domingo, 22 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Prepare seu carrinho, vem aí o Mad Race 2018

Prepare seu carrinho, vem aí o Mad Race 2018

Matéria publicada em 10 de julho de 2018, 08:20 horas

 


Segunda edição da “Corrida Maluca” está com inscrições abertas e já tem gente se preparando

Pablo foi campeão em 2017 e já está se preparando para este ano. Já Luiz, não participou da última edição, mas já é confirmou sua presença

Quem foi criança nos anos 70, 80, 90 e até o início dos anos 2000 se lembra, com muita nostalgia, do desenho animado “Corrida Maluca”, exibido no Brasil inicialmente pela extinta TV Manchete e posteriormente, por muitos anos, pelo SBT.

A animação produzida pela Hanna-Barbera e lançado pela CBS, que foi produzido entre 14 de setembro de 1968 a 4 de janeiro de 1969, rendeu 34 episódios onde os competidores buscavam o título mundial de “Corredor Mais Louco do Mundo”.

Mas os mais jovens que querem conhecer o desenho, ou então os pais que desejam apresentar aos filhos, podem encontrar a animação da época na internet. Outra opçãosão os  novos episódios do canal pago Tooncast lançado em 2017, que deu uma nova versão para velhos personagens e criou novos competidores. No Brasil, o “remake” pode ser conferido no canal Boomerang.

Outro sucesso infantil, de quem hoje tem seus 30 ou 40 anos, era descer uma ladeira com um carrinho, os famosos “carrinhos de rolimã”. Para recordar essa sensação gostosa e apresentar a brincadeira aos mais jovens, pelo segundo ano, Volta Redonda está resgatando essa tradição através do Mad Race (Corrida Maluca), que tem sua segunda edição programada para o dia 26 de agosto. O evento será realizado das 8h às 13h na descida do Morro do Bispo, um percurso de aproximadamente 700 metros no bairro Laranjal.

– Na primeira edição, fiquei em primeiro na disputa de velocidade. Terminei o carro uns três dias antes do evento. Meu primeiro carrinho quem fez foi meu pai, com uma caixinha de madeira de mercado. Com o tempo, fui aprendendo a fazer e fui melhorando – contou o siderúrgico Pablo Jorge de Sá, de 39 anos, que pretende levar o filho Vitor, de 03 anos, novamente este ano.

Amigo de infância de Pablo, o vendedor de automóveis Luiz Carlos Mendonça, de 40 anos, iria participar da primeira edição, mas teve que viajar um dia antes, mas confirmou presença para o Mad Race 2018.

– Quando éramos crianças, pegávamos martelo, prego, madeira e ficávamos fazendo nossos carrinhos na rua mesmo. Pegamos a experiência do passado, pegamos uns ferros no ferro-velho e montamos esses carrinhos em minha casa mesmo, soldando. Conseguimos as rolimãs em uma oficina aqui próximo. E fizemos por conta própria – contou Luiz Carlos, lembrando que uma das filhas já pediu o carrinho para brincar na rua de casa.

Assim como Pablo e Luiz, quem quiser participar pode se inscrever até as 8h do dia do evento. De acordo com o coordenador municipal da Juventude, Luciano Campos, os participantes têm que apresentar um carrinho que esteja de acordo com os itens do regulamento, além de assinar um termo de responsabilidade durante a vistoria do carrinho.

– O Mad Race é uma competição na qual os participantes vão construir carrinhos de corrida com as próprias mãos, de acordo com as medidas e propostas estabelecidas no regulamento em duas modalidades: Velocidade e Criatividade. É uma competição de caráter exclusivamente artístico, criativo e desportivo – explicou Luciano, acrescentando que haverá troféus de 1º, 2º e 3º lugares em ambas as modalidades.

As inscrições podem ser feitas até o dia 22 de agosto, na sede da Coordenadoria Municipal da Juventude (Corrdjuv), na Rua Antônio Barreiros, nº 194, Nossa Senhora das Graças. Também pode ser realizada no Portal VR, através do site http://www.voltaredonda.rj.gov.br/cju/index.php/9-noticias/77-mad-race-2018.

Um comentário

  1. Muito legal, essa corrida é um resgate da minha memória onde havia essa mesma competição, porém a descida era do outro lado.
    Os personagem eram os melhores, tinha carrinho feito de caixão, tinha ambulância era muito legal, me divertia bastante, lembro que tinha um tal de calunga……

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document