segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Bastidores e Notas - Por Aurélio Paiva / A nova seita fundamentalista de pessoas que não creem em Deus

A nova seita fundamentalista de pessoas que não creem em Deus

Matéria publicada em 25 de outubro de 2015, 10:00 horas

 


O fundamentalismo ganha uma outra face na Internet, que virou palco de troca de acusações entre fanáticos religiosos e fanáticos ateus

wp-coluna-bastidores-e-notas-aurelio-paiva

Não há nada mais chato que fundamentalistas religiosos nas seções de comentários dos sites da Internet e nas redes sociais. No Brasil estes fundamentalistas eram até pouco tempo, por razões óbvias, quase todos de algumas denominações cristãs.

Mas agora um novo grupo fundamentalista invadiu a Internet: os fundamentalistas ateus.

Tão ou mais chatos que os primeiros. Se tem uma notícia sobre religião em um grande portal, pimba! Lá estão os dois grupos se digladiando no mesmo nível.

O primeiro grupo prometendo ao outro o inferno espiritual. E o outro condenando o primeiro ao inferno intelectual.

Mistura de moda moderninha com ciência mal lida, o fundamentalismo ateu não tem nada a ver com ateísmo ou agnosticismo. Ateus não acreditam em Deus e pronto. Agnósticos são céticos: a existência ou não de Deus não pode ser provada nem negada com base nas evidências atuais.

O ateísmo fundamentalista é diferente. É tão dogmático e radical quanto qualquer fundamentalismo religioso. Com sua fé inabalável de que Deus não existe, vivem pelas redes sociais pregando o evangelho que aprenderam depois de ler “Deus, um delírio”, espécie de catecismo ditado pelo papa desta neorreligião, o biólogo inglês Richard Dawkins.

Como todo fundamentalista, são intolerantes com aqueles que não professam sua fé. Qualquer um que tenha uma religião é por eles considerado herege, burro, ignorante e desinformado. E tome xingamentos nas postagens.

Também dentro da lógica fundamentalista, consideram-se os eleitos. Não por um deus espiritual, claro, afinal são ateus. Mas eleitos pela genética. Seus genes-deuses-criadores lhes deram uma aptidão intelectual superior e outorgou-lhes a verdade absoluta – incompreensível aos demais mortais.

Como esta é uma das seitas fundamentalistas que mais tem crescido no país, vale a pena conhecer mais algumas de suas características.

Síndrome de vampiro

Se passo em frente à sede do STF (Supremo Tribunal Federal) e vejo a estátua da deusa grega Têmis com os olhos vendados, uma mão segurando uma balança e outra uma espada – símbolo da Justiça – não me sinto minimamente incomodado.

Não acredito na deusa pagã, portanto sua estátua em nada me altera.

Os ateus fundamentalistas também não se incomodam com aquela estátua.

Mas se desesperam quando veem o crucifixo na sala do plenário do STF. Fizeram sistemática campanha pela retirada do objeto, em nome do “estado laico”. Sem saber, provavelmente, que aquele painel do plenário do STF é uma obra de arte.

O painel de mármore é do escultor Athos Bulcão e o crucifixo, feito para ficar naquele local previamente desenhado, é do escultor Alfredo Ceschiatti (o mesmo que fez a referida estátua da deusa Têmis).

Ah, sim: o painel e o crucifixo fazem parte do conjunto de Brasília tombado como patrimônio cultural da humanidade.

Os talibãs do ateísmo ainda não pediram a derrubada do Cristo Redentor ou das igrejas de Ouro Preto, mas têm horror a qualquer cruz. Há até uma associação chamada “Atea” que vive de buscar locais públicos onde haja não apenas crucifixo, mas qualquer cruz, para pedir sua retirada judicialmente.

Como será que nossos inquisidores tupiniquins fariam para viver em um país em que a cruz estivesse na própria bandeira, tais como: Suíça, Suécia, Áustria, Dinamarca, Grécia, Portugal, Espanha, Austrália, Reino Unido e Noruega, por exemplo?

Estranha esta antipatia à cruz. Se não acreditam, por que tanto lhes incomoda?

É o fundamentalismo religioso vampiresco: cruzes lhes constrangem. Fazem-lhes mal.

Seita esquisita.

Complexo de superioridade

Os ateus fundamentalistas rezam em louvor aos próprios genes. A seleção natural os levou a uma categoria humana intelectualmente superior. Têm um misto de pena e raiva do resto da humanidade – aquela gente com genes inferiores que crê que o universo foi criado por alguma entidade.

Como os fundamentalistas ateus se consideram geniais, louvam os grandes cientistas como exemplos de que a ciência é tudo – e a religião nada mais é que o entrave obscurantista ao desenvolvimento científico.

