sábado, 17 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Aniversario de Volta Redonda / A experiência de Volta Redonda

A experiência de Volta Redonda

Matéria publicada em 17 de julho de 2019, 11:02 horas

 


Estar na cidade é uma sensação única, pessoal e intransferível, mas podemos compartilhá-la

Volta Redonda – Volta Redonda é uma experiência. É a soma das sensações que temos ao percorrer a cidade, das lembranças que acumulamos ao longo do tempo que passamos nela, da interação com as pessoas, com o meio ambiente, com as instituições, com as empresas… a Volta Redonda do autor desta crônica é única, só existe no seu cérebro, assim como únicas são as Voltas Redondas de cada pessoa que lê estas palavras. Mas é possível dividir essas impressões e ver em que elas combinam.

A cidade é uma paisagem impressionante, quando vista de cima do Viaduto Nossa Senhora das Graças, olhando para a Vila Santa Cecília, principalmente quando o sol está por trás do perfil irregular das edificações que compõem a CSN. À noite, quando o oxigênio cuspido da Aciaria ilumina o céu com suas chamas, a cidade é divertida para o morador que assiste ao assombro do recém-chegado ou do visitante.

Para os sentimentos, é diferente: já não temos aquela sensação de conhecer todos os moradores, tão comum onde o número de habitantes é menor, mas felizmente ainda não passamos pela sensação opressora da solidão em meio a um mar de gente, que assombra os moradores das megalópoles.

Volta Redonda faz 65 anos. Para um ser humano, é bastante tempo, mas para uma cidade, mesmo em um país jovem como o Brasil, é quase nada. Enquanto o município alcança a metade de sua sétima década, os vizinhos do mesmo porte contam seu tempo, em sua maioria, com séculos.

Neste pouco tempo, quanta história existe nesses 182,5 quilômetros quadrados.  O marco inicial do processo de industrialização brasileiro, com a primeira siderúrgica de grande porte; o período da área de segurança nacional, com seus prefeitos nomeados; a marca dolorida da greve de 1988, com seus três mortos e a comoção nacional que isso gerou. A privatização da CSN, que tanto medo e preocupação gerou na cidade, gerando discussões até hoje, mas que culminou com uma empresa mais forte e  uma cidade que assumiu a vocação de polo industrial, de comércio e de serviços.

O passado

A Volta Redonda particular do autor tem o gosto do cafezinho preto em um bar da Avenida Amaral Peixoto, a sensação de pertencimento ao encontrar grupos de amigos no espaço entre dois edifícios de escritórios ou no Beco da Gordura, na Vila Santa Cecília.

Há os sabores dos restaurantes tradicionais, alguns deles , a sofisticação dos cafés da manhã e refeições no restaurante do belíssimo Hotel Bela Vista.

Havia a boemia no Aterrado, as discotecas nos clubes e nas casas noturnas abertas exclusivamente para isso, a cultura em cineclubes e teatros, e as minhas amadas livrarias e sebos.

Havia a beleza diurna e a cautela noturna ao andar pelo Jardim dos Inocentes, a alegria quase infantil de passear pelo Zoo Municipal, que nos tempos de juventude do autor ainda se chamava Horto Florestal.

O Recreio do Trabalhador, com seu ginásio, onde o autor assistiu deslumbrado a um show dos Harlem Globe Trotters, e a piscina onde as primeiras braçadas foram dadas e onde os Aqualoucos faziam apresentações nas datas comemorativas.

No Recreio também aconteciam, antes de haver o ginásio da Ilha São João, os Jogos Estudantis. Escolas tradicionais, como o Macedo Soares, o Volta Redonda, o Batista, o ICT,  o Getúlio Vargas e o João XXIII, da Fevre, se enfrentavam em disputas de futebol de salão (não era futsal, não, a bola era pequena, pesada, dura e não quicava), basquete, vôlei e handball.

Nessa quadra, um dos nomes que brilharam foi o de uma certa Rose Vilela, exímia jogadora de handball e, bem depois, mãe de um certo Thiago Pereira, nadador de brilhos olímpicos e pan-americanos.

