quinta-feira, 15 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Maior idade no samba

Maior idade no samba

Matéria publicada em 11 de julho de 2018, 08:45 horas

 


Marcelo O Pena completa 18 anos de carreira e se prepara para grava o primeiro DVD

Músico se prepara para a gravação do primeiro DVD da carreira

Em 2018, o músico voltarredondense Marcelo O Pena completa 18 anos de carreira no samba. Sua história começa no ano de 2000, no Colégio Professora Themis de Almeida Vieira, com a formação do grupo Fissura. De lá pra cá já foram quatro CDs gravados, sendo três delem em carreira solo. Agora o músico se prepara para um salto maior, a gravação do seu primeiro DVD.
– Gravar um DVD é o sonho de muitos artistas, graças a Deus estou aos poucos conseguindo realizar. Já posso adiantar que tenho data para essa conquista e ela acontecerá no mês de novembro, em uma Ilha em Angra dos Reis – destaca O Pena.
O músico lembra ainda do início da carreira, dos altos e baixos que qualquer artista passa.
– A história é conhecida de muitos, eu iniciei nos tempos de escola. Aos poucos, eu e os parceiros de grupo, fomos percebendo que a coisa ficou séria. Nosso ponto mais alto foi em 2008, quando gravamos o primeiro CD do Fissura, com apoio da Lei de Incentivo à Cultura, junto à prefeitura de Volta Redonda, mas coincidentemente foi o mesmo ano em que o grupo acabou – lembra.
Ao recordar a carreira, O Pena conta da sua participação como artista de Verão na Rádio FM O Dia.
– Ainda em 2008 eu inscrevi três músicas no concurso da rádio “Batucada Boa”, “Vida é Brincadeira” e “Eu Daria Tudo”. Eles escolheram “Batucada Boa” como música de trabalho do Projeto Verão daquele ano na rádio – conta.
Outro ponto de sua história que é muito marcante é a gravação do seu primeiro CD solo, onde segundo ele pode perceber como no mundo do samba há pessoas humildes e que o mundo dá voltas.
– Eu sou eternamente grato ao pessoal da RVR Produções, que confiaram no meu trabalho e contribuíram diretamente para o lançamento da minha carreira solo. Outra recordação muito forte de início de carreira foi a gravação do meu primeiro CD, quando no estúdio lá no Rio encontrei o Mumuzinho, nós trocamos uma ideia. Um cara super humilde, ele não tinha a visibilidade que tem hoje. Um cara sensacional, desde aquela época – destaca.
Depois de todas essas histórias, O Pena chega em 2018 se preparando para o seu primeiro DVD, com direção de Jerominho Fernandes, diretor musical do Jorge Aragão. Segundo o músico, serão realizados uma série de eventos para arrecadar fundos para a concretização desse sonho.
– Nós temos o projeto “Rede do Samba”, através dele nós vamos realizar cinco eventos onde a renda será revertida para a produção do DVD – diz.
O primeiro, dos cinco eventos, será o “Encontro de Bambas” realizado no próximo domingo (15), na Sede Social do Bloco Os Caretas, no bairro Sessenta, em Volta Redonda.
– A escolha dos Caretas é por ser o “berço do samba”, é o lugar onde revelou muitos artistas do movimento, inclusive eu sou cria de lá, não poderia ser em outro local – conta.
Além de Marcelo O Pena, o evento contará com vários artistas da “Rede do Samba”, Almir do Quintal do Pagodinho; Paulo Luiz, diretamente do Estácio; Renato da Rocinha; a cantora paulista Glauci; o maestro Thiago Procópio; o Sorriso Aberto, um dos grupos de samba mais antigos do Sul do Estado.
– A programação de domingo contará também com duas surpresas, já adianto que quem for não vai se arrepender! Terão dois artistas, que suas participações irão surpreender a todos – destaca.
Sobre a “Rede do Samba”, O Pena diz que o objetivo principal é valorizar o samba e os artista do movimento, não apenas na região Sul Fluminense, como também em todo o Estado.
– Esse projeto é para a valorização do artista, que hoje em dia muitos estão presos a produtores e empresários que estabelecem caches mínimos. Esse cenário precisa ser mudado, todos os artistas da “Rede do Samba” tem o apoio para que essa realidade mude – explica.

Sobre o DVD
De acordo com O Pena, o DVD será gravado em um Ilha, em Angra dos Reis, em um palco com formato 360°. Com a participação de diversos artistas, de renome nacional e internacional. No repertório, músicas inéditas e regravações de sucessos que fazem parte dos 18 anos de carreira, entre elas “Batucada Boa” a qual o artista possui o domínio do primeiro ISRC (International Standard Recording Code, ou Código de Gravação Padrão Internacional).
– Angra por si só já é um cenário paradisíaco, mas já adianto que no DVD nós teremos isso e muito mais. O clima será bem de praia mesmo, com a galera bem à vontade. Será uma roda de samba em 360° – adianta.
O Pena é um artista que não esquece suas origens e quem o ajudou durante todos esses anos
– Para realizar um sonho tem que perseverar, é muita luta. Agradeço imensamente todos os meus padrinhos “de ponta a ponta”, cita-los é complicado pois posso me esquecer de alguém. O apoio dos companheiros do mundo do samba é sensacional. Não posso esquecer de todas as irmandades – finaliza.
Serviço:
O Encontro de Bambas acontece no próximo domingo (15), na Sede Social do Bloco Os Caretas, a partir das 14h. Os ingressos já estão disponíveis, em Volta Redonda na sede do bloco, no Estacionamento Rotativo Triangulo (ao lado da Loteria do Meia Meia) e em Barra Mansa na Salazar veículo, no Ano Bom.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document