quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Idoso morre por suspeita de febre amarela em Valença

Idoso morre por suspeita de febre amarela em Valença

Matéria publicada em 12 de janeiro de 2018, 15:17 horas

 


Um caso foi confirmado e quatro são suspeitos da doença na cidade

Apelo: A Secretaria Municipal de Saúde faz um apelo os moradores que ainda não tomaram a vacina no município pedindo que aos postos de vacinação com urgência - Arquivo

Apelo: A Secretaria Municipal de Saúde faz um apelo os moradores que ainda não tomaram a vacina no município pedindo que aos postos de vacinação com urgência – Arquivo

Sul Fluminense

Após a morte de um idoso, de 65 anos, com suspeita de febre amarela, ontem (12), em Valença, os municípios do Estado estão intensificando a Campanha de Vacinação contra a doença. A morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da prefeitura, porém o resultado do exame que comprova a morte por febre amarela só sai na terça (16). No município, entre os cinco que estavam internados na UTI do Hospital Escola Luiz Gioseffi Jannuzzi, com suspeita de febre amarela, apenas um foi confirmado. Esse paciente, a pedido dos familiares, foi transferido para o hospital da Unimed em Resende. Dos que ainda não tiveram confirmação, um morreu e os outros três permanecem internados.
Por conta disso, a Secretaria Municipal de Saúde fez um apelo os moradores que ainda não tomaram a vacina no município pedindo que os moradores compareçam aos postos de vacinação com urgência.
Hoje,(13) e também aos domingos, das 7 às 19 horas em todas as Unidades de Saúde do Município. As pessoas com doença febril aguda, com comprometimento do estado geral de saúde, ou ainda pacientes com doenças que causam alterações no sistema imunológico devem consultar seu médico e apresentar declaração liberando a vacinação. Só não devem tomar a vacina bebês com menos de 9 meses.

Vacinação

Segundo a coordenadora de Imunização de Porto Real, Kátia Virgílio, uma dose pode salvar uma vida. ”A Febre Amarela é uma doença viral e a única prevenção é a vacina. Por isso a população deve procurar um posto mais próximo de casa e vacinar. Pra quem não tem o cartão de vacina, nós disponibilizamos na hora e quem for doador de sangue, deve tomar antes e só pode fazer a doação depois de 28 dias”, afirmou a coordenadora.Devem ser vacinadas pessoas entre 9 meses e 60 anos de vida. Maiores de 60 anos só podem ser vacinados com recomendação médica. Todos os postos de saúde da região estão disponibilizando a vacina, basta procurar o posto de saúde mais próximo.

Primeiro caso de morte pela doença é confirmado no Estado

Um morador de Teresópolis, na região serrana, a 96 quilômetros do Rio, morreu. Em nota, a secretaria esclarece que a cobertura vacinal em Teresópolis e Valença é superior a 80% e já disponibilizou doses suficientes para vacinar 100% da população das duas cidades. Ela recomendou às prefeituras que intensifiquem a vacinação, especialmente nas áreas de mata.

São Paulo tem 21 mortes e 40 casos

Desde janeiro de 2017, 21 pessoas morreram em decorrência da febre amarela no estado de São Paulo. O último balanço da Secretaria de Estado da Saúde, divulgado ontem (12), indica também 40 casos confirmados da doença. O balanço anterior indicava 29 casos confirmados, com 13 mortes. Em relação a mortes e adoecimento de primatas, como macacos e bugios, foram 2.491 casos desde julho de 2016, sendo que a febre amarela foi confirmada em 617 animais. Mais de 61% desses registros ocorreram na região de Campinas. As mortes ocorreram nos municípios de Américo Brasiliense, Amparo, Atibaia, Batatais, Itatiba, Jarinu, Mairiporã, Monte Alegre do Sul, Nazaré Paulista, Santa Lucia e São João da Boa Vista. Os demais casos de infecção foram registrados em Águas da Prata, Américo Brasiliense, Amparo, Atibaia, Caieiras, Campinas, Itatiba, Jundiaí, Mairiporã, Mococa/Cassia dos Coqueiros, Santa Cruz do Rio Pardo e Tuiti.

 

Um comentário

  1. Foi em Parapeúna?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document