sábado, 14 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Quantidade de acidentes com motos tem queda gradual em Volta Redonda

Quantidade de acidentes com motos tem queda gradual em Volta Redonda

Matéria publicada em 4 de agosto de 2017, 18:18 horas

 


Dados do Ciosp totalizam 302 acidentes registrados nos primeiros sete meses deste ano, contra 308 registrados em 2016

Volta Redonda –  O número de acidentes envolvendo motociclistas nos primeiros sete meses de 2017 em Volta Redonda chegou a 302 no período de janeiro a julho, contra 308 no mesmo período do ano passado. No entanto, a queda na incidência de acidentes foi gradual. A virada só aconteceu porque no mês de julho deste ano houve 33 acidentes, 20 a menos que os casos ocorridos no mesmo período em 2016.

No primeiro semestre – janeiro a junho deste ano – a quantidade de ocorrência subiu em 14 casos, em relação ao mesmo período em 2016. Dados do Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) totalizam 269 acidentes registrados nos primeiros seis meses deste ano, contra 255 ocorridos durante a primeira metade de 2016.

Os três primeiros meses deste ano foram os de maior incidência. Somente em março, 57 motociclistas sofreram acidentes, 16 a mais em relação ao mesmo mês do ano passado.

No segundo trimestre, o número de casos ficou abaixo do registrado no mesmo período de 2016: O mês de junho deste ano fechou com 48 casos, contra 51 no ano passado. Maio também seguiu a tendência com 39 registros este ano e 45 acidentes, ano passado. Em abril a trajetória se repete, com 41 casos, em 2017, e 46 em 2016. No entanto, o acumulado dos seis meses ainda era superior ao do ano anterior.

Acidentes

Um dos acidentes com maior repercussão ocorreu em maio deste ano, quando uma câmera de segurança de uma loja registrou o acidente de trânsito que matou o motoboy Yuri Macharett Silva, de 26 anos.

No vídeo é possível ver o carro batendo, com violência, na moto conduzida pela vítima, a partir dos 28 segundos de gravação. O acidente ocorreu no cruzamento das Ruas Dioneia Faria e Mizael Mendonça, no bairro Aterrado, às 21h50. O motoboy chegou a ser socorrido no Hospital São João Batista, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade. Ainda este ano duas motos e uma carreta se envolveram em outro acidente, na BR-393 (Rodovia Lúcio Meira), próximo à passagem superior da CSN, na Vila Santa Cecília.

Na ocasião, três pessoas ficaram feridas: dois motociclistas e um carona. Um dos motociclistas caiu perto das rodas traseiras de uma carreta. Apesar do impacto, as vítimas tiveram escoriações e lesões leves. O coordenador adjunto do Ciosp, Dalessandro Hidimario de Assis, avaliou que a maioria dos acidentes envolvendo motociclistas ocorre por imprudência dos motoristas que, em grande maioria, não ficam atentos às sinalizações, principalmente, em cruzamentos.

– Mesmo tento preferência pela rodovia, em se tratando de um cruzamento, principalmente à noite, é importante que o condutor olhe e avalie se deve ultrapassar, pois nunca se sabe se o outro condutor está atento – ressaltou o coordenador do Ciosp, enfatizando que esta medida ajudaria muito reduzir casos de acidentes, em especial, aqueles que envolvem motociclistas.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    dia 03/08/2017 um senhor passou mal dentro de um ônibus da viação elite, em plena rua 33. o tel. do SAMU só dava ocupado, no SIOSP da vila não tinha nimguém. o motorista muito SAFO, tocou direto para o são joão batista, onde o senhor foi atendido .parabéns para o motorista e zero para os resgaste da cidade. durante o sufôco esqueceram de ligar para os bombeiros aí sim a situação teria sido resolvida mais rápida.

  2. Avatar

    99.9% dos motoristas em vr usam celular no volante, esses mesmo não dão seta. E não adiantar falar nada todos se acham certo. São verdadeiros caminhões de lixo. Que carregam prepotência e arrogância. Não se importão com a sua vida e nem com a vida dos outros. Qdo se esta em um veiculo nunca esta sozinho. Sua familia sangra qdo vc se vai..vamos ficar vivos!!!

    • Avatar

      Concordo contigo! Os motociclistas, pedestres e ciclistas comportam-se com a mesma falta de respeito e educação para com os outros… pedestres atravessam fora das faixas e usando o celular, ciclistas tem sua trilha habitual e motoqueiros ultrapassam pela direita, avançam os sinais, entram por cima dos canteiros, fazem conversões proibidas, andam pela contramão sem cerimônia!

  3. Avatar

    Besteirada! Mero acaso… é só observar o comportamento de todos os atores no trânsito urbano para percebermos que acontecem poucos acidentes!

  4. Avatar

    E quando eu liguei essa semana só chamava ninguém atende que gosta, e esses acidentes que ocorrem tem muitos motoristas meia roda o caso do motoboy Yuri coitado motorista do carro o matou por imprudência e barro diz que não viu uma baita placa escrito pare.. lamentável nossa lei nesse país por isso quero mudança Bolsonaro não que vem

  5. Avatar

    Liguei para o número 190 de Volta Redonda e o telefone parece estar desligado, talvez por falta de pagamento, vai saber. Liguei várias vezes durante a tarde e só deu ocupado. QUE VERGONHA!!! Este prefeito está destruindo a GMVR, não existe mais GM no cruzamento da Gustavo Lira com a São João.

Untitled Document