segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / TRF determina que Adriana Ancelmo seja transferida para a prisão

TRF determina que Adriana Ancelmo seja transferida para a prisão

Matéria publicada em 23 de novembro de 2017, 18:11 horas

 


Rio – O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) determinou nesta quinta-feira (23), por maioria, que a ex-primeira-dama do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo seja transferida para o regime fechado. Atualmente ela cumpre medida cautelar de recolhimento domiciliar em seu apartamento no Leblon, zona sul do Rio, por ter filhos menores de idade.

A ex-primeira-dama deverá ser levada para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, onde está preso seu marido, o ex-governador Sérgio Cabral, e outros políticos do Rio de Janeiro, entre eles os também ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho.

O relator do processo no TRF2, desembargador Marcelo Granado, considerou que Adriana não pensou no bem-estar dos filhos ao incorrer em atitudes criminosas e pediu a decretação de prisão preventiva dela.

“Foi a própria mãe que por último pensou no bem-estar físico e psicológico dos filhos”, destacou Granado, ao concluir a leitura de seu voto, que durou uma hora e quarenta minutos.

O desembargador Abel Gomes acompanhou o voto do relator e destacou que o uso de tornozeleira eletrônica e prisão domiciliar como medidas alternativas à prisão estão se generalizando no país.

O desembargador Paulo Espírito Santo também votou pela prisão de Adriana Ancelmo em regime fechado e ressaltou que a ex-primeira-dama já recebeu condenação, em primeira instância, a 18 anos de prisão.

A desembargadora Simone Schreiber divergiu do relator argumentando que a ré ainda não havia sido condenada em segundo grau, não vislumbrando requisitos para a prisão preventiva, e destacando que ela tem filhos pequenos.

O presidente da 1ª Seção do TRF2, desembargador Ivan Athié, também divergiu do relator e destacou a falta de uma mãe na vida dos filhos. “A mãe presa, o pai preso, é muito complicado. A legislação busca proteger as crianças”, disse.

6 comentários

  1. A confraria da ocrim corrupta q assolou o estado está completa na cadeia. Três ex governadores, dois ex presidentes da ALERJ, ex secretários estaduais e a mulher do capo. Só está faltando a pé grande. Da inveja a qqr máfia siciliana da decada de 1980. Aí com essa tranqueira toda presa, tranquem as celas e sumam com as chaves antes q o Gigi HC HC solte todos.

  2. Agora falta o Crivela pra compor o time dos evangélicos engaiolados. Aleluia.

  3. Voltou para onde nunca deveria ter saído. Eu ainda acredito na JUSTIÇA. E NA GLOBO NÃO VAI SER PRESO NINGUÉM???

  4. UAUUUUUU!

    Agora só falta aquela arregalada da mulher du Eduardo Cunha.
    Oh Glória!

  5. E o Aécio Neves, e o Perrella, e o Serra, e o Temer, e o Jucá, e o Alckmin que foi delatado já faz seis meses e a PGR não abriu processo de investigação até agora??????? Só trouxa acredita no judiciário brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document