sábado, 17 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Saldo de operação em Volta Redonda tem fuzil, munições e mais três quilos de cocaína apreendidos

Saldo de operação em Volta Redonda tem fuzil, munições e mais três quilos de cocaína apreendidos

Matéria publicada em 21 de junho de 2018, 13:08 horas

 


Casal é preso com arma e drogas em Volta Redonda. (crédito PM)

Volta Redonda -Policiais Militares do 28º BPM (Volta Redonda) prenderam um casal e apreenderam armamento pesado, além de farta quantidade de drogas, em uma operação no bairro Santa Cruz, nesta quinta-feira (21).

De acordo com informações do comando do batalhão, a ação ocorreu a partir de uma denúncia anônima, dando conta de que a gerente do tráfico de drogas no local, conhecida como “Tia”, estaria guardando drogas e armas em um apartamento no bairro.

Com isso, foi deflagrada a operação “Gol de Placa”, que contou com 10 policiais. No local apontado na denúncia, na Rua Major Aníbal, bloco 180E apartamento 307, foram encontrados duas pessoas, uma mulher de 27 anos e um homem de 29 anos.

“Tia” não estava no local e o casal seria responsável por armazenar e abastecer os pontos de venda de drogas na localidade na ausência da “gerente”. Com eles, os policiais militares encontraram: um fuzil HK calibre 5.56; 200 munições de fuzil calibre 5.56; dois carregadores de fuzil; 1.768 pinos de cocaína; dois quilo de cocaína em pó; um quilo de cocaína em tabelte; material usado para o tráfico para embalar drogas e mais uma quantia em dinheiro.

– Queria deixar avisado que não há conivência com o crime no nosso comando. Tudo será veemente combatido. Desde o menor crime ao maior crime. As poucos vamos fazer de Volta Redonda uma cidade mais segura – d clarou o comandante da 1°CIA do 28°Batalhão da PM, tenente Henrique.

O comando afirmou que não foi possível capturar a mulher apontada na denúncia, que seria a gerente do tráfico de drogas na localidade. Trata-se da mesma suspeita que teria fugido de uma ação da Polícia Militar, no início do mês, no bairro Siderlândia. Na ocasião, três homens foram presos, um deles seria apontado como marido dela. A denúncia era que a quadrilha, usava uma oficina mecânica como ponto de apoio para o esquema de distribuição de drogas na região, utilizando uma conexão com uma facção do Estado de São Paulo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Pra cima da vagabundagem guerreiros da polícia militar do Estado do Rio de janeiro !
    Parabéns pra vocês todos !

  2. Tenente Henrique não te conheço…mas já te amo

  3. Nada disso tem que ser exaltado, isso é perda de recurso publico e arrisca a vida de policiais. liberação das drogas é o unico caminho para a perda de renda desses traficantizinhos e a vida de luxo dos traficantes tubarões.

    • antonio claudio diniz

      Não se iluda: liberação da droga só trás benefícios a um agente: o governo.Que arrecadará mais impostos.

  4. Parabéns aos bravos guerreiros do 28°Batalhao, não deixem que esses vermes se crie em nossa região.. Pra cima deles …

  5. Raposão Demolidor

    Que TIA dificil de ser capturada, hein rapaz….

  6. Muito bom! Parabéns pela apreensão.

    Isso também mostra a que nível está chegando Volta Redonda e região. Passou da hora de usuários de drogas começarem a ser punidos também.

    E tomara que o poder público possa transferir esse fuzil para o uso das forças policiais, a polícia agradece e nós contribuintes também, pois é um fuzil a menos quando o estado precisar comprar.

Untitled Document