segunda-feira, 25 de setembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Garotinho é preso no Rio quando apresentava programa de rádio

Garotinho é preso no Rio quando apresentava programa de rádio

Matéria publicada em 13 de setembro de 2017, 13:46 horas

 


Rio- O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) foi preso nesta quarta-feira (13) quando apresentava o programa que comanda na Rádio Tupi, na capital fluminense. Agentes da Polícia Federal o conduziram para Campos dos Goytacazes, norte fluminense. Antes, ele fará exame de corpo de delito no Instituto Médico-Legal. Depois, seguirá para Campos onde cumprirá prisão domiciliar com o uso de tornozeleira eletrônica.

A nova ordem de prisão é do juiz Ralph Manhães, da 100º Zona Eleitoral de Campos dos Goytacazes, que o condenou por corrupção eleitoral, associação criminosa, coação de testemunhas e supressão de documentos. De acordo com a decisão, Garotinho foi sentenciado a 9 anos e 11 meses de prisão em regime fechado, mas a condenação precisa ser confirmada em segunda instância para que a reclusão passe a vigorar.

Entretanto, o juiz determinou a prisão domiciliar do ex-governador, argumentando que ele pode continuar ameaçando testemunhas ou destruindo provas. Segundo a decisão, além de usar tornozeleira eletrônica, ele não poderá usar telefones celulares ou acessar a internet. Além disso, Garotinho só poderá ter contato com familiares próximos e advogados.

Recurso

A defesa do ex-governador Anthony Garotinho informou, em nota, que repudia os motivos apresentados para a prisão do ex-governador e entende que a decisão de mantê-lo preso em casa, em Campos, tem a intenção de privá-lo de seu trabalho diário na Rádio Tupi [onde apresenta um programa matinal] e em seus canais digitais e, com isso, evitar que ele ”continue denunciando políticos criminosos importantes, alguns deles que já foram até presos”.

A nota assinada pelo advogado Carlos Azeredo diz ainda que a defesa nega as acusações imputadas a Garotinho e informa que ele nunca foi nem acusado de roubo ou corrupção. “O processo fala de suspeitas infundadas de compra de votos, o que por si só não justifica prisão.”

A defesa afirma ainda que a prisão domiciliar, além de não ter base legal, causa danos à sua família já que o impede de exercer sua profissão de radialista e sustentar sua família. A defesa do ex-governador irá recorrer da decisão”.

8 comentários

  1. Prisão ilegal. No Brasil, garotinho, criança e de menor, não podem ser presos, né ?

  2. Quando houve a última eleição presidencial apareceu um vídeo de Garotinho num restaurante popular andando ao lado de Dilma….
    Há um ditado popular que diz: “Diga-me com quem andas que direi quem és”… Se ele anda com Dilma, logo ele é bandido, mentiroso, esquerdinha, corrupto…. e merece ser preso!!!

  3. Isso foi um presente para Garotinho, já que a sentença será confirmada em segunda Instância, esse tempo que irá passar em casa esta contando para redução de pena, ou seja fica um ano em prisão domiciliar e mais um meses na cadeia, ai sai e fica livre novamente, Isso é uma vergonha.

  4. Maria José Silva Andrade

    Amanhã quero ouvir o radialista Peninha da rádio do comércio, que também é advogado dativo do pequeno garoto defender esse pulha da sociedade.

    • Lucas Araújo Neves (Aterrado - VR)

      Acabei de ouvir, esse Peninha só pode ter algum problema cognitivo ou deve muito ao Garotinho. Pelo amor de Deus, tudo tem limite.

  5. Enquanto isso na capital do bananão o roubo comendo solto e todos rindo da gente, a PF prende mais alguns juízes que diga-se de passagem sempre os mesmos manda soltar, se não é para prender todos que solte todos.

  6. Esse MOLEQUINHO mata as pessoas que precisam atendimento hospital público, merenda escolar, segurança, educação, etc., e compra votos com” chequinho do futuro” devia $$$$$$$$$$$$ e vem defesa falar em sustentar família? Que tenham tudo que foi oferecido ao povo que nele confiou.

  7. agafjgjjkWantuil fortes Silvério

    Muito Bom !!! Será que vai ficar preso ??? Agora temos que acabar com esses partidos de mentirinha e deixar dois partidos políticos. FAZER reforma política imediatamente , colocar o voto distrital. O candidato tem que passar por uma prévia eleitoral ou seja o povo escolhe Primeiro e depois se filia à partidos . Do jeito que estar , Não vai mudar nada…… Tem Garotinho , Pezão, Cabral , NETO, TEMER, Serra , Aercio . Operação pente fino no Brasil. Só vai sobrar 20% dos políticos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document