quinta-feira, 23 de março de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Ação coíbe venda de bebidas alcoólicas para menores em Barra Mansa

Ação coíbe venda de bebidas alcoólicas para menores em Barra Mansa

Matéria publicada em 16 de fevereiro de 2017, 21:54 horas

 


Campanha preventiva está sendo feita pela Fiscalização de Posturas em conjunto com a Coordenadoria de Políticas Públicas sobre Drogas

Ação preventiva: Campanha busca conscientizar proprietários de estabelecimentos comerciais sobre a proibição (Foto: Divulgação PMBM/Paulo Dimas)

Ação preventiva: Campanha busca conscientizar proprietários de estabelecimentos comerciais sobre a proibição (Foto: Divulgação PMBM/Paulo Dimas)

Barra Mansa – A Secretaria de Ordem Pública, através da Fiscalização de Posturas e do Compod (Coordenadoria de Políticas Públicas sobre Drogas), realizou na manhã desta quinta-feira (16), no entorno do Corredor Cultural, no Centro, uma ação conjunta preventiva para coibir a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos. A atividade contou com a colocação de cartazes alertando os proprietários dos estabelecimentos comerciais sobre a proibição.

De acordo com o coordenador do Compod, César Thomé, o objetivo da ação é fortalecer o conhecimento da Lei Estadual nº 6153, que dispõe sobre a proibição de venda, oferta, fornecimento, entrega e permissão de consumo de bebida alcoólica aos menores de 18 anos, no âmbito do estado do Rio de Janeiro.

– Estamos conscientizando os donos de estabelecimentos para que peçam documento de identificação, pois se for flagrada a venda para menores de 18 anos a multa é pesada e pode acarretar até em detenção de quem estiver comercializando – revelou, acrescentando que outras campanhas acontecerão durante o Carnaval.

– O Compod não é um órgão repressor, mas sim um órgão de prevenção. Vamos realizar outras ações durante o carnaval alertando os jovens sobre o malefício do consumo de bebidas alcoólicas e de drogas – completou.

O gerente de Posturas, Aliandre Martins, destacou a importância deste trabalho na localidade.

– Esta ação preventiva nas áreas onde acontecem os blocos de carnaval é muito importante, já que no final de semana passada apreendemos algumas bebidas alcoólicas com menores de 18 anos. Estamos colando panfletos explicativos e alertando os bares do entorno, para que nos próximos dias de festividades não haja novamente este tipo de problema – finalizou.

A campanha continua nesta sexta-feira (17), desta vez no bairro Ano Bom.

16 comentários

  1. Da uma passada postura sem vergonha no Nove de abril lá também pagamos impostos , lá tá uma desordem pra tudo , próximo ao bar do Alex vcs vão ver criaças bebendo, mesas espalhadas em calçadas , carros em cima de calçada e em frente a garagem dos moradores ….Não existe só o centro não. ….

  2. Morador do Vila Rica.

    ISSO PRECISA SER FEITO EM VR. FICA A DICA SAMUCA.

  3. Algumas sugestões para melhorar a nossa sociedade:

    1 – Fazer um controle de natalidade forçado,
    2 – A mulher que tiver filho não deverá trabalhar até o seu filho completar 10 anos,
    3 – Menor infrator deverá ir para a cadeia independente da idade,
    4 – Pena de morte para crimes hediondos incluindo corrupção,
    5 – Liberação da venda de armas para o cidadão;
    6 – Proibição do ensino de religião nas escolas; e
    7 – Restrição da venda de álcool para menores de 21 anos.

    • 1 – Concordo, porém acho que deveria ser adequado à renda do casal. Não dá pra casais que vivem de salário mínimo terem três ou quatro filhos.

      2 – Impossível isso ser aprovado, pois prejudicaria as empresas. Sem falar que abriria diversos precedentes no âmbito trabalhista.

      3 – Concordo, ao menos para crimes mais graves, como homicídios, tráfico, grandes roubos e estupros. Para crimes menores, poderia ter outras alternativas.

      4 – Concordo, até a parte que fala sobre a corrupção. Pois eu acho que corrupção é um crime grave e tem que ser severamente punido, mas acho que com morte é exagero. E outra, quem nunca fez algo desonesto na vida?

      5 – Estou um pouco dividido, mas concordo! Com a insegurança do mundo de hoje, infelizmente a gente precisa ter uma forma de se defender. Aliás, isso também faria com que certas pessoas pensassem duas vezes antes de brincar com os sentimentos de alguém.

      6 – Bem, na minha escola, nunca foi ensinado sobre religião! Não sei opinar…

      7 – Concordo, pois aos 18 anos o corpo humano ainda não está completamente desenvolvido, e o desenvolvimento pleno ocorre apenas aos 21 anos. Lembrando que, em alguns países da Europa e do Oriente Médio, é expressamente proibido o consumo de álcool antes dos 24 anos.