Falando em esporte, sempre existirá a sensação de ver os carrinhos barulhentos fazendo curvas impossíveis para o comum dos mortais no kartódromo do Aero Clube, e de ver o avião do Major Braga (diziam-me que era esse o nome) fazer voos rasantes sobre a cidade, antes de alguma apresentação da Esquadrilha da Fumaça, que usava a excelente pista de pouso do mesmo Aero Clube.

Nessa pista, chegavam e saíam aviões transportando autoridades. O local chegou a receber voos comerciais, mas depois, o crescimento da cidade tornou perigosa demais a sua operação como aeroporto.

Hoje

A Volta Redonda particular deste cronista improvisado, em  2019, é feita de sensações mistas: há a alegria por ser uma terra de trajetos curtos: isso porque o trânsito já reflete o fato de sua frota contar com um veículo para cada dois habitantes, engarrafando com frequência. Há o orgulho de ver passar o silencioso e gratuito ônibus elétrico.

Há sabores de todas as origens: dos pratos nordestinos à culinária japonesa, passando por delícias árabes e por uma variedade de especialidades que chega a espantar, incluindo, com destaque, a comida mineira – aliás, olhada a origem dos moradores, Volta Redonda é provavelmente mais mineira do que fluminense.

Há a modernidade dos dois shoppings, uma marca do século XXI em uma cidade nem existia na primeira metade do século XX.

Ainda no comércio, há a força de diversas marcas nascidas nesta terra, como as redes de drogarias e farmácias que saíram daqui para a região e até para a capital do Estado do Rio, de uma rede de lojas de cama, mesa e banho, dos supermercados, das lojas de material de construção, como a, e de dezenas de marcas das grandes capitais que enxergam o potencial local.

Temos hoje uma quantidade de estabelecimentos de ensino superior invejável, oferecendo cursos nas mais diversas áreas do conhecimento, e toda a agitação que a presença de milhares de estudantes nos proporciona.

Volta Redonda pode se orgulhar de sua rede de serviços, com muitas e modernas agências bancárias; tem redes hospitalares pública e particular que se tornaram referência regional e até nacional.

E, deixando para o fim a vocação maior da cidade, temos a indústria, hoje indo bem além da CSN: beneficiadoras de aço, fábricas de cimento, produtoras de massas alimentícias, nada menos do 538 estabelecimentos industriais, com 18.976 empregados diretos. E, a caminho, um polo metalmecânico que vai reforçar a justiça do apelido de “Cidade do Aço”.

Leia mais:

quadrado-vermelho-5 A experiência de Volta Redonda
quadrado-vermelho-5 Voltaço projeta a cidade em novas divisões
quadrado-vermelho-5 CSN detalha investimentos para melhorar eficiência ambiental
quadrado-vermelho-5 Legado verde para o futuro da cidade
quadrado-vermelho-5 Uma associação que guarda a história de Volta Redonda e da Siderurgia Nacional
quadrado-vermelho-5 Câmara adota projetos para se aproximar da população
quadrado-vermelho-5 A Cidade da curva do rio no mapa das curvas do automobilismo
quadrado-vermelho-5 Atividades da prefeitura para celebrar aniversário seguem até dia 28
quadrado-vermelho-5 Samuca: ‘Orgulho de exercer a prefeitura de Volta Redonda’

Prefere ler na versão PDF?

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

40 comentários

  1. Avatar
    Rodrigo Rezende Pizzolante

    Sou mineiro e vim para Volta Redonda com 1 ano de idade, a cidade me escolheu e eu escolhi a cidade! Não troco Volta Redonda por nenhuma cidade do mundo, trabalho no Rio mas moro em Volta Redonda por opção, aqui cresci, fiz amizades verdadeiras, me instrui e me formei na EEIMVR – UFF e aqui escolhi para criar meus filhos.

    Cidade bonita sim, como a Vila Santa Cecília, Rua 33, Recreio do Trabalhador, Bela Vista, CFCSN, kartódromo Internacional, Raulino de Oliveira, Praça Brasil….

