sábado, 20 de abril de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / UBM decreta luto de três dias

UBM decreta luto de três dias

Matéria publicada em 1 de novembro de 2017, 12:48 horas

 


Barra Mansa – O UBM (Centro Universitário de Barra Mansa) decretou luto oficial de três dias pelo assassinato do estudante de psicologia Caio César Alves, de 23 anos, e da tentativa de homicídio em que foi vítima Breno Caneda, de 19 anos, que está internado na Santa Casa de Barra Mansa, onde foi submetido a uma cirurgia e não corre risco de morte. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (01) durante uma entrevista coletiva, no UBM, que contou com a participação de diretores e reitores da instituição.

Mesmo com as aulas suspensas, será realizada nesta quarta-feira (01º), a partir das 18h, uma passeata que sairá da praça do UBM e irá até a Praça da Matriz de São Sebastião, no Centro. A intenção de alunos e representantes do UBM, que organizam o ato, é protestarem contra a violência e reivindicar mais segurança para os moradores.

A diretora acadêmica do UBM, Sheila Filgueiras, disse que os dois estudantes moram em Barra Mansa e são do quarto período de psicologia. Eles estavam juntos quando foram vítimas da tentativa de assalto.

Sheila descartou que o assassinato e a tentativa de homicídio tenham ligação com uma briga, ocorrida momentos antes na universidade, e que envolveu outro do UBM. Segundo ela, foram casos isolados.

– Conversei na manhã desta quarta-feira com a mãe deste aluno e ele se comprometeu a comparecer ao UBM para conversar com a gente. Não vejo relação entre os crimes praticados contra os dois estudantes de psicologia e a discussão  envolvendo esse outro aluno. A mãe disse que seu filho estava muito triste com que ocorreu com Caio e Breno, mas que o caso nada teve a ver com a tentativa de assalto – disse a diretora.

Ela voltou a reforçar que não ocorreram assaltos dentro do campus. Segundo ela, uma jovem, que não é aluna da instituição, também foi assaltada quase no mesmo momento em que os estudantes foram baleados no local conhecido como “buraco quente”, perto do UBM.

O delegado titular da 90ª DP (Barra Mansa), Ronaldo Aparecido de Brito, confirmou que houve uma terceira vítima que foi assaltada minutos antes da tragédia e que ela compareceu à delegacia para fazer a ocorrência policial.

Sheila disse que reitores e diretores estiveram no local do crime assim que escutaram os tiros. Ainda de acordo com a diretora, a jovem relatou a um policial militar que parou um carro e que ela entregou todos os pertences que tinha, e os dois estudantes de psicologia saíram correndo e foram baleados.

coletiva UBM

– Os dois saíram correndo, foi quando um dos assaltantes, “ao Deus dará” (sic), atirou neles. Foi essa a informação que nós tivemos – ressaltou a diretora.

Ela não acredita que familiares das vítimas moverão ação indenizatória contra o UBM, mesmo porque o crime foi praticado fora da instituição.

Sheila informou ainda que fez contado com familiares de Caio se prontificando em prestar qualquer tipo de ajuda, inclusive, ofereceu para que o velório fosse realizado no salão nobre do UBM.

– Estamos extremamente consternados e muito tristes com a ocorrência – disse a diretora.

UBM tranquiliza alunos e pais dos estudantes

O diretor de administração do UBM, Fabiano Miguel, disse que o campus há tempos vem se preocupando com a segurança, tanto no interior da faculdade quanto na parte externa, e no aumento das rondas escolares. Ele citou como exemplo a melhoria recente da iluminação pública.

Ele informou que a partir da agora, será redobrada  a vigilância, assim como todo o monitoramento.

Prefeito pedirá ao Estado reforço na segurança

Diretores e universitários do UBM e representantes de segurança pública do município se reuniram na manhã de ontem com o prefeito Rodrigo Drable (PMDB), em seu gabinete, na sede da prefeitura. O objetivo foi encontrar soluções para a questão da violência não apenas no entorno do campus, mas em toda a cidade. Durante a reunião, ficou definido que será marcada audiência entre a UBM e representantes da Câmara Municipal com o Governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, reforçando o pedido pelo auxílio do Estado na segurança pública municipal.

Segundo o prefeito, o município vem reforçando ao governo estadual o pedido por maior efetivo da Polícia Militar.

– Queremos que a Polícia Militar intensifique suas atividades. Nossa Guarda Municipal está recebendo mais estrutura, como o Centro de Estratégia em Segurança Pública, com a Central de Monitoramento. Nos próximos dias estaremos recebendo nossas novas viaturas. Mas não podemos assumir o que é função da Polícia. Intensificaremos as atividades, mas não deixaremos de cobrar que o Estado faça o que é atribuição sua. Não podemos permitir que o terror que se vive na capital contamine nossa cidade – disse.

