sexta-feira, 30 de julho de 2021 - 00:44 h

TEMPO REAL

 

Capa / Aniversário de Volta Redonda 2021 / Voltaço leva o nome da cidade para gramados do Brasil

Voltaço leva o nome da cidade para gramados do Brasil

Matéria publicada em 17 de julho de 2021, 16:05 horas

 


A primeira partida oficial do time de Volta Redonda foi em 1976

O Volta Redonda FC surgiu em 9 de fevereiro de 1976 para se tornar o representante oficial da cidade de Volta Redonda no novo Campeonato Carioca daquele ano, que estava sendo reformulado na época. Desde então, o Esquadrão de Aço vem levando as cores e o nome do munícipio pelos gramados do Brasil.

Do sul ao norte do país, o Esquadrão de Aço vem entrando em campo e colecionando momentos marcantes, que, com certeza, estão gravados com muito carinho na memória de todo voltarredondense.

A primeira partida oficial em 1976; o amistoso com a Seleção Brasileira às vésperas da Copa do Mundo de 1994; o vice-campeonato da Série C e a Copa Rio sobre o Fluminense, dentro das Laranjeiras, ambos em 1995; o acesso à Série A do Estadual em 2004; a inesquecível invasão do Maracanã, o título da Taça Guanabara e o vice-campeonato Estadual, tudo em 2005; a Taça Rio de 2016, conquistada sobre o rival Resende; e a Série D do Campeonato Brasileiro de 2016, o maior título da sua história conquistado de forma invicta e dentro de casa, em um Raulino de Oliveira lotado, dentre tantas outras conquistas.

Lembranças que fazem o atual presidente tricolor Flávio Horta reafirmar o orgulho que o Esquadrão de Aço tem em levar o nome da cidade pelo Brasil e até pelo mundo, como quando as categorias de base do clube conquistaram um torneio em Portugal.

– Como diz o nosso hino, somos o time de Volta Redonda, terra de trabalho e paixão. Por isso, a instituição Volta Redonda FC tem um orgulho imenso em levar o nome da cidade por onde passa. É muito gratificante você chegar no Norte e Nordeste do país, como estamos atualmente viajando bastante por conta da Série C, e as pessoas reconhecerem a bandeira, as cores e o nome de Volta Redonda, mesmo a milhares de quilômetros de distância. E isso não é só de agora. Em toda a sua história, o Voltaço é muito querido por onde joga, sempre foi muito bem recebido, tanto o time quanto seus torcedores, e isso faz a cidade ser muito bem quista por todos – destacou.
Flávio Horta ressaltou também que, junto com o orgulho, vem a responsabilidade de representar a cidade.

Volta Redonda joga contra o Ferroviário do Ceará, em Fortaleza (André Moreira)

– Como já falei muitas vezes, ficamos extremamente felizes por levar o nome da cidade de Volta Redonda, mas também temos a consciência da responsabilidade que é estar representando o nosso município. Por isso, vamos sempre procurar fazer o nosso melhor. Hoje, o Voltaço é a 5ª força do Estado do Rio no Ranking de Clubes da CBF, jogamos a Copa do Brasil, estamos há 6 anos disputando a Série C e queremos alcançar este acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, temos uma categoria de base muito forte, que forma muito jogadores para o nosso elenco profissional e também para grandes clubes do Brasil, mas queremos e vamos buscar sempre mais, para que o nome da cidade de Volta Redonda ganhe cada vez mais destaque no cenário nacional – destacou o mandatário tricolor, que aproveitou para desejar os parabéns para a cidade de Volta Redonda.

– Hoje a família Voltaço está em festa, porque a nossa querida cidade está completando mais um ano de muita história, lutas e conquistas. Que o futuro reserve muitas glórias para a nossa amada Volta Redonda e, claro, para o nosso Esquadrão de Aço – comemorou.


Entre a cruz e a cafeína, a História de Volta Redonda
‘Já temos alguns bons motivos para celebrar’
Arena Kart de Volta Redonda recebe entusiastas da velocidade
CSN investe em grafeno e inicia pesquisas para sua aplicação
Um salto da industrialização para o setor do comércio
Estrutura hospitalar é reforçada e vacina contra Covid-19 avança
Voltaço leva o nome da cidade para gramados do Brasil
Câmeras de alta definição monitoram Centro e bairros
História nas ruas do município é marcada por obras de arte
Programação dos 67 anos inclui carreata em pontos históricos
Comemorações terão lives de dois grupos em redes sociais


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Voltaço não ganha nada em 2021, ou pior, enquanto o Neto for prefeito não ganhará nada além da vergonha.

  2. Se somos a 5ªforça no futebol do estado do RJ, então mais do q passou da hora de os dirigentes pressionarem parlamentares e o governo federal para nos incluir no Timemania em substituição a alguns desses 3 times que há anos não disputam nenhuma competição nacional e tampouco estão na disputa da 1ª divisão do estadual : Olaria, Americano de campos e América.
    Até porq o Voltaço têm apresentado boas performances e para isso gasta-se muito com viagens e hospedagens Brasil a fora e montando/contratando jogadores para termos no mínimo um time mediano.
    O Timemania traz receita$, e do jeito que está transferi dinheiro para um clube como o Olaria QUE NEM DISPUTANDO CARIOCA TÁ. Enquanto que o VR, que vem mantendo ha anos um trabalho sólido e sério, fica de fora dessa “ajuda” federal. VAMOS ACORDAR DIRETORIA E POLÍTICOS DA REGIÃO !!!

  3. Dragão do Voltaço

    Parabéns, Voltaço. Orgulho por você existir. A torcida ainda vai ter muito o que comemorar. Eu, pessoalmente, quero ver o Voltaço ganhar três títulos em especial: a série C do Brasileirão, a Copa Rio, e principalmente a Copa do Brasil.

  4. Sem apoio nenhum de empresas da cidade, prefeito não ajuda, poderia conseguir patrocinadores. Mesmo assim , sozinho o VOLTAÇO segue sua luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document