quarta-feira, 26 de julho de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Alunos do Pré-Vestibular Cidadão participam de simulado do Enem

Alunos do Pré-Vestibular Cidadão participam de simulado do Enem

Matéria publicada em 15 de julho de 2017, 13:08 horas

 


Volta Redonda – Alunos do curso Pré-Vestibular Cidadão, realizado pelo MEP (Movimento pela Ética na Política), participam neste domingo (16) de um simulado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O objetivo é proporcionar aos alunos um treino emocional, além de testar os conhecimentos obtidos durante o curso. As provas, que começam às 13h, no Centro Social da Igreja Santo Antônio, na Voldac, foram confeccionadas em modelos e regras idênticas às aplicadas pelo Enem.

O simulado vem sendo aplicado desde 2007, quando foi firmada parceria com a PUC/Cesgranrio. Atualmente as provas são elaboradas pela equipe técnica do curso. A pedagoga do Pré-Vestibular Cidadão, Nelma Bernadete Vieira, que trabalha como voluntária no projeto, explicou que a equipe técnica pretende passar aos alunos uma vivência semelhante a do Enem, procurando com isto, estruturar emocionalmente os alunos.

– Temos um grupo de professores com ótimo padrão. A maioria tem mestrado ou doutorado e atua no dia a dia do curso como voluntários, pois entendem a importância desse trabalho social – ressaltou a pedagoga, que trabalha no Instituto Federal de Educação.

Outra professora voluntária do projeto é Abigail Gomes, que leciona Inglês. Ela também listou elogios à iniciativa e garantiu que a metodologia é ideal para treinar alunos, além de garantir à turma, uma avaliação do conteúdo aplicado. A professora acredita que a maioria dos alunos tem potencial para ingressar na universidade e curso escolhido. No entanto, ela ressaltou que muitos se perdem durante as provas por não conseguirem administrar, por exemplo, o tempo destinado a cada disciplina durante o exame.

Abigail possui mestrado em Ciência Social, pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, e está cursando doutorado em Literatura Brasileira, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. De posse de conhecimentos sobre aperfeiçoamento, a professora de Inglês, explica que as questões do Enem, relacionadas à matéria lecionada por ela, seguem um padrão de interpretação, onde o aluno precisa estar muito bem preparado para responder cada questão, ainda que seja apenas de múltipla escolha.

A aluna Shalana Samy, de 21 anos, que vai disputar vaga na faculdade de Medicina, disse que vai se dedicar ao máximo para obter bons resultados no exame. Ela antecipou, no entanto, que precisa ampliar o tempo de estudo. Atualmente, por trabalhar fora, ela destina apenas cinco horas diárias para o Enem, quando a maioria dos candidatos, acumula até 12 horas de estudos diários.

– Sei que estou em defasagem, e, por isso, me preparo para sair do trabalho e dedicar meu dia ao Enem, pois a disputa é grande, principalmente para o curso que escolhi – completou a aluna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document