quarta-feira, 19 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Quatro, dos 12 meninos presos em caverna na Tailândia, são resgatados

Quatro, dos 12 meninos presos em caverna na Tailândia, são resgatados

Matéria publicada em 8 de julho de 2018, 18:13 horas

 


Tailândia – Uma equipe internacional de socorristas retirou quatro dos garotos presos em um complexo de cavernas na Tailândia, de acordo com as autoridades. Eles foram levados para o hospital em Chiang Rai e estão em “perfeitas condições”, disse o coordenador da operação de resgate.
Em coletiva de imprensa, o líder da operação, Narongsak Osottanakorn confirmou que os quatro estão no hospital sendo examinados e que a equipe irá descansar. Segundo ele, será necessário 10 horas para preparar a próxima missão. A expectativa é que os trabalhos sejam retomados nesta segunda-feira (09), já que as equipes precisam repor os galões de ar comprimido e avaliar a nova fase da ação. Narongsak afirmou ainda que 90 mergulhadores estão envolvidos na operação de resgate – 40 tailandeses e 50 estrangeiros.
Em sua página de Facebook, a Marinha tailandesa, que vinha informando sobre a retirada dos garotos, postou: “Tenham bons sonhos esta noite”.

Como começou o resgate?
Na última semana, uma enorme operação de voluntários e da mídia se formou no local onde fica a entrada da caverna. Mas nas primeiras horas do domingo, os jornalistas foram realocados para um ponto mais afastado e aumentou o número de policiais na entrada, aumentando a especulação de que o resgate começaria.
Em seguida, Narongsak Osottanakorn confirmou que 13 mergulhadores haviam entrado na caverna para começar a trazer de volta os 12 meninos e seu técnico, de 25 anos. Além deles, outros socorristas estão na caverna a postos, incluindo mergulhadores de Tailândia, Estados Unidos, Austrália, China e Europa.
– Esse é o dia D. Os garotos estão prontos para enfrentar esse desafio – afirmou.
Narongsak disse ainda que todos os garotos foram examinados por um médico e estão “saudáveis fisicamente e mentalmente… Eles estão determinados e focados”.
Tanto o grupo quanto seus familiares concordaram que eles deveriam ser removidos do local assim que possível. Havia um forte clima de expectativa no acampamento onde se reúnem voluntários de todo o país e internacionais, familiares e jornalistas, segundo a repórter da BBC Helier Cheung.
Horas depois do início, ambulâncias foram vistas deixando a área da entrada da caverna em direção ao hospital de Chiang Rai, e as autoridades começaram a confirmar o resgate dos meninos.

 

Por que as autoridades decidiram pela retirada neste domingo?

Inicialmente, as autoridades locais e especialistas pensaram em manter o grupo dentro da caverna até o fim do período de monções na região – o que poderia significar que eles ficariam meses ali. Também houve tentativas de cavar buracos para conseguir um acesso direto ao local e de vasculhar a montanha em busca de outra entrada. Mas estamos apenas no início da estação mais chuvosa no país, e ficou claro que a enchente que fez com que o grupo ficasse preso pode piorar nos próximos dias.
Os socorristas vêm tentando escoar água para fora da caverna e, neste momento, segundo o líder da operação, o nível de água lá dentro é o mais baixo até agora.
– Não há outro dia além de hoje para estamos mais prontos. Se não (começarmos hoje), perderemos a oportunidade – afirmou.
O pior trecho fica mais ou menos na metade do caminho de volta – eles passarão por um local chamado de “Bifurcação em T”, que é tão estreito que não é possível levar os tanques de oxigênio nas costas.
Nesse momento, os mergulhadores vão tirar os tanques de suas costas, colocá-los no chão e rolá-los devagar, enquanto guiam os garotos pelo canal.
Algum tempo depois, eles chegarão na Câmara 3, a caverna que é usada como base avançada para os mergulhadores. Lá, irão descansar, ser examinados novamente e caminhar até a saída, de onde devem ser levados diretamente para um hospital local.
Um mergulhador experiente da Marinha, Saman Gunan, morreu dentro da caverna durante a viagem de volta, em uma indicação do quão difícil é a missão. Ele tinha ido levar tanques de oxigênio ao grupo.

Por que o grupo de garotos entrou na caverna?
Os garotos fazem parte do time de futebol Wild Boars e têm entre 11 e 16 anos. Eles conhecem bem a área. Acredita-se que eles foram para a caverna no dia 23 de junho após um treino, para comemorar o aniversário de um dos colegas, e levaram apenas alimentos básicos. Mas, por causa da época do ano, uma enchente provocada pela chuva os deixou presos lá dentro, cerca de 600 metros sob a superfície.
Eles foram encontrados por mergulhadores no domingo passado. Estavam famintos e assustados, mas, bem considerando as circunstâncias. Desde então, mergulhadores da Marinha os fazem companhia, e levam comida, luz e tratamento médico para eles regularmente. Eles também conseguiram escrever cartas aos familiares e ler as que foram escritas para eles.
* As informações são da BBC News.

Untitled Document