aproxime da implantação de “ideologia de gênero”, uma falácia que vem sendo utilizada para inflar reacionários e para que pólíticos inescrupulosos se aproveitem da situação na defesa da família, da moral e dos costumes. Preferiria que se fosse discutida a gestão e lliberação de mais verba para as escolas, que elas certamente necessitam. Precisamos nos cuidar, que o fascismo está contaminando as pessoas.

    • Meu caro! O que é FACISMO?

    • Escola não precisa de mais verba não. O que Têm é suficiente se for bem direcionada. O que destrói é a má gestão publica.

    • Concordo, é humanamente impossível…

    • E falta gestão pública porque os eleitores insistem em dar o voto para qualquer candidato.

      Médico, professor, dentista, advogado, empresário, administrador de empresa, contador (PMVR), economista, veterinário (na secretaria de saúde), militar (CMVR), assistente social, operador de raio X, guarda e por aí vai.

      Reconheçamos que eles podem ser excelentes profissionais em suas áreas de atuação, mas o que eles CONHECEM de Administração Pública e ENTENDEM de Gestão Pública?

      Uma vez eles eleitos só pode acontecer tragédias, concorda comigo?

      Precisa lembrar dos indicados ocupantes dos cargos públicos desta audiência pública?

    • Revelacao da Verdade

      E ai meu caro, o que significa FACISMO?
      Ultimamente certos grupos quando suas ideias sao contrariadas, eles chamam de facista que contrariou.
      Ne explica ai o que é facismo!

  23. NÃO A IDEOLOGIA DE GÊNERO!!!

  24. A sara falou “Mas não aceitamos que a ideologia de gênero nos seja empurrada goela baixo nas escolas “, referindo-se a fala do professor Vinicius que falou querendo ou não vamos ter que engolir.
    Sara e Cristine vcs foram ótimas meus parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document