Para o Secretário de Ordem Pública, Luiz Antônio Furlani, a segurança é um tema que deve ser debatido em todas as esferas da sociedade. “Queremos essa união entre todas as partes para que o Governo Estadual reforce o efetivo da Polícia Militar em Barra Mansa. Nós da secretaria, através da Guarda Municipal, estamos reforçando as rondas em caráter imediato”, destacou o secretário.

Representantes do UBM, universitários e integrantes das forças de segurança pública se reúnem com Rodrigo Drable (foto: Paulo Dimas)

Representantes do UBM, universitários e integrantes das forças de segurança pública se reúnem com Rodrigo Drable (foto: Paulo Dimas)

De acordo com o presidente da Câmara  Municipal, Marcelo Cabeleireiro, o Legislativo tem buscado soluções para dar maior conforto e segurança para a população. “Estamos nos reunindo frequentemente com a Polícia Militar, cobrando a questão de segurança do município. Nosso objetivo é seguir discutindo formas de como a PM pode auxiliar o nosso Poder Público, que tem buscado fazer seu papel da melhor forma possível”, declarou.

Guarda  intensificará rondas

A Ronda Escolar, formada por agentes da Guarda Municipal e Polícia Militar, será intensificada a partir da próxima semana, com a chegada de duas viaturas. O serviço é feito das 7 às 22h, atendendo as instituições de ensino do município.

Segundo o Comandante da Guarda Municipal, Joel Valcir, a chegada das novas viaturas possibilitará uma prevenção maior de crimes nas instituições estudantis, como o assalto que ocasionou a morte de um estudante de 23 anos próximo ao UBM, na última terça-feira.

Para o assessor institucional do UBM, Mário Sila, a universidade tem incentivado os alunos a buscar melhorias na segurança, tanto no aspecto estudantil quanto de sociedade civil.

De acordo com o secretário do DCE (Diretório Central dos Estudantes) do UBM, Tiago Moraes, os alunos têm reivindicado uma segurança maior ao redor do Campus Barra Mansa. “Estamos pedindo uma maior efetividade ao Poder Público. Vamos nos organizar nos próximos dias para cobrar e pressionar a Polícia Militar por uma maior efetividade na segurança durante a saída dos alunos”, finalizou.

 

L



Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Avatar

    O crack está solto em Barra Mansa, para ir estudar os universitários que tem que atravessar a ponte do Ano Bom à noite, ou ir para a rodoviária passam por perigos…

  2. Avatar

    Um absurdo, a UBM é uma vergonha de escola temos reclamado tanto em relação a segurança e ela esperou morrer um colega nossa pra tomar previdências, não temos segurança lá dentro, aconteceu uma uma briga lá dentro e quem disse que ao menos tinha um segurança para separar? VERGONHA!

    • Avatar
      Morador de Barra Mansa

      Vergonha é botar a morte do estudante na conta da UBM.
      Segurança é dever do Estado, cobre das autoridades.

  3. Avatar
    Luciano Alves Camargo

    Sou Tio do Caio e gostaria de passar algumas informações que divergem das publicadas nas matérias com relação ao caso: primeiro: o nome correto do Pai do Caio (meu irmão) era JOSÉ ALCIR ALVES CAMARGO. Segundo: as vítimas não correram como consta, haja visto, que os tiros atingiram o Tórax e o abdômem do Caio, ou seja, caso tivessem tentado correr seriam atingidos pelas costas ou na pior das hipóteses na nuca. E por fim, estive pessoalmente, com meu irmão Cláudio, na Delegacia, o que nos foi prestados todos os auxílios possíveis, inclusive podemos constatar o empenho da equipe em elucidar o quanto antes o caso. Fomos muito bem atendidos por todos, inclusive o Dr Ronaldo, que nos prontificou total empenho. Grato pela oportunidade de esclarecimento.

  4. Avatar

    “Prefeito pedirá segurança a governador.” Pedir segurança a desgoverno, Desacreditado!?

  5. Avatar

    Precisamos de patrulhamento em toda a Barra Mansa, nao só no centro. Nova Esperança esta tendo tiroteio atoa.

  6. Avatar

    Infelizmente Barra Mansa e Volta Redonda estão se tornando terra de ninguém. Nós pessoas do bem e trabalhadores somos cada vez mais encurralados pela violência e criminalidade que toma conta deste país. Graças a impunidade, o governo está mais preocupado quem ser a favor/ contra medidas de ideologia de gênero que esquece que o principal problema é a bandidagem e corrupção…. Pelo amor de DEUS salvem este país.

Untitled Document