domingo, 24 de junho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Governo Federal decide decretar intervenção na segurança do Rio

Governo Federal decide decretar intervenção na segurança do Rio

Matéria publicada em 16 de fevereiro de 2018, 09:54 horas

 


O presidente Michel Temer assina, na tarde desta sexta-feira (16), o decreto de intervenção federal na segurança pública do estado do Rio. A decisão foi tomada na noite de quinta-feira durante reunião entre o presidente e o governador Luiz Fernando Pezão. Às 20h30, o presidente fará pronunciamento sobre o assunto em cadeia de rádio e TV.

O decreto dá poderes totais para o general Braga Neto, chefe do Comando Militar do Leste, sobre todas as forças de segurança do estado, incluindo as polícias militar e civil, e o autoriza a tomar as medidas que achar necessárias para conter a ação do crime organizado no Rio.

Pelo artigo 60 da Constituição, enquanto o decreto de intervenção estiver em vigor, o Congresso Nacional não pode aprovar qualquer mudança na Constituição, o que significa a suspensão da articulação para votação da reforma da Previdência.

O presidente do Congresso, Eunício Oliveira, deverá convocar uma sessão do Congresso 24 horas após a publicação do decreto para que ele seja votado.

11 comentários

  1. tapa o sol com peneira!!! Se faz em tudo nesse país.

  2. Nao vai dar em nada. Seria necessario 03 decadas, para melhorar o que esta ai, se um sistema educacional serio fosse implantado hoje. Estao so remediando os sintomas sem tratar a causa. So mais um jeitinho brasileiro. E assim e sempre foi assim.

    E mais uma vez nosso dinheiro vai por agua abaixo.

    • São 128 anos da mesma estorinha da REPÚBLICA.

      Enquanto isso o traidor Deodoro da Fonseca está enterrado em túmulo pichado e no meio desses bandidos que ele criou. Por outro lado o traído por ele o D. Pedro II está repousando numa catedral em Petrópolis bem longe. kkkkk

  3. Demorou muito, deixaram os bandidos descerem pro asfalto, sociedade, polícia nas mãos dos bandidos de gravata, ou seja os políticos e os próprios bandidos, esta sociedade chegou ao ponto em que o jovem acha melhor se filiar ao tráfico, pois se os políticos, dão o melhor exemplo, onde um juiz manda soltar condenados por roubar os cofres públicos o que se esperar de um povo que estar a deriva de governantes que se importam sinceramente pelo povo.Onde um PM, usa 38 para combater bandidos com HK47, e pasmem, quando o PM prende este armamento e munições eles são proibidos de usar, será porque? PENSEM UM POUCO E NÃO VAMOS VOTAR EM NINGUÉM.

    • Se for PAGAR A MULTA eleitoral saiba que o dinheiro vai para o Fundo Partidário que será distribuido aos partidos.

      Se votar até pode beneficiar 01 bandido.
      Se pagar a multa vai beneficiar VÁRIOS bandidos ao mesmo tempo.

  4. Até que enfim. Esse pé grande é incapacitado para exercer qqr cargo público. Vai pra casa antes q faça companhia ao Cabral Lalau.

  5. HO cEZAR .. ESTRANHO SEU COMENTARIO .. SEM NEXO .. VAI ESTUDAR HO MATUTO ..è DISTO QUE NOSSA NAÇÃO PRECISA .. EDUCAÇÃO .. ACHO QUE A INTERVENÇAO SE FOR BEM PLANEJADA E COM RECURSOS TECNOLOGICOS E DE INTELIGENCIA , TEM SIM , TUDO PRA DAR RESULTADOS.. POIS DO JEITO QUE TA ESTA BAGUNÇA É QUE NÃO DA. FORÇA FE CORAGEM E EDUCAÇÃO .. não leve pro coração eim Cezar .. rss

  6. E que seja muito bem vindo! Só o Exército é capaz de dar jeito neste país, só o Exército.

  7. Platão, o Filósofo

    Finalmente, ordem e segurança para o cidadão que paga seus impostos e só tem violência, corrupção e incompetência como retorno. Finalmente! Aliás, essa intervenção deveria durar para sempre.

  8. “…autoriza a tomar as medidas que achar necessárias para conter a ação do crime organizado no Rio.” Gostei muito dessa parte, espero que o exército faça TUDO que for necessário!!!

  9. Tudo é política.
    Realmente, precisa mais empenho nas investigações e prevenção, pois está muito difícil.
    Armamentos vem de fora, vejam as notícias dos jornais sobre apreensão de a armas e munições.
    Mas essa intervenção e para cobrir a derrota política do Governo, pela não aprovação da Reforma da Previdência, pois isso é uma saída a dar a classe empresarial. Enquanto o povo não ia conseguir mais aposentar, com a reforma.

Untitled Document