ÔĽŅ Prefeitura fiscaliza atua√ß√£o de vendedores ambulantes - Di√°rio do Vale
quarta-feira, 15 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Prefeitura fiscaliza atuação de vendedores ambulantes

Prefeitura fiscaliza atuação de vendedores ambulantes

Matéria publicada em 15 de maio de 2018, 14:49 horas

 


Volta Redonda –¬†Uma opera√ß√£o para fiscalizar a atua√ß√£o dos vendedores ambulantes foi deflagrada esta semana. A a√ß√£o come√ßou na Vila Santa Cec√≠lia e tamb√©m ser√° realizada na Avenida Amaral Peixoto, Aterrado e Retiro. O objetivo √© orientar a categoria e coibir a venda de produtos ilegais. A fiscaliza√ß√£o acontece conforme a lei municipal 5.302, de janeiro de 2017, que disp√Ķe sobre a regulamenta√ß√£o do com√©rcio ambulante, que pode ser executado mediante regulariza√ß√£o.

A opera√ß√£o foi realizada em conjunto entre as secretarias municipais de Fazenda; Desenvolvimento Econ√īmico e Turismo; e Guarda Municipal. Wagner Jardim Chaves coordenou a opera√ß√£o. Ele √© o diretor do departamento de atividades econ√īmicas e sociais da secretaria municipal da Fazenda e explicou a import√Ęncia da opera√ß√£o para os ambulantes.

-Num primeiro momento o nosso trabalho de fiscalização é justamente orientar os ambulantes para que eles possam trabalhar de forma legalizada -explicou Wagner.

A fiscaliza√ß√£o tamb√©m orientou comerciantes que colocam mesas e cadeiras nas cal√ßadas.¬†‚ÄúOs comerciantes at√© podem utilizar desta pr√°tica, por√©m eles n√£o podem obstruir as cal√ßadas e devem tamb√©m solicitar uma autoriza√ß√£o junto a prefeitura‚ÄĚ,¬†acrescentou Wagner.

Atualmente existem cerca de 700 ambulantes com cadastro na prefeitura, conforme informou o secret√°rio de Desenvolvimento Econ√īmico e Turismo, Joselito Guimar√£es.¬†‚Äú√Č importante que os ambulantes que ainda n√£o possuem cadastro, que venham at√© a prefeitura para regularizar o seu neg√≥cio‚ÄĚ,¬†disse Joselito.

A vendedora de coco Rosimar Rodrigues Serra realizou o cadastro e recomenda para que os amigos tamb√©m o fa√ßam.¬†‚ÄúFoi bom sem d√ļvida, assim eu posso trabalhar dentro da lei‚ÄĚ, disse.

 

8 coment√°rios

  1. Volta Redonda ta parecendo algumas cidades da baixada, desgovernada.Tem albulante nos sinais. Tem malabaristas estrangeiros nos cruzamentos mendigando. Criana√ßas nas portas de estabelecimentos pedindo dinheiro. Flanelinhas extorquindo motoristas nas vagas da prefeitura. Terra de ninguem. E pra piorar o prefeito alem de nao fazer nada ainda presta pessimos servi√ßos p√ļblicos n√£o cobrando de seus subordinados uma fiscaliza√ßao atuante.

  2. Vcs não tem a mínima ideia no que se transformou essa prefeitura

  3. As calçadas viraram estacionamento perto do fórum de volta redonda uma bagunça carros parados onde acham melhor é vai

  4. e a vila cheia de flanelinha…

  5. o pessoal está trabalhando ao invés de roubar. uma cidade cheio de desempregados e tentam tirar o trabalho de quem vai atras. que essa prefeitura olho grande consiga então um trabalho digno a todos esses.

  6. T√ī de olho em tudo

    Legal, agora os irregulares j√° foram embora. Valeu pelo alerta.

  7. Perto da Caixa Econ√īmica virou uma BAGUN√áA. Vendem de tudo, e atravancam o fluxo de pedestres. A gente at√© sabe que √© melhor vender tralhas do que roubar, pois o desemprego √© muito alto no Brasil todo. Mas √© preciso organizar.

    • arthur rodrigues alves

      Falar é muito fácil, para que dar uma solução, se criticar é mais fácil. Nos preocupamos com tanta coisa pequena, como esta, de pessoas ganhando a vida honestamente. Por que não usa esse efetivo e veja o que realmente atrapalha, como o transito que esta uma bagunça e nesta mesma vila um deficiente não pode estacionar pois os amiguinhos da prefeitura que tem a carteirinha de estacionamento livre, fica estacionando em vaga de deficiente. Reparem só, isso sim é um absurdo, uma falta de caráter e respeito. Prefeitura tome providencias. E os ambulantes deixe eles trabalharem. Amigo já que diz que esta uma BAGUNÇA, o que sugere para se resolver, caso não tenha algo a acrescentar, vamos ficar quietos que ganhamos mais.

Untitled Document