segunda-feira, 16 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Funcionários da CSN recebem dinheiro referente ao processo de radiação ionizante

Funcionários da CSN recebem dinheiro referente ao processo de radiação ionizante

Matéria publicada em 18 de dezembro de 2017, 09:33 horas

 


Volta Redonda – O Sindicato dos Metalúrgicos anunciou que os funcionários da CSN que fazem parte do processo da Radiação Ionizante receberam, juntos, mais de R$ 5,5 milhões, na semana passada. Foram beneficiados 112 trabalhadores, segundo o sindicato.

– Conseguimos mais essa vitória para os trabalhadores da CSN que eram expostos à radiação ionizante. E o que eu posso afirmar é que esse trabalho só pode ser feito com um departamento jurídico qualificado – disse Silvio Campos, presidente do sindicato.

Na opinião de Silvio, a conquista veio para fechar o ano de 2017 que, para muitos, não vai deixar muita saudade.

– Tivemos uma grave crise financeira e política que deixaram o ano pesado para a maioria dos brasileiros e, não podia ser diferente aqui na região. Além de termos que enfrentar essa reforma trabalhista do governo, que é extremamente prejudicial para os trabalhadores – disse Campos.

Na região, segundo o sindicato, o reflexo foi sentido em demissões, perda do poder de compra e com a alterações de direitos trabalhistas após a reforma trabalhista entrar em vigor. “Foi um ano puxado e de muito trabalho. O mercado parado, as empresas passando por dificuldades que refletem diretamente nos trabalhadores. Mas foi um ano que o sindicato teve pra mostrar que tem força e que está do lado dos trabalhadores”, disse o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Silvio Campos.

No entanto, de acordo com o sindicalista, algumas conquistas marcaram esse ano, como a redução da jornada dos trabalhadores da MAN, sem redução de salário, a manutenção da PLR para os trabalhadores ligados às empresas do Metalsul etc. “Conseguimos algumas conquistas importantes até quanto ao turno de oito horas da CSN. Sempre defendemos a manutenção das 6 horas de jornada, mas a empresa queria implantar o turno fixo, que é péssimo para o trabalhador. Com a anuência dos metalúrgicos, conseguimos chegar a uma proposta que os agradou, fora que conseguimos da empresa a garantia de manutenção dos postos de trabalho, pois a ameaça era de mais de mil demissões”, explicou Silvio.

No área jurídica, além do processo da radiação ionizante, os de PLR I e II já distribuíram mais de R$ 80 milhões para os trabalhadores da CSN e o sindicato fechou o ano com a vitória no processo da Hora de Refeição, que teve mais de 2.500 trabalhadores envolvidos e já distribuiu R$ 81.335.346,96.

Radiação Ionizante

As radiações ionizantes “são ondas eletromagnéticas ou partículas que se propagam com alta velocidade e portando energia, eventualmente carga elétrica e magnética, e que, ao interagirem podem produzir variados efeitos sobre a matéria. Elas são invisíveis, inodoras, inaudíveis, insípidas e indolores.
A radiação pode danificar células e afetar o material genético (DNA), causando doenças graves e que podem levar a morte. Efeito que mais é descrito nas literaturas é o câncer, não é o único, é apenas o mais diagnosticado e letal.

Em pequenas doses a radiação não interfere no organismo humano, em grandes doses pode até matar. Ela afeta as células, e também causar mutações genéticas em óvulos e espermatozoides, gestações e também o aparelho reprodutor e masculino e feminino.

19 comentários

  1. Trabalhador do Lingotamento

    Silvio nao da mais nao…vai dar conlutas na eleiçao sindical em março 2018

  2. Tem coisa melhor que CORNO FELIZ???? @TAMOJUNTO

  3. Que ótimo! A boiada vai encher a geladeira para nós!

  4. Bem feito trocaram 6 horas por 8 horas a troco de um prato de comida e ainda perderam a cesta de Natal.kkkkkkkkkk

  5. o processo da PLR ok já foi até arquivado já era entra no site do TRT que verá.

  6. —vergonha de cidade- se vc nunca trabalhou na csn – pois vc nunca foi injustiçado
    não fica falando asneira sem saber do que se passa, o trabalhador que la trabalha rala muito
    então não fala o que vc não sabe . por favor

  7. Quero ver o Acordo Coletivo, os empregados perderam 5% em 2016, pelo jeito o sindicato vai abrir mão igual fez com o turno de 6 horas.

  8. Fiz e faço turno na CSN desde 1999 até dias de hoje e quando vou ao sindicato saber sobre o meu processo, simplesmente não existe, pois o sindicato errou e não incluiu meu nome ao processo. O que tem a dizer sobre isso Sindicato dos Metalúrgicos????

  9. Só tem que tomar cuidado porque agora na nova lei se você processar alguém e perder, você que terá que indenizar o processado kkkk

  10. Também acho B uma O pena L mas S vai O fazer N o quê A né R quem O decide 2 são 0 as 1 pessoas 8 tá certo !

  11. PLR-2 ????
    Quem recebeu ???

  12. Quanto a PLR, o sindicato deveria intervir junto ao escritório de advocacia para que os direitos dos trabalhadres fosse pagos. Há quem espera por mais de 15 meses apos o nome ter saido no boletim do sindicato e, a mais de oito meses apos a entrega de todos os documentos soliticitados pelo escritorio dos advogados. E ainda não receberam seus valores que são de direito.

    • Meu nome é Zé Pequeno!

      Isso é verdade! Falaram que a empresa tinha perdido o processo e não havia mais recurso…
      Estou esperando até hoje o dinheiro mesmo tendo entregue todos os documentos solicitados.
      Quando morrer talvez a minha família receba pois nunca vi um mesmo processo ser dividido e uma parte ganhar e a outra estacionar anos na “Justiça”.
      Vai ver que deve ser a mesma que garantiu liberdade para uma famosa esposa enquanto outra meno$ afortunadas apodrecem na prisão.

  13. Povo gosta de trabalhar na CSN Só pra processar depois !

  14. Já a plr 1 processos que caíram na segunda vara…ninguém sabe, ninguém viu.

    • Verdade dida o tempo passando, a idade avançando e quem suou por decadas nesta empresa, continua na espera, SOU UM DOS ESPERANÇOSOS

Untitled Document