segunda-feira, 22 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / ONU denuncia Israel por matar indiscriminadamente em Gaza

ONU denuncia Israel por matar indiscriminadamente em Gaza

Matéria publicada em 15 de maio de 2018, 07:51 horas

 


O Escritório do Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos denunciou hoje (15), em Genebra, que Israel mata de maneira que “parece indiscriminada” e lembrou que querer pular ou danificar uma cerca de fronteira (a Faixa de Gaza) não justifica o uso de munição letal.

– Parece que qualquer um pode ser assassinado ou ferido; mulheres, crianças, repórteres, trabalhadores da área da saúde, se eles se aproximarem mais de 700 metros da cerca. Eles atiraram em um amputado duplo. Qual é a ameaça de um amputado?-, afirmou o porta-voz em Genebra do Escritório, Rupert Colville.

– Parece bastante claro que está se matando de forma indiscriminada -, afirmou Colville.

– O uso de força letal deve ser o último recurso, não o primeiro, e deve responder a uma ameaça à vida. A tentativa de pular ou danificar uma cerca, ou lançar coquetéis molotov, não é claramente uma ameaça de morte -, ressaltou o porta-voz.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document