ÔĽŅ Secretaria Estadual de Sa√ļde esclarece d√ļvidas sobre febre amarela - Di√°rio do Vale
quarta-feira, 15 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Regi√£o / Secretaria Estadual de Sa√ļde esclarece d√ļvidas sobre febre amarela

Secretaria Estadual de Sa√ļde esclarece d√ļvidas sobre febre amarela

Matéria publicada em 18 de janeiro de 2018, 12:30 horas

 


Rio¬†e Sul Fluminense – A partir das 14h30min, desta quinta-feira (18), especialistas da Secretaria de Estado de Sa√ļde especialistas estar√£o esclarecendo d√ļvidas de internautas sobre Febre Amarela. O bate-papo online, ser√° transmitido ao vivo pela p√°gina do Facebook do Governo do Estado,

Os internautas poderão enviar perguntas pela rede social através da página do Governo do Rio: facebook.com/governodorio. A doença vem fazendo vítimas em diversas localidades do estado. Na Região Sul Flumienense, a cidade com maior incidência de febre amarela é Valença, onde a SES registrou 15 casos suspeitos e três confirmados, sendo que dois deles, morreram por conta da doença.

Em Volta Redonda, um homem de 32 anos, tamb√©m morreu neste fim de semana, ap√≥s retornar de Paraty, onde passou o r√©veillon. A v√≠tima era adepta de caminhadas em matas e chegou em casa, passando mal. Por medidas de seguran√ßa a Secretaria Municipal de Sa√ļde recolheu material para enviar ao laborat√≥rio a fim de detectar poss√≠veis causas do √≥bito.

Em Barra Mansa, a assessoria de imprensa da Prefeitura, informou que a morte do jovem de 19 anos, ocorrida na UTI da Santa Casa de Misericórdia na madrugada desta quarta-feira, dia (17), está sendo investigada pelo setor de epidemiologia da Secretaria, pela Fiocruz e o Instituto Noel Nutels.

Apesar de não apresentar sintomas de febre amarela, a investigação está sendo feita devido ao surgimento de casos da doença em cidades limítrofes com Barra Mansa, como Valença. Os resultados dos exames devem ser concluídos em 15 dias.

Segundo a Secretaria de Sa√ļde, antes de ser encaminhado para a Santa Casa, o paciente deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), onde foi imediatamente atendido e posteriormente transferido para a Santa Casa.

A Santa Casa encaminhou o corpo da vítima para o IML (Instituto Médico Legal), que, através de laudo apontou óbito provocado por edema pulmonar e infecção respiratória.

 

2 coment√°rios

  1. Platão, o Filósofo

    E que tal a Secretaria vir a p√ļblico informar sobre o resultado do exame da morte desses macaco, aqui na regi√£o? At√© hoje s√≥ sabemos das mortes dos macacos; nada al√©m. E se algum engra√ßadinho estiver matando esses animais s√≥ para desesperar ainda mais a alarmada popula√ß√£o?

  2. Link n√£o apresenta nenhum chat….

Untitled Document