segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Ex-presidiário é preso após assaltar ônibus na estrada Barra Mansa-Bananal

Ex-presidiário é preso após assaltar ônibus na estrada Barra Mansa-Bananal

Matéria publicada em 18 de outubro de 2017, 11:52 horas

 


Homem foi encontrado graças ao rastreamento do celular de uma das vítimas; ele deixou a prisão há 20 dias

gps-em-celular-leva-a-prisao-de-suspeito-de-a

Assalto a ônibus: Objetos foram recuperados e entregues as vítimas
(Foto: Cedida pela Polícia Civil)

Bananal e Barra Mansa – A Polícia Civil de Bananal (SP) prendeu na noite de terça-feira (17), um ex-presidiário, de 24 anos, suspeito de participação no assalto a passageiros de um ônibus da Viação Colitur, em Barra Mansa. De acordo com o delegado João Paulo de Oliveira, havia outro assaltante que conseguiu fugir, mas já foi identificado e diligências estão sendo feitas em busca do suspeito.
Os vinte passageiros que estavam no veículo foram rendidos pela dupla, que estava armada de revólveres, e tiveram dinheiro, relógios e celulares roubados, entretanto os objetos foram recuperados pela polícia e entregue as vítimas.
Ainda de acordo com a polícia, o assalto ocorreu quando o ônibus estava na estrada Barra Mansa-Bananal, próximo a antiga lixeira municipal. A dupla anunciou o assalto e o motorista foi obrigado a parar o veículo no acostamento.
O suspeito foi encontrado graças ao rastreamento do celular de uma das vítimas, que direcionou a polícia a estrada de Floriano-Quatis, onde foi preso.
Segundo o delegado, ele negou participação no assalto, porém com ele foram encontradas três mochilas com os objetos roubados dos passageiros.
O suspeito foi encaminhado a 90ª DP (Barra Mansa), local onde ocorreu o crime. Ele já tem passagens pela polícia, é ex-presidiário e deixou o sistema prisional há apenas 20 dias, onde cumpriu pena de um ano e oito meses por tráfico de drogas, e ainda tem passagens por porte ilegal de arma, de acordo com o delegado João Paulo.

O ônibus também foi levado para a delegacia de Barra Mansa.

12 comentários

  1. safado , naõ tem amor a família dele que se humilhou para visita-lo na cadeia e vagabundo com 20 dias na rua continuou na pratica do crime esse é fácil resolver colocar em praça pública e fuzilar para servir de exemplo , ser machaõ com pessoa inocentes é fácil escória da sociedade .

  2. Que bom uma reportagem com mais de tre linhas……parabens DV

  3. Não se pode deixar de esclarecer que ocorreu um trabalhou “conjunto” entre os policiais civis de Bananal, bem como policiais militares do 37 BPM que trabalham na cidade de Porto Real. O acusado foi preso pelos policiais civis e grande parte dos bens das vitimas foram encontrados pelos policias militares; enquanto a civil foi em diligencia afim de prender o segundo acusado, policias militares vasculharam o matagal da RJ-159 localizando 3 mochilas e em seu interior diversas pertences das vitimas foram recuperados: celulares, relógios,note book, tablet, i pad, dinheiro, caixa de som, etc.

    • Trabalharam muito bem, fora que mesmo entre estados houve um trabalho conjunto muito bom! Parabéns aos policiais envolvidos!

  4. الفتح - الوغد

    Pra reincidentes, só o abate resolve…

  5. Saiu da cadeia e continuou no crime ?… chumbo nele.

  6. Massagem nele, ele vai aprender.

  7. Bolsonaro neles!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Que cara cruel, roubou o tablet da criança, celular das antigas, calculadora do estudante…. não perdoou ninguém.

  9. nada vamos por um basta nisso é BOLSSONARO

  10. A noticia poderia ter sido assim: “E na tentativa de fuga o meliante escorregou e bateu a cabeça no chão, vindo a falecer no local, sem testemunhas”.

Untitled Document