    Cidade de pessoas simpáticas, humildes e trabalhadoras.

    Amo tudo nessa cidade: Voltaço, suas cores, seu clima, a população, posição geográfica e etc…

    Quem não está satisfeito que a deixe!

    Parabéns Volta Redonda te amo!

  2. Avatar

    volta redonda representa um câncer instalado no Sul do Estado.

  3. Avatar

    resende e a cidade que mais vem crescendo no sul do rio ,cada dia vem chegando so empresas grande com grande numeros de empregos,para toda populaçao da regiao, v redonda tirando a csn cade a cidade ?

    • Avatar

      Onde que Resende está gerando empregos? As montadoras vêm demitindo há muitos anos. Olha o noticiário da imprensa aí e veja qual cidade mais vem gerando empregos há mais de um ano!! VR é a líder não só na região, mas no ESTADO INTEIRO. Pesquise aí os órgão de estatística… E não é por causa da CSN não, é devido à sua condição de capital regional (reconhecida pelo IBGE e uma das duas únicas no estado, juntamente com Campos) que contribui para que a cidade sedie vários órgão e repartições públicas, privadas, hospitais (a UNIMED gera mais de 1,4 mil empregos bem remunerados e está em expansão), comércio, setor financeiro e demais prestadores de serviços que geram empregos mais intensivamente que a indústria… As cidades evoluídas do mundo geram empregos assim, não em fábricas, que ficam nas periferias urbanas ou no interior…

      O que existe em Resende além da Dutra? A cidade não tem nada. O comércio local é fraco, as maiores e melhores lojas são as de rede. Até as pessoas de maior poder aquisitivo são de fora, o resendense ficou com os piores empregos… Resende se restringe à Dutra e seu entorno, não há vida além dela…

    • Avatar

      fonte dessa informaçao?

  4. Avatar

    VR primogênita de BM.

  5. Avatar

    Cidade muito simpática e acolhedora. Gosto muito de me isolar de tudo e todos, seja para estudo ou lazer, sempre que vou aí. Sem dúvida, uma das cidades mais desenvolvidas do estado.

    • Avatar
      Pião Felizão CSN

      Esse ai não deve conhecer nada de nada, é melhor você começar a viajar para saber o que é uma cidade simpática e acolhedora, volta redonda se resume a CSN o resto é pasto.

    • Avatar

      Pião Felizão CSN

      VAI VENDO ele é mais um dos assessores samukets que aparecem por aqui em ano de pré-eleições e nas campanhas.

  6. Avatar

    Numa coisa ela é maior, na proporção de cornos por metro quadrado kkkkk

  7. Avatar

    Eu tenho orgulho de Volta Redonda, pois nas eleições para prefeito e vereador em 2016, o povo não votou em nenhum candidato do PT, do PSTU, do PCdoB e do PSOL, ou seja, o cidadão volta-redondense mandou os comunistas saírem da cidade e não voltarem nunca mais!!!

    • Avatar

      Saíram nada, agora eles estão escondidos no PSB e PDT a espera do Lula, Rei dos Comunistas para novamente se manifestarem.

    • Avatar

      Comunista onde banqueiro fatura trilhões
      Gênio

      Essa inteligência sub-zoologia dessa gente vai acabar de enterrar o Brasil

    • Avatar

      Quanta baboseira e cegueira juntas! Se dependesse dos políticos dessa linha política que vc apoia e defende, Volta Redonda não existiria!

    • Avatar

      Aloisio Jessé, ontem foi divulgado que os grandes bancos doaram 50 milhões de reais para o PT, deveras pois nunca antes os banqueiros tinham lucrado tanto quanto nos governos petistas apoiados pelos comunistas!

    • Avatar

      Divulgado aonde ?
      No antagonista???

      Ora, tenha paciência

  8. Avatar

    VR pode ser muito melhor. Afinal temos apenas 65 anos, mas muito a aprender e desenvolver, isto se aparecer um Administrador Público profissional, não aquele que diz que é sendo outro profissional, como contador, empresário, administrador de empresas, etc.