E o mais engraçado é que muitos deles acham (por pura fé) que os grandes cientistas da história, em que se espelham, foram ateus.

O monge agostiniano Gregor Mendel – pai da Genética – deve estar se revirando no túmulo ao descobrir o que fizeram com a ciência que ele criou.

A própria criação do método científico teve três grandes responsáveis: Roger Bacon (monge franciscano), Francis Bacon (teísta e alquimista) e Descartes (que acreditava que a própria filosofia provava que Deus existe).

Antes disso o frade franciscano Guilherme de Ockham havia criado um modelo lógico de raciocínio, aplicado até hoje no método científico, chamado de “navalha de Ockham”.

 Ninguém queimou Galileu

Prosseguindo na lista de cientistas, Copérnico era clérigo católico.

Galileu foi católico até a sua morte por velhice (não, nem ele nem nenhum cientista morreu queimado pela Inquisição).

Embora condenado pela Inquisição especialmente por fazer chacota dos conhecimentos científicos do papa (de quem até então era amigo), Galileu nunca conheceu nem tortura e nem uma cela de prisão. Foi permitido, como confinamento, morar em um palácio de um amigo, o Grão-Duque da Toscana.

Isaac Newton, o pai da Ciência Moderna, era cristão (mas anti-católico). Também era alquimista. Profundamente crente, mais de 80% da sua produção intelectual foi sobre assuntos religiosos, alquimia e numerologia. Considerado também o pai do cálculo junto com Leibniz (católico fervoroso), levou anos tentando calcular a data do apocalipse e da volta de Cristo.

Einstein não acreditava em um Deus intervencionista. Contava que acreditava no “Deus de Spinoza”. Algo como Deus sendo parte de tudo.

A lista é longa: Kepler, Faraday, Planck, Bohr, Kelvin, Fleming, Von Braun, e vai por aí.

Na verdade não se encontram muitos ateus entre os gigantes da Ciência. Suas ideias não foram tão frutíferas. Por exemplo, já no século XIX, os cientistas ateus acreditavam que a vida nascia de “geração espontânea”. Achavam que panos velhos viravam ratos e que cadáveres putrificados se transformavam em moscas e rãs.

Quem pôs fim a esta ideia maluca foi Louis Pasteur, católico.

 Interpretação literal da Bíblia

O escritor indiano, naturalizado americano, Dinesh D’Souza disse uma frase curiosa, em uma palestra:

Só conheço dois grupos que fazem a interpretação literal do Gênesis da Bíblia: uma minoria de fundamentalistas cristãos e os militantes ateus.

De fato. Estes dois grupos fundamentalistas insistem em ficar discutindo, entre si, que a sequência do Gênesis da criação não é cientificamente correta.

Mas quem diabos disse que o Gênesis é a história científica da criação?

A Bíblia é um livro religioso, não um manual de ciências. Sua narrativa veio de histórias orais depois consolidadas em escritas.

Agostinho de Hipona, canonizado Santo Agostinho pelos católicos, por volta do ano 370 da Era Cristã já havia concluído, por exemplo, que os “seis dias” da criação no Gênesis não eram dias como os que concebemos hoje. Aliás, ele destacava que o tempo nasceu junto com o próprio universo (e estava certo, de acordo com a Teoria do Big Bang).

Agora, em pleno Século XXI, vemos estes grupos discutindo algo que já foi compreendido há quase 1.700 anos.

 E a Teoria da Evolução?

Mas a Teoria da Evolução não vai contra os princípios cristãos?

Mais uma vez só os dois grupos fundamentalistas opositores pensam assim.

Em 1950, o papa Pio XII descreveu a evolução como uma abordagem válida do desenvolvimento humano. Em 1996, o papa João Paulo II foi mais longe e colocou a Teoria da Evolução como fato. Em 2008, o papa Bento XVI também considerou a teoria válida e salientou que “ciência e religião não devem se misturar”.

Há um ano, em outubro de 2014, o papa Francisco declarou que “a evolução da natureza não é incompatível com a noção da criação”. E acrescentou:

– Quando lemos a respeito da criação em Gênesis, corremos o risco de imaginar que Deus era um mágico, com uma varinha capaz de fazer tudo. Mas não é assim.

A maioria absoluta dos cristãos católicos e evangélicos não faz a interpretação literal do Gênesis.

Já ateus fundamentalistas costumam gastar longo tempo dissertando sobre o tema.

Religião e violência

Por fim, a pregação final da seita fundamentalista ateia é que o mundo seria melhor sem nenhuma religião. Violências, guerras e atrocidades foram cometidas em nome de Deus.

Verdade.

Vejamos, por exemplo, o caso do cristianismo

Só a famosa Inquisição Espanhola matou mais de 2 mil pessoas.

Se somarmos a Inquisição, as cruzadas e a queima de bruxas o número pode chegar a 200 mil mortos em 450 anos.

