domingo, 20 de Maio de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Rússia quer mediação para evitar aumento de tensão no Oriente Médio

Rússia quer mediação para evitar aumento de tensão no Oriente Médio

Matéria publicada em 15 de Maio de 2018, 10:40 horas

 


Protestos na faixa de Gaza mataram 60 pessoas. (crédito AB)

Rússia – A Rússia pediu hoje (15) que o chamado quarteto de mediadores – formado em 2002 e composto pela União Européia, Nações Unidas, Rússia e Estados Unidos, designado para promover a paz no Oriente Médio – evite ações que possam “inflamar” as tensões na região.

“Desde o início, Moscou expressou preocupações relacionadas às ações dos Estados Unidos que poderiam provocar uma escalada de tensão no Oriente Médio. Infelizmente, foi exatamente assim que aconteceu. Essa situação e a morte de muitas dezenas de palestinos não podem deixar de causar nossa mais profunda preocupação”, afirmou Peskov.

Clima de tensão

A tensão permanece na região, após o exército de Israel ter aberto fogo contra manifestantes palestinos. O governo israelense justificou a ação em “defesa de seu território” e afirmou que os protestos, denominados a “Grande Marcha de Retorno”, foram coordenados pelo grupo extremista Hamas.

Após a escalada de violência, gerada pela abertura da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmud Abbas, afirmou que os Estados Unidos não têm legitimidade para continuar na medição do conflito entre palestinos e Israel. O Hamas afirmou ontem que planejava novos protestos na Faixa de Gaza. As forças israelenses mantêm-se posicionadas na fronteira entre Israel e a Cisjordânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document