    • Avatar

      Nosso prefeito, eleito de forma democrática com maioria dos votos está investindo em capacitações em TODAS as secretarias da prefeitura dentro da metodologia de Excelência em gestão pública, do governo Estadual, que é claro que você desconhece.

      Aliás você não conhece absolutamente nada, só gasta o tempo livre que tem (pois é desempregado) fazendo politicagem rasteira aqui nos comentários.

      Até o Stevie Wonder já descobriu você.

      Procure saber sobre o programa para ser menos imbecil. Google tá aí pra ajudar você a passar menos vergonha sobre desinformação total.

    • Avatar

      alguém fala pra este rapaz vai vendo que aqui não é palanque não

      qualquer reportagem de qualquer assunto ele retorce pra falar do prefeito. isso é um belo de um palhaço

    • Avatar

      Ricardo Malesch

      Vc já viu as contas públicas do seu prefeito?

    • Avatar

      Vi, e estão ótimas

      Comparadas a do seu marido pelo qual você milita aqui todos os dias, parece uma cidade da Dinamarca… Hahaha

  9. Avatar

    Excelente texto!
    Incluiria a inauguração das Lojas Americanas e das Lojas Molica que foram um marco para a Cidade, A Escola Pandiá Calógeras , a belíssima Festa Junina frente a Pandiá Calógeras, coisas mais que eu nascida em 1948 na Cidade conheci.
    As tardes do Clube Umuarama. Os Aqualoucos que anualmente apresentavam no Parque Aquático do Recreio dos Trabalhadores.
    Sim VR é singular.
    Parabéns Cidade querida!
    Quanto ao Prefeito – está aprendendo a ser Prefeito e querendo fazer o melhor. Vamos apoiar e respeitar o Dirigente da Cidade. Ao final dos 4 anos, teremos o tempo de dar a devida resposta.
    Mania que temos de fazer oposição por vezes levanta questões nem tanto necessárias. Oposição temos que fazer no momento das eleições.

  10. Avatar

    nasci a 36 anos aqui…frequento outras cidades a trabalho e digo…vr é insuperavel..gosto demais daqui…parabens a VR

  11. Avatar

    Quanto mais conheço outros lugares, mais tenho certeza de que moro no lugar certo. Orgulho imenso de ter nascido nesta emblemática cidade. Há poucos lugares no mundo com características singulares e únicas, e VR é um deles… Com os pulmões cheios de fuligem, o coração repleto de ânimo e um corpo com disposição de atleta, é uma cidade cheia de dicotomias: bela ao mesmo tempo que feia; cinza ao mesmo tempo que verde; pulsante e acolhedora; reservada e carismática…

    O lugar onde desde outrora o rio Paraíba do Sul, sabedor do futuro magnificente da plaga que banhava, fez questão de se curvar, em reverência… Parabéns, minha querida Volta Redonda!

    • Avatar

      Esqueceu de dizer que você tem uma enorme capacidade de escrever besteiras, meu “amigo” essa cidade é feia demais, é praticamente a filial do inferno é o pior lugar do Sul do estado para viver.

    • Avatar

      Do mundo??? Você fumou uns dos bons kkkkk

    • Avatar

      Volta Redonda é a única cidade de verdade no Sul Fluminense. O resto é mato e vilarejo, esconderijo de bichos silvestres como vcs, que de vez em quando são registrados vindo revirar lixo na cidade…

      Guarde teu despeito em um lugar recôndito de tua anatomia. Apesar de grande, acho que cabe… VR é a única cidade do Sul Fluminense e o único lugar que importa para mim, quer vc concorde ou não, verme…

    • Avatar

      Os cães ladram, a caravana passa. Belo texto, Al Fatah! Parabéns Volta Redonda, a maior, melhor e mais completa cidade do Sul do estado!

    • Avatar
      Pagador de impostos

      Exageros à parte, meu caro, eu concordo com você. Com todos os seus problemas, nossa cidade ainda é um dos bons lugares para se viver nesse nosso país.

