domingo, 24 de junho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Samuca discursa na sessão de instalação do ano legislativo na Câmara de Volta Redonda

Samuca discursa na sessão de instalação do ano legislativo na Câmara de Volta Redonda

Matéria publicada em 19 de fevereiro de 2018, 22:10 horas

 


Prefeito destacou a importância dos poderes Legislativo e Executivo trabalhem juntos em prol da população de Volta Redonda

Retomada: Vereadores escolheram integrantes de comissões na primeira sessão ordinária do ano (Foto: Paulo Dimas)

Retomada: Vereadores escolheram integrantes de comissões na primeira sessão ordinária do ano
(Foto: Paulo Dimas)

Volta Redonda – O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (Podemos), participou na tarde desta segunda-feira, dia 19, da sessão de instalação do ano legislativo de 2018 da Câmara de Vereadores. Ainda estiveram presentes o vice-prefeito, Maycon Abrantes (PV), e diversos secretários e presidentes de autarquias. O objetivo foi demonstrar respeito ao Legislativo e destacar a importância da harmonia entre os poderes.

Em seu discurso, Samuca destacou a importância dos poderes Legislativo e Executivo trabalhem juntos em prol da população de Volta Redonda.

— O Executivo estará sempre aberto ao diálogo e a manter o relacionamento respeitoso com esta Casa. Os poderes independentes têm que ser harmônicos, com diálogo que beneficiam principalmente as pessoas que mais carecem das nossas políticas — destacou o prefeito.

Samuca ressaltou que durante 2017 recebeu dos vereadores mais de 2,5 mil indicações de melhorias para a cidade. Além de 225 requerimentos de informação, que foram respondidos em sua totalidade. O prefeito também destacou que, com a autorização legislativa, foi possível a prefeitura lançar o Refis e o programa de parcelamento de dívidas, que fez com que a cidade saísse do Cauc (espécie de SPC/Serasa dos municípios).

O prefeito ainda foi além e sublinhou diversos avanços do governo municipal durante 2017: inauguração do COC Santa Cruz, mutirão da saúde; inauguração do Hospital do Idoso e compra do Hospital Santa Margarida; retorno do diálogo com a CSN; testes do Tarifa Comercial Zero; início da implantação do Plano de Cargos Carreiras e Salários; a implantação da Rua de Compras – modelo para todo o estado -; e a abertura, após mais de 20 anos, da Rodovia do Contorno; entre tantos outros projetos importantes para população.

— Volta Redonda será cada vez mais forte e respeitada no cenário estadual e até nacional. Vamos somar nossos esforços e vamos continuar encontrando soluções para o povo que espera sempre que os dois poderes caminhem lado a lado. Volta Redonda é grande e estamos fazendo dela a melhor cidade para se viver do estado do Rio — completou o prefeito.

Todos os 21 vereadores estiveram presentes à primeira sessão do legislativo. Diversos vereadores fizeram questão de discursar, agradecendo ao prefeito Samuca pela presença, assim como a dos demais secretários municipais.

O presidente da Câmara de Volta Redonda, Washington Granato, também salientou a importância de Executivo e Legislativo trabalharem juntos. “A presença do prefeito e de todo secretariado demonstra essa harmonia. Assim como sempre fizemos, vamos trabalhar juntos, Câmara e prefeitura, para atender todos os anseios da população”, disse o presidente.

 

Comissões

 

Depois da sessão de instalação do ano legislativo, realizada na tarde desta segunda (19), os vereadores de Volta Redonda  escolheram os integrantes das comissões permanentes da Casa.

A comissão de Constituição, Justiça e Redação será presidida pelo vereador Paulo Conrado (PRTB), com Rodrigo Furtado (PTC) como relator e Sidney Dinho (PEN) como membro.

A comissão de Finanças, Fiscalização, Tomada de Contas e Orçamento terá Edson Quinto (PR) como presidente, Fernando Martins (MDB) como relator e Nilton Alves de Faria, o Neném (PSB), como membro.