Uma barbaridade.

Mas não melhorou muito quando, em pleno Século XX, em nome de um “materialismo científico” do marxismo, foram criados os estados ateus.

Mais de 100 milhões de pessoas morreram nos estados ateístas de Stalin (ex-União Soviética) , Mao Tse-Tung (China) e Pol Pot (Camboja) – apenas para citar três países.

Não em séculos, mas em poucas décadas.

Em um único dia, tanto Mao quanto Stalin chegaram a matar mais pessoas que toda a Inquisição Espanhola em quatro séculos.

A barbárie humana não é exclusividade de nenhum sistema político ou religioso.

Pontos comuns do fanatismo

Os fundamentalistas religiosos têm sempre alguns pontos em comum.

Os fanáticos do Estado Islâmico destroem históricas imagens pagãs. Fanáticos cristãos chegam a quebrar os orixás de outros cultos. Fanáticos ateus perseguem cruzes.

Da mesma forma, todos eles consideram-se “escolhidos” (por espírito ou gene) para ser o portador da verdade absoluta. Vivem em uma realidade em que só seus argumentos procedem. Só é verdadeiro aquilo que confirma sua crença.

Por isso são também extremamente intolerantes.

Por fim, não param com suas pregações, o tempo inteiro para mostrar o quanto estão certos e todos os outros errados.

Para eles, a internet foi uma benção.

Podem chatear milhares de pessoas ao mesmo tempo.

 

O delirante Richard Dawkins, biólogo britânico, é o papa do fundamentalismo ateu

O delirante Richard Dawkins, biólogo britânico, é o papa do fundamentalismo ateu


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

61 comentários

  1. Avatar

    Citar Dawkins para falar sobre ateísmo é como citar Hitler como um bom cristão. Dawkins é falador, ele quer audiencia, porque não citas Kripke, por exemplo? Ou então Russell? Estes dois grandes filosofos demonstravam um grau de argumentação em pró do ateísmo que teísta nunca conseguiu refutar, e são argumentos bem mais simples do que pretendem ser os de Dawkins, como o argumento de relação à realidade e o problema do mal (postulado lá por Epicuro).

    É interessante notar que, o autor do texto acusa os ateus de falsa inteligencia ou de falsas apostas, mas sequer entende sobre o que pretende expor. As posições acerca sobre a existência de deus não são divididas entre ateus, agnósticos e teístas, mas somente entre ateus e teístas. Agnósticismo é uma posição sobre SABER sobre deus, ou seja, um conhecimento (ou não-conhecimento) sobre a natureza de deus.

    Um ateu é SEMPRE um agnóstico, visto que ele não sabe se deus existe, ele CRE que deus não existe. Crença é diferente de fé, a crença é um estado psicológico natural humano, além de ser essencial para o conhecimento epistemologico. Ao contrário do ateu, todo teísta se diz GNOSTICO, ou seja, ele cre e SABE que deus existe (que de maneira obscura e subjetiva).

    Ao contrário do autor, deixo referencias sobre minhas explanações:
    http://www.bulevoador.com.br/2012/09/de-ratzinger-ate-flores-darcais-deus-existe/

    http://sociedaderacionalista.org/2013/12/05/sobre-a-crenca/

    http://sociedaderacionalista.org/conhecimento/

  2. Avatar

    O “fanatismo” ateu nunca matou ninguém, já o cristão…

  3. Avatar

    O nosso Senhor e salvador JESUS CRISTO esta voltando, para buscar aqules que são seus!!!
    em João 3:16 nos diz
    Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
    Amém
    Jesus ama todos nós, não importa como estamos,vem como está!!!

  4. Avatar

    De seitas o Aurélio tem experiência. Desde quando decifrou a seita do reverendo Moon publicando uma espetacular matéria no antigo jornal Opção. Um sucesso de reportagem !

  5. Avatar

    Parabéns pelo sadio debate Aurélio. Com certeza ele traz algo de bom…e todos que são seus leitores sabem que você trabalha quer sob o sol do meio dia ou na escuridão da meia noite, na busca incansável da verdade e da liberdade de expressão.
    O problema não são os ateus, conheço muitos que são muito mais éticos e humanitários do que pessoas cristãs de vários credos que batem no peito como os antigos fariseus…O problema são estes fundamentalistas ateístas que, após perderem o referencial teórico que o comunismo lhes dava, agora encontraram outra trincheira gramscistas para combaterem…é gente que precisa ter uma causa pra viver, não importa se é justa ou lógica, simplesmente precisam “estar na luta”…Só psicoterapia, orgasmos múltiplos ou tarja preta pra dar jeito…são os órfão do profeta-Marx que agora se apegam a um novo profeta, o tal do Dawkins que é um bom escritor, que aliás – tal como Marx que não era marxista- talvez nem seja tão radical como seus leitores de e-books…

