terça-feira, 16 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Câmara aumenta pena para motorista alcoolizado que provocar acidente com morte

Câmara aumenta pena para motorista alcoolizado que provocar acidente com morte

Matéria publicada em 7 de dezembro de 2017, 10:47 horas

 


Brasília – A Câmara dos Deputados aprovou hoje (6) o aumento da pena para motoristas sob efeito de álcool ou drogas que provocar acidente com morte. Pelo texto, a punição para o crime será de reclusão de cinco a oito anos. O Projeto de Lei 5568/13, de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP), já passou pelo Senado e agora segue para sanção presidencial.

O texto original da Câmara, aprovado em setembro de 2015, estabelecia pena de detenção de dois a quatro anos. Com o prazo alterado pelo Senado, a matéria precisou retornar para votação pelos deputados. A atual penalidade administrativa de suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor continua valendo.

No plenário, os deputados rejeitaram duas alterações ao texto feitas pelo Senado, uma delas a que acabava com o limite máximo de álcool a partir do qual o condutor flagrado pode ser condenado a pena de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da carteira ou proibição de obtê-la. Atualmente, é prevista pena para o condutor flagrado dirigindo com concentração igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue ou igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar nos pulmões.

As novas regras entrarão em vigor após 120 dias da publicação da lei.

As informações são da Agência Brasil.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Eu adoro lê esse jornal, principalmente os comentários eu morro de ri.
    É incrível como tem pessoas analfabetas por aqui…

  2. Tinha que aprovar pena de morte…muita coisa em flagrante poderia custar a vida dos outros, principalmente coisas brutas como atropelamento bêbado e assassinatos a queima roupa de inocentes seja por qualquer motivo…veja que em países onde a pena de morte é legal o povo respeita mais e anda na linha…isso de só Deus poder tirar a vida é coisa de gente atrasada e bitolada…e eu aposto que se um vagabundo entrar nas casas dessas pessoas bitoladas e matarem a família toda deles, eles não vão perdoar não…pimenta no olho dos outros é refresco…Deus está no céu, nossas famílias estão na terra!!! Vagabundo bom é vagabundo morto!!

  3. País de picaretas e povo trouxa

    kkkk o mais importante este jornal não informou , pra variar né. Fizeram um dispositivo nessa lei que o juiz poderá decidir se emprega o uso de fiança ou apreensão de bens do envolvido no lugar de prisão, JÁ VI ESSE FILME ANTES…rico vai pra casa e pobre vai pra cadeia. QUEM VIVER VERÁ.

Untitled Document