terça-feira, 22 de Maio de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / PGR defende manutenção da prisão de Jorge Picciani

PGR defende manutenção da prisão de Jorge Picciani

Matéria publicada em 17 de Janeiro de 2018, 17:08 horas

 


Picciani tem mais uma vez pedido de prisão reforçado

Picciani tem mais uma vez pedido de prisão reforçado


Brasília –
A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a soltura do deputado estadual Jorge Picciani (MDB), presidente licenciado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O parlamentar foi preso na Operação Cadeia Velha, da Polícia Federal (PF), em novembro do ano passado sob a suspeita de ter recebido propina de empresas de ônibus, que em troca seriam beneficiadas com isenções fiscais e aumentos de tarifa.

No entendimento da subprocuradora Claudia Sampaio Marques, a prisão preventiva de Picciani é necessária para interromper atos ilícitos que tiveram início na década de 1990 e perduraram até o ano passado. De acordo com o parecer, os fatos investigados evidenciam “um monumental esquema de corrupção”.

“Trata-se de esquema consolidado no âmbito da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, sob o comando do paciente e dos demais parlamentares envolvidos, sendo necessária a prisão não somente para fazer cessar a prática delitiva, como também para permitir que as investigações transcorram sem os percalços que ocorreriam com a liberdade dos investigados”, argumenta a procuradora.

O parecer será inserido no habeas corpus, relatado pelo ministro Dias Toffoli, no qual a defesa do Picciani busca a soltura do parlamentar. O advogado Nélio Machado sustenta que a prisão é descabida e ilegal por não levar em conta o estado de saúde do deputado, que passou por uma cirurgia recentemente.

5 comentários

  1. Quando eu vi e ouvi a família Picciani fazendo propaganda política, repito, fazendo propaganda política para a reeleição daquela mulher criminosa chamada Dilma Roussef, eu disse para mim mesmo: Picciani é família de bandidos!
    Como diria Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”

  2. Tomara que não permitam a candidatura desse Sr. Porque se permitir ele vai ganhar.

  3. Tem que prender também o filho dele, o ministro do esporte, que ganhou muita grana nas Olimpíadas do Rio 2016.

Untitled Document