  6. Avatar

    Nada garante que o cristianismo é realmente a religião da “salvação”, isso é o que a maioria acredita. Nos todos os dias realizamos coisas macabras aos olhos de outras culturas e religiões, estaríamos então condenados a perdição?
    Talvez a verdadeira “orientação” tenha sido destruída pela Igreja e agora vivemos nessa mentira? Serão vocês os escolhidos ou os hereges?
    Fé? É acreditar por si mesmo, sem questionar ou raciocinar.
    Soa tão absurdo ler o que eu escrevo?
    Só quero que aqueles que acreditam me digam por que estão certo, o que faz a sua religião ser tão diferente das milhares que já existiram e existirão. Estamos tanto tempo condicionados a aceitar isso que nem questionamos…

  7. Avatar

    É Aurelio, parabens pela matéria.
    Mas acho que voce acendeu uma fogueira!!1kkkkkkkk

  8. Avatar

    Considero as opiniões do Aurélio intolerantes. Um colunista não pode ter essa ambição de querer “dominar” todos assuntos, seja destilando seu desgosto sobre as ações do Detran, guarda municipal ou sobre os ateus. É possível escrever artigos emitindo opinião porém examinando os diferentes pontos de vista sem se tornar o dono da verdade

  9. Avatar

    A matéria do Aurélio chama a atenção pelo fanatismo de ambos os lados, nós sempre ouvimos falar mais da parte religiosa mas essa matéria vem também chamar a atenção pra parte dos neo-ateus e segue abaixo alguns ex.
    O Site ACI informou nesta terça-feira (24/03/15) que o grupo ateu Fundação da Libertação da Religião (FFRF, por suas siglas em inglês) atacou um diretor de escola em White Oaks, Texas (Estados Unidos), por usar passagens bíblicas nas mensagens matutinas que dirige a seus estudantes.
    Quando duas vigas principais de aço foram encontradas intactas, na forma de uma cruz, no meio dos escombros do World Trade Center depois do ataque terrorista de 11 de setembro de 2001, muitos a aclamaram como um mini-“milagre” e sinal de esperança para um país assediado por um devastador ataque terrorista.
    Contudo, agora uma organização de ateus entrou com uma ação judicial buscando demolir essa cruz, que foi mudada recentemente para o Memorial e Museu 9/11 na Cidade de Nova Iorque.
    Em 2005, os Ateus Americanos haviam entrado com uma ação judicial num tribunal federal para demolir as cruzes à beira de estrada que honravam os policiais rodoviários de Utah mortos em serviço. O FDA, que representa a Associação de Policiais Rodoviários de Utah, recorreu desse caso no Supremo Tribunal dos EUA.Em abril de 2010, o Supremo Tribunal dos EUA concluiu que um memorial de veteranos na forma de uma cruz no Deserto de Mojave na Califórnia não tinha de ser removido. Nessa decisão, o tribunal escreveu:
    “A meta de evitar endosso governamental não requer a erradicação de todos os símbolos religiosos da esfera pública. A Constituição não obriga o governo a evitar nenhum reconhecimento público do papel da religião na sociedade”.
    Porto Alegre é a primeira capital brasileira a receber cartazes da campanha publicitária da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea).Para alguns críticos que avaliam a campanha da Atea, o teor é militante e agride a fé da sociedade brasileira que é 90% cristã. Entre os teístas e religiosos, de forma geral, a campanha é totalmente tendenciosa, mesmo também entre muitos ateus com o objetivo promover um ataque gratuito e sutil à fé das pessoas.
    COM CERTEZA NÃO VAI SER COM DESRESPEITO AS PESSOAS QUE ESTE GRUPO IRÁ CONQUISTAR RESPEITO, POR ISTO ACREDITO EM DEUS QUE QUE NOS LIBERTA DE TODA CEGUEIRA FANÁTICA !!!

  10. Avatar

    Não importa qual é a verdade.
    A “verdade” que cada um acredita que rege as suas ações e comportamentos e esse é o maior mal da humanidade.

  11. Avatar

    Caramba, pelas opiniões aqui postadas, fica cada vez mais dificil o cara ser do bem, cumprir suas obrigações, pagar seus impostos sem a tutela de um Deus ou uma Igreja…….muito dificil

  12. Avatar

    Clap, clap, clap!

    Prezado Aurélio, mais uma vez, parabéns por sua coluna. Sensatez e sabedoria são sempre bem-vindas nesses tempos bicudos de internet e opiniões sobre tudo e todos.

