sábado, 19 de agosto de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Dólar fecha abaixo de R$ 3,10, menor cotação desde 2015

Dólar fecha abaixo de R$ 3,10, menor cotação desde 2015

Matéria publicada em 15 de fevereiro de 2017, 19:35 horas

 


Brasília – O dólar fechou em queda em relação ao real nesta quarta-feira (15), após chegar à casa dos R$ 3,05 durante o dia, com investidores de olho no cenário político do Brasil e com expectativas de ingresso de recursos externos no país. O dia também foi marcado, mais uma vez, pela interferência do Banco Central no mercado de câmbio.

A moeda norte-americana caiu 0,94%, a R$ 3,067 na venda. Veja a cotação do dólar hoje. É o menor valor de fechamento desde o dia 18 de junho de 2015, quando o dólar terminou os negócios vendido a R$ 3,0579.

Na semana e no mês, a moeda norte-americana acumula recuo de 1,36% e 2,67%, respectivamente. No ano, o dólar já caiu 5,62% em relação ao real.

Segundo a Agência Reuters, a decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, de manter a indicação de Moreira Franco para a Secretaria Geral da Presidência foi vista pelo mercado como demonstração de força do governo do presidente Michel Temer e que pode facilitar a aprovação de importantes reformas, como a da Previdência, tida como essencial para colocar as contas públicas do país em ordem.

Juros nos EUA

Na terça-feira (14), a presidente do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano), Janet Yellen, disse, em audiência no Senado do país, que os Estados Unidos poderão aumentar os juros básicos da economia nas próximas reuniões. Juros mais altos na maior economia do planeta atraem capitais para países desenvolvidos e significam a retirada de recursos de países emergentes, como o Brasil.

Após as declarações de Janet, o dólar chegou a subir levemente durante a tarde. No entanto, voltou a cair nas horas finais de negociação com a entrada de recursos externos no país.

Intervenção do BC

O Banco Central realiza novamente nesta sessão leilão de swap cambial tradicional – equivalente à venda futura de moeda – com oferta de até 6 mil contratos.

Untitled Document