  12. Avatar

    Quem nasce aqui pode até passar algum tempo fora por razões profissionais ou educacionais, mas logo quer retornar

    PARABÉNS, CIDADE DO AÇO
    NOSSO BERÇO

  13. Avatar

    Excelente texto! Nasci aqui em 1984 e já tenho um tempo de vida para comparações e parâmetros. Temos muitas histórias de vitórias e relevância. Nossa cidade vence superando obstáculos que freiam o crescimento, como boa parte de um relevo acidentado, por exemplo.

    Em pouquíssimo tempo de vida, já somos mais que várias cidades, e estou comparando com cidades condicionadas ao crescimento, e não com as que sempre foram menores desde a criação. VR está em constante expansão imobiliária, mesmo num momento econômico terrível do país.

    Creio que já passou da hora de haver uma intervenção na nossa ideia de trânsito, como sugerido de forma excelente em um estudo contratado do Plano Diretor de 2008.. Fazendo pequenas adaptações pela defasagem de 10 anos. Quem nunca viu a proposta apresentada, deveria ver.. Ainda é possível achar na internet. Foi paralisada por causa das condições de empréstimo da quantia necessária. Mas é necessário levantar alternativas. E sem essa paranoia em congitar rodízio de veículos. Nossa estrutura viária é excelente e supre nossas necessidades.

    VR nasceu pra ser grande. Apenas 65 anos e somos relevantes e conhecidos em nível nacional.. Nem as imensas áreas de domínio da CSN diminui nossa expansão. Mas o sonho de todos nós seria ter de volta o terreno do Aero Clube para vários investimentos imobiliários verticais, parque verde urbano de excelência, etc..

    Parabéns, VR!

  14. Avatar

    Esta cidade é pulsante, marcada por uma história rica e cheia de desafios. É dinâmica, audaciosa e todos os dias enfrenta obstáculos, crises, altas e baixas. E ainda sim, uma jovem cidade perto das centenárias, tem uma representatividade e importância Nacional. É invejada por muitos e amada por muitos mais. O Sul Fluminense se resume em Volta Redonda, a cidade que acolhe a todos os seus habitantes e seus vizinhos de diferentes cidades . É um orgulho imenso ter Volta Redonda aqui, perto de nós. Parabéns VR !

  15. Avatar

    É uma pena pois pensávamos que o Novo prefeito e seus vereadores. Iriam crescer mais a Cidade trazer mais segurança LAZER SAÚDE esporte. Mais só criou moinhos de vento. Invasão de terras desmatamentos invasão de OBRA do governo no bairro BELMONTE destruição de patrimônio público. Almento de jovens consumidores de bebidas alcoólicas.

  16. Avatar
    Pedro Francisco da Silva Neto silva

    Sou Voltaredondense de coração pois quando aqui cheguei foi a cidade que me abraçou há 47 anos atras .Já sair daqui pra outros lugares a trabalho mais nunca quis sair em definitivo pois sempre gostei da cidade .Gosto muito deste lugar ,torço pra que melhore mais ainda .

    Parabéns Volta Redonda .

    Parabéns Voltaço

  17. Avatar

    Sinto orgulho de ter nascido nesta cidade, vivido nela e nela criei minha família.
    Nasci em 1952 quando ainda Volta Redonda era um distrito de Barra Mansa, no antigo hospital da CSN , no acampamento Central.
    Orgulho também de meu pai ter sido um dos emancipadores dessa cidade e autor da música do Hino oficial da cidade, embora isto não o tenha rendido nenhuma homenagem dos políticos nomeando um bem público com seu nome.
    Apaixonado pelas coisas de nossa Cidade, pelo Voltaço que nos representa e também é ignorado pelas autoridades. E triste pelas agressões sofridas pela poluição da CSN.
    Mas Volta Redonda nasceu para ser grande e segue em frente ultrapassando todos os obstáculos.
    PARABÉNS VOLTA REDONDA QUERIDA. TE AMO.

Untitled Document