    O que vemos hoje são moleques que jamais leram autores como Tomás de Aquino e Agostinho, sem falar no FUNDAMENTAL Eric Voegelin, encontraram o livro do Dawkins e, bingo!, descobriram a solução para todos os problemas espirituais da humanidade. Toda uma geração que não crê em nada, não busca nada, não procura algo além da própria matéria. Niilistas, um desastre para o mundo, como bem previram Dostoievski (Os Demônios e Os Irmãos Karamazov), Turguenievv (Pais e Filhos) e Camus (O Homem Revoltado). É uma geração que se orgulha de sua própria ignorância.

    Aliás, falando em Dostoievski, lembrei de uma frase de um personagem de Robert Arlt, considerado o Dostoievski argentino: “a revolução a faremos com os jovens; são estúpidos e entusiastas”. Sábias palavras.

    Porém, talvez mais sábias sejam as palavras do grande intelectual britânico G. K. Chesterton (escritor, teólogo, poeta, jornalista etc.): “não há problema em não acreditar em Deus; o problema é que quem deixa de acreditar em Deus começa a acreditar em qualquer coisa”. Como Dawkins et caterva, por exemplo.

    Forte abraço!

    • Avatar

      ateus não tem evidência do deus pai e bom em nenhuma religião, mas temos evidencias do seu extremismo, das degolações… Não acreditar em deus não se fica livre para não acreditar em qualquer coisa, pois esse conceito acreditar, é substituído por conhecimento e saber. Enquanto os crentes tem o conforto da desresponsabilidade de todas as acções humanas e da natureza, remetendo para a vontade de deus… Ateismo não é um religião, não tem rituais nem cultos, poderíamos no máximo ter uma orientação civica e humanista. Jamais iremos queimar humanos por serem ovelhas ou pastores de outras denominações, pratica que hoje abandonada pela luta de pessoas laicas.

      Haverá com certeza maus ateus, assim como há padre pedófilos…

    • Avatar

      Paulo, leia o texto novamente. Ele faz uma crítica ao neoateísmo, da “seita” dos seguidores de Dawkins, e foi exatamente sobre isso que comentei, fazendo uma ligação entre neoateístas e niilistas – o neoateísmo é filho direto do niilismo. Não crie espantalhos para ter o que rebater. O texto (e eu) não criticou os ateus, muito pelo contrário. A crítica mirou o neoateísmo, que mais parece uma seita religiosa fanática.

      Quanto às degolações e crueldades de certos grupos religiosos, só podemos lamentar. Mas devemos lembrar, como bem fez o texto, que sociedades de ateus materialistas mataram muito mais – Stálin e Mao mataram compatriotas como quem mata insetos. E em relação aos padres pedófilos, a incidência da pedofilia na igreja fica no mesmo percentual do restante da sociedade.

      Porém, enquanto ficamos aqui discutindo, há um lado da religião que pouco aparece. E ele está nas instituições de caridade, nas visitas a hospitais, presídios, zonas de guerra – a Cáritas, por exemplo, cuida de centenas de haitianos mortos de fome em SP e em muitos outros lugares do mundo. Sem falar nos mendigos e menores abandonados. Mas isso não vende jornal.

      Abraço.

  13. Avatar

    O problema de Dawkins é não ter lido Nietzsche. Deus não é um problema da Ciência. Ponto final.

  14. Avatar

    Essa deusa de nome Éris foi mãe de quatro meninos, 1º Ponos (desânimo e fadiga), 2º Macas (batalhas), 3º Limos (fome) ,4º Orcos (calúnia e difamação); e ainda teve onze meninas : 1ª Lete (esquecimento), 2ª Algea (tristeza), 3ª Hisminas (discussões e disputas), 4ª Fonos (dor e matança), 5ª Androctasias (devastações e massacres), 5ª Neikea (ódio), 7ªPseudologos (mentiras),8ª Anfilogias (dúvidas e traições), 9ª Disnomia (desrespeito) todos eles eram companheiros inseparáveis. Sendo denominado pelos gregos de daemons; e Desgraças para os romanos. A mitologia grega e romana são lindas se compararmos temos algo desconcertante encontrado no livro mais vendido do mundo !

  15. Avatar

    Tem coisa da Deusa Éris nisso aí 😀

    “Eu sou caos. Eu sou a substância da qual seus artistas e cientistas constroem ritmos. Eu sou o espírito com o qual suas crianças e palhaços riem em anarquia feliz. Eu sou caos. Eu vivo, e Eu digo a vocês que vocês são livres.” (by Éris – Principia Discórdia)

  16. Avatar

    Cada um fez seu questionamento e como ninguém é dono da verdade tenho uma proposta de um pensador antigo de nome EPÍCURO (341 AC de Samos )que escreveu certa vez ” Deus deseja prevenir o mal, mas não é capaz? Então não é onipotente. Deus é capaz, mas não interveem ? Então é malevolente. Se é capaz e deseja? Então por que o mal existe? Se não é capaz e nem deseja? Não é Deus? –

    • Avatar

      Epicuro, o filósofo da morte? Que nunca foi considerado um grande da filosofia? Passo. Para entender melhor a filosofia de Epicuro, sugiro a leitura de “O Jardim das Aflições”. Grande abraço.