    • 1 – E se um casal pobre tiver uma filho a mais daquilo que é permitido? Vai permitir aborto? A polícia vai lá na casa dele para tomar a criança? Ou para matar? Ou que mais? Eu até sou favorável a controle de natalidade sim, mas isso gera muitas perguntas cujas respostas não são tão simples, pois mudam uma série de situações legais.

      2 – Observo nas empresas que após a licença maternidade as mulheres entregam suas crias como se pacotes de pão fossem para suas mães, sogras e creches cuidarem. Já vi crianças pequenas chamando suas vovós de “mãe”. Para uma mãe de verdade, ou seja, aquela que pariu, deve ser ruim ver seu filho chamando de mãe outra pessoa. No entanto, proibir a mulher de trabalhar até a criança completar 10 anos de idade é totalmente inaceitável e fora de contexto num país onde a desigualdade social é muito grande e, por isso, deve-se trabalhar muito para poder garantir o sustento e desenvolvimento das crianças.

      3 – Menor infrator deve ser penalizado, sim, por seus atos criminosos. Em alguns dos casos, menores cometem crimes piores e mais brutais que adultos. Para estes casos, toda medida enérgica deve ser tomada. Porém, cada caso deve ser analisado. Não é todo tipo de infração que deverá merecer a cadeia ou a punição tradicional. Há menores que ainda podem ser recuperados, com certeza. Se não acreditarmos nisso, aí estamos perdidos porque de certo o mundo já não terá mais salvação.

      4 – Concordo com pena de morte, sim. Só penso que por corrupção será muito difícil, porque a cultura nacional é de corrupção e até a própria justiça brasileira é corrupta. Aqui nesse país demora-se muito tempo para provar uma corrupção. De qualquer forma, já passou da hora de termos a pena de morte para crimes bárbaros nesse país.

      5 – Não concordo. Liberar venda de armas de forma geral só pioraria o atual estado de insegurança no país. Pessoas comuns se matam por nada por causas banais. Ao invés disso, minha proposta seria valorizar mais os agentes de segurança (polícia e etc…) de modo que se sentissem mais dispostos a pôr suas vidas em risco pelo cidadão.

      6 – A religião, tenha você ou não, leva para as pessoas uma mensagem de paz e esperança. Como matéria escolar, ela só é ensinada em escolas de cunho religioso. Na maioria das vezes, pais de crianças que estudam em colégios religiosos optaram por isso e concordam em que seus filhos sejam educados com acesso a uma determinada religião. Banir a religião de alguma destas escolas ou da sociedade só acrescentaria mais desespero nas pessoas. A vida ficando cada vez mais difícil e as pessoas sem poder ter esperança e a crença de que podem contar com algum apoio espiritual mesmo que eventual. Que triste seria, meu Deus, acreditar que além de mim, um simples pecador de carne e osso, não existiria mais nada nesse mundo. Vida sem perspectiva.

      7 – Concordo em restringir venda de bebidas para menores. Por outro lado, isso seria impossível de ser controlado por razões mais que óbvias.

    • Aqui tem um bando de loucos…

  4. Não compram ali levam de casa nos supermercados vendem tranquilo..
    Vendedores ambulantes tudo liberado

  5. Piadinha pra descontrair ne? kkkk. Os adolescentes fazem e compras oq quiserem .Essa ação aí é só pra inglês ver. conta outra piada essa não teve graça

  6. “Cata Preta” você é irmão ex vereador Lia Preto?

  7. Só agora?
    Vai lá no bairro Vale do Paraíba. Vendem bebidas até para crianças que vão comprar para seus pais….

  8. É pra rir??? Os menores não quer saber de bebidas gente acorda pra vida os menores gosta de roubar,assassinar usar craque, cocaína,maconha bebidas compra no mercado e eles bebem na rua essa política pública e fraca de mais…

    • é só ir nas bocas que compram PÓ!!!

      vão fiscalizar também?

    • Do Vale, você tocou num ponto que eu concordo: infelizmente ainda é muito fácil um menor de idade comprar bebidas alcóolicas. Em qualquer compra de bebidas alcóolicas deveria existir o controle por meio de identidade.

  9. Parabéns pela atuação.
    Passou da hora de colocarmos ordem no país.
    Bebida Alcoolica somente para acima dos 18 anos.
    Os pais tem que educar seus filhos e não criá-los.
    Começam no Alcool depois passam para as drogas.

    • Cara preta seu apelido tinha q ser cara de pau para escrever uma bobagem dessa vc está vendo muito desenho animado acorda pra vida seu tolo

    • Existe uma inversão de valores tão grande que o povo alienado diz que é bobagem até mesmo a verdade mais cristalina, só para ser “do contra”…

Untitled Document