O presidente da comissão de Obras e Serviços Públicos será o vereador Carlinhos Santana (SD), com Tigrão (MDB) como relator e Vair Duré (PP) como membro.

O vereador Fernando Martins (MDB) será o presidente da comissão de Saúde, Educação e Assistência Social, com José Augusto de Miranda (PDT) como relator e Paulo Conrado (PRTB) como membro.

A comissão de Indústria, Comércio, Agricultura e Pecuária terá Luciano Mineirinho (PR) na presidência, Sidney Dinho (PEN) como relator e Jari (PSB) como membro.

Rodrigo Furtado vai ser o presidente da comissão de Defesa do Consumidor, tendo Washington Uchôa (PRB) como relator e Luciano Mineirinho como membro.

A comissão de Defesa do Meio Ambiente terá Vair Duré na presidência, com Carlinhos Santana como relator e Sidney Dinho como membro.

Laydson Cruz vai presidir a comissão de Cidadania e Direitos Humanos. A relatoria fica com Rosana Bergone (PRTB) e Vair Duré como membro.

A comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Necessidades Especiais e do Idoso será dirigida por Washington Uchoa, com Vair Duré como relator e Rodrigo Furtado como membro.

A única vereadora da atual legislatura, Rosana Bergone, vai dirigir a comissão dos Direitos da Mulher. O relator será Fábio Buchecha e Laydson Cruz será membro.

Fábio Buchecha vai presidir a comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente. O relator será Washington Uchoa e o membro, Laydson Cruz.

O vereador Jari será o presidente da comissão de Esporte e Lazer, com Maurício Pessoa (PSC) como membro e Rosana Bergone como membro.

Paulinho do Raio-X (MDB) vai presidir a comissão de Cultura, com Neném como relator José Augusto como membro.

A comissão de Defesa dos Direitos da Juventude será presidida por Maurício Pessoa. O relator será Rodrigo Furtado e o membro, Fernando Martins.

José Augusto vai presidir a comissão de Políticas Contra o Uso Indevido de Drogas. Laydson Cruz será relator e Fábio Buchecha, membro.

O policial militar reformado Sidney Dinho vai presidir a comissão de Segurança Pública e Defesa Civil, que terá o guarda municipal Isaac como relator e Edson Quinto como membro.

O vereador Francisco Novaes (PP) vai presidir a comissão de Fiscalização das Instituições que forem reconhecidas como de Utilidade Pública. Isaac será o relator e Edson Quinto, membro.

2 comentários

  1. VR está ferrada. Legislativo e executivo de mãos dadas, e ainda o executivo fala na CASA DO POVO. kkkk

    Não é à toa que não houve prestação de contas públicas do SUS e da PMVR em fevereiro e setembro de 2017.

    Eu tbm não acredito que haverá prestação de contas nos próximos dias de fevereiro quando vencerá mais uma audiência pública. Prestação de contas do SUS e da PMVR houve sim em maio de 2017 e só. E ainda foi dentro da CASA DO POVO quando NENHUM DOS 21 VEREADORES ESTAVAM PRESENTES num total desrespeito com a então secretária de saúde Marcia Cury e o secretário de planejamento Julio de Abreu.

    VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Administração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública. Eles não respeitam as leis e não prestam contas públicas.

    Sei não.

    Eu estou convicto que o Samuca terá vários e vários puxões de orelha do TCE com impropriedades e irregularidades. Estou convicto tbm que a dívida de VR dobrará o que o Neto deixou.

  2. É importante q se desfaça a lei q impede de juntar os anos de IPPTUs ajuizados em um único boleto…o povo merece poder pagar suas dívidas dentro de seu orçamento…não tem lógica eu fazer um parcelamento de 4, 5, 6, 7anos….em 4, 5, 6, 7 boletos… Por favor, revisem essa lei…contamos com vcs…excelente ano para todos!

Untitled Document