  17. Avatar

    Nossa gente, cada vez que leio a opinião de ambos os lados fico mais confuso!!!

  18. Avatar

    Os dez mandamentos são leis sociais. Primeiro mandamento AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS é diferente de respeitar o Criador, um projetista de uma máquina própria que é o ser humano? Nem se juntasse todos os cientistas do mundo em todos os tempos, conseguiria tal feito.

    Jesus nos revelou que é do coração do homem que vêm a corrupção, a inveja, o crime, etc, isto é, toda a maldade, portanto, corrupção e crime contra o semelhante é inerente ao ser humano – disso nunca ficaremos livre.

    Mas se Deus sempre faz as coisas perfeitas por quê Ele não corrigiu essa imperfeição de nossos corações?

    Justamente por Ele ser perfeito que nos deu o direito de discordar, deu aos ateus o direito de ser como são. Perceba o quanto Deus é perfeito. Por ter dado esse direito aos ateus, agora estamos falando Dele, para conhecê-Lo melhor.

  19. Avatar

    A frase é debitada a Abraham Lincoln “Quando pratico o bem, sinto-me bem; quando pratico o mal, sinto-me mal. Eis a minha religião.”

  20. Avatar

    parabéns ao escritor pela matéria ., o homem sonha em ter um filho o filho e gerado ,planeja o futuro daquela filho , filho cresce e o pai se preocupa em dar o melhor e da o melhor muito amor emfim nada falta só que quando esta criança cresce ela decide viver a sua vida e todo aquele amor que o pai deu a ele a vida inteira ele renega você me criou me sustentou mais eu não preciso de você não preciso da sua casa do seu amor enfim eu posso fazer tudo sozinho e assim quando não acreditamos em Deus se coloque no lugar deste pai antes de nascermos ele avia nos dado um nome e já tinha escrito uma historia pra cada um de nos mas com o passar dos anos rejeitamos tudo aquilo que ele havia feito e planejado e seguimos o nosso caminho crenças desperdiçamos tudo aquilo que ele fez ao nosso favor Ele nos deu vida e todo sofrimento que ele passou ., para alguns não foi notado assim e alguns filhos hoje tem um coração ingrato .

    • Avatar

      O que ele fez por mim? Me deu doenças, terremotos, furacões, tsunamis, pragas na plantação e etc. Se VC tivesse vivido há uns 4000 anos talvez não chegasse nem aos 20 anos, mortalidade infantil era altíssima, até pouco tempo atrás 40 milhões de pessoas morreram pela leste bubônica e cadê a intervenção divina? A cura só veio com o avanço da ciência, nós somos os verdadeiros deuses, nós é que mudamos nossa realidade, não é a toa que países pobres como a Venezuela são tão religiosos, pq só países pobres tem necessidade de divindades, os países como Holanda, Suécia, Dinamarca que são bem instruídos não precisam disso, pq se VC tem boas condições de vida é devido ao esforço humanista e nada de deuses ou santos, vai lá pra África rezar pra ver se chove comida. Kkk. Não adianta a realidade massacra a religião e é extremamente prejudicial para nosso desenvolvimento.

  21. Avatar

    Vamos lá….. Todo fundamentalismo é preocupante…… vivemos num país subdesenvolvido mentalmente, em todos os sentidos… religiosamente principalmente….. futebol e samba é discutido em todos os bares, em cada esquina, a todo momento… mas quando é religião sempre tem alguém que vem pregar pelos direitos da família, não se discute algo que está escrito a milhares de anos e blá blá blá… não tomarei partido assim como fez o autor dessa matéria, totalmente cristão, sou panteísta, não tenho um Deus criador, mas gosto de conversar sim sobre religião, se vejo um padre abusando de uma criança vou comentar, se vejo um pastor que vende seu próprio suor dizendo que é ungido eu vou comentar sim…. fundamentalismo é preocupante,, quer ser um cristão de fé inabalável, ok sua opção, a religião e a fé não são coisas ruins, pelo contrário, elas seguram essa sociedade maluca que não sabe usar o livre- arbítrio.. mas repito mais uma vez.. NÃO DEIXEM DE DISCUTIR, ARGUMENTAR SOBRE RELIGIÃO… isso nos faz evoluir, ficar assistindo os 10 mandamentos da record não leva ninguém a lugar nenhum……… discussão saudável é a base de tudo…..

  22. Avatar

    Excelente texto. Muitos esquerdistas interpretam o termo ‘Estado Laico’ de modo equivocado ou desonesto. Estado Laico não é o mesmo de Estado Ateu. É importante ressaltar que a maioria do povo é cristão (praticante ou não) e com eles levam os princípios e valores que é exposto na bíblia, pois, independente da fé, os princípios bíblicos são palpáveis, relata uma forma de viver e ver a vida, e isso vai e muito de encontro à ideologia Marxista. Eu conheço diversos Ateus que são conservadores, entendem a importância da religião. Não é preciso crer em Jesus Cristo ou mesmo em Deus para se dar conta do estrago que os relativistas modernos têm causado nos valores morais da sociedade.

  23. Avatar

    Na boa, sem hipocrisias, todo ateídta, na eminência da morte, clama a Deus. Fato.

  24. Avatar

    Para Maiores esclarecimentos sobre o tema indico a leitura de dois livros bem escritos:
    1)Como a igreja católica construiu a civilização ocidental de Thomas E. Wood
    2)How west won de Rodney Stark.

    Nunca esqueçam que nossa civilização ocidental é baseada em fundamentos judaico cristão sem os quais esse mundo em que vivemos desaba .

  25. Avatar

    A religião nada mais é que um instrumento de alienação do povo, a serviço da classe dominante…

  26. Avatar

    Al Fatah: quanto ao Iluminismo, consulte o maior deles, o mais brilhante, sarcástico e irônico: Voltaire. Seu brilho vai no modo como ele navegava em meio à crença, atingindo o conceito e inutilidade de Deus, sem ferir o sentimento das pessoas simples, mas massacrando o estado religioso, sutilmente. Terá muito a ganhar com a leitura de Voltaire, principalmente Cartas Filosóficas.

  27. Avatar

    Para quem não sabia que existiam vampiros, uma boa oportunidade de constatação. Fraterno, o tema, a área, o terreno, a abordagem e etc… são bastantes delicados e perigosos. Fundamentalistas, fanáticos, radicais…, grupos nervosos em suas convicções. Experimente montar um seminário filosófico, com 3 duas de duração, por mês. Vamos ver o que pode ser apurado, compilado e, quem sabe, publicado. De qualquer forma, parabéns por ser jornalista/colunista com foco em artigos polêmicos, corre o risco do alto preço das críticas a um trabalho investigativo da história, religião, economia, política, ciência e humanidade em geral. A gente se vê, mais adiante!.:

  28. Avatar

    Concordo com o autor: ser ateu é diferente de ser neo-ateu; estes são chatos e enfadonhos, porque militantes…Sem o saber, os neo-ateus também são religiosos, adeptos do “cientificismo”. Adoram um deus “ciência-que-tudo-explica” que não existe, porque parecem desconhecer que o escopo da ciência é delimitado pela aplicabilidade do método científico. Ao mesmo tempo em que apegam a slogans pseudocientíficos, os neo-ateus demonstram conhecimento insipiente sobre filosofia, epistemologia e teologia – conhecimentos indispensáveis quando se debate sobre religião. De fato, a característica que mais facilmente permite reconhecer um neo-ateu é a militância: por serem militantes, não perdem oportunidade de fazer proselitismo barato de sua fé. Vejam bem: eu não acredito em unicórnios, mas nem por isso me passa pela cabeça perder meu precioso tempo refutando a crença alheia nesses seres chifrudos. Mas, como eu disse anteriormente, o neo-ateísmo é uma religião e a apologética é uma característica marcante em grande parte das religiões. Os neo-ateus também são facilmente reconhecidos por sua insegurança infantil; para a sua autoafirmação é necessário que o neo-ateu afronte a fé alheia, revelando o seu próprio vazio existencial.

  29. Avatar

    independete de opinioes e religiao eu acredito em deus porque ele e muuuuuiiiito bom pra mim e age na minha vida de forma perfeita ja tive doença grave e hoje sou sao tenho problemas no meu dia a dia mas sempre vem a soluçao nao sou nenhum expertise mas sinto a presença dele na minha vida nao posso negar isto nao sou uma maquina so tenho que viver e agradecer como e bom acreditar naquilo que eu sinto tao proximo de mim me acompanhando no meu dia e querendo o meu bem que meu dia de amanha seja melhor do que o de ontem e que seja cada vez maior meu amor a deus meu criador este e meu pensamento meu sentir meu viver nao sou frequentador de igrejas sou adorador de deus independente de opinioes!!!!!!!!

  30. Avatar
    Liberdade e Propriedade

    1 Não dá pra acreditar que o Ser humano em toda sua complexidade, sexualidade, sentimentos, emoções, reprodução é mera obra do acaso.
    2 Não dá pra acreditar que a maior e muito maior instituição do mundo e muito mais longeva e que congrega 1/5 da população mundial não tenha intervenção de Deus, nada humano durou tanto tempo e é tão gigante.
    3 Todas as regras que temos são baseadas em Cristo. Por isso existimos até hoje, entre eles casamento e reprodução. Não fosse Cristo, quem diria que matar é errado?
    4 Escuridão e Frio não existem, são apenas ausência de luz e calor. Deus e o catolicismo existem e são grandes, protestantes contra Deus e contra o catolicismo não existem, é o mesmo que protestar contra o Sol.

  31. Avatar

    Nossa , nunca vi tanta baboseira , e o triste é que vem de um formador de opinião. Sou ateu e me envergonho de ver um site de notícias publicando isso!

  32. Avatar

    Meu caro AL FATAH! Com todo o respeito, penso que v. deveria se inteirar um pouco mais daquilo que se denomina ATEÍSMO. Você simplesmente manipula as palavras de forma a confundir os incautos. Eu sou ateísta, com imenso orgulho, e não preciso de algo chamado “deus” para existir. Recuso-me terminantemente a me utilizar deste tipo de placebo existencial. Ser ateu não é somente negar a existência de qualquer ente divino; é sobretudo vivenciar a realidade nua e crua tal como ela se nos apresenta, o que nos fortifica (e não deprime!), tornando-nos seres isentos de preconceitos chulos que nos encarceram intelectualmente. O que, talvez, faz com que nós, ateus, sejamos, às vezes, excessivamente críticos, é o fato de algumas pessoas (religiosas) não enxergarem o que está a um palmo de seus narizes, preferindo acreditar em um mundo metafísico, ou seja, a navegar no iogurte. Por fim, quero lhe dizer que ATEÍSMO não é religião, segundo v. define. Ele é um posicionamento filosófico de extrema honestidade intelectual. Por oportuno, quero parabenizar o autor de QUESTIONE SEMPRE pelo seu belíssimo comentário. Tenho dito!

  33. Avatar

    Não sou de frequentar igrejas, pois a proliferação das mesmas estão altíssima principalmente as evangélicas porque qualquer garagem hoje vira um templo de louvor. Também quero dizer que não sou ateu, porem queria que alguém bastante conhecedor no plano religioso viesse me esclarecer uma dúvida que tenho. Caso venha ter vida em algum lugar fora da terra, como fica as religiões hoje e o Deus que eles acreditam será o mesmo em que acreditamos??? Também gostaria de felicitar alguns comentários que a meu ver esta de altíssima qualidade.

  34. Avatar

    Muito bom a matéria, um estudo e análise bem escrito, bem pensado e bem distribuído. Parabéns.

  35. Avatar

    Um povo que acredita que na época da ditadura não havia corrupção, que Lula é milionário da Forbes, que vivemos numa ditadura comunista bolivariana, que a filha da Dilma ficou milionária, que o Lulinha é dono da Friboi, que Dilma deu dinheiro para Cuba, que FHC criou o Plano Real, que o Bolsa-Família estimula a vagabundagem, que os escândalos da Petrobras só começaram em 2002, que somos milhões de Cunhas… acredita em qualquer coisa.

  36. Avatar

    Será que um automóvel surgiu por acaso? Claro que nossa resposta é não! Pois sabemos que para ele existir, teve um Projetista. E a vida que é muito mais complexa que um carro? Será que surgiu por acaso? Pela complexidade seria impossível…
    Não é por que encontramos desonestidade, mentiras e hipocrisia nas religiões que vamos deixar de acreditar que a vida teve um Criador ou Projetista. Onde podemos encontrar a verdade? Na Bíblia! Nosso Criador deixou um manual de instruções para nós e, se seguirmos seus conselhos, iremos ser bem sucedidos! Assim como um carro vem com um manual, assim também nosso Criador nos forneceu a Bíblia para nosso benefício.

    http://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/boas-noticias-deus-voce/

    • Avatar

      FALAR EM FANATISMO DE SEITAS ESTÁ AÍ UM EXEMPLO DO PERIGO QUE AS PESSOAS CORREM AO SE DEIXAREM LEVAR POR ESTAS SEITAS SEJAM ELAS ATEIAS OU RELIGIOSAS. ESTE SITE ACIMA MENCIONADO PELO CLAUDIO REPRESENTA AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ, UMA SEITA CONHECIDA PELA INTERPRETAÇÃO FUNDAMENTALISTA E DETURPADA CAPAZ DE DESAGREGAR AS PESSOAS DO AMBIENTE FAMILIAR COLOCANDO-AS EM RISCO POR NÃO ACEITAREM TRANSFUSÃO DE SANGUE, NÃO LUTANDO POR UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA, PRATICANDO OBJEÇÃO DE CONSCIÊNCIA . UM PERIGO ALARMANTE DE FANATISMO !!!

  37. Avatar

    Nem consegui terminar de ler suas baboseiras, sou ateu e não concordo com a maior parte das coisas que esses novos ateus vem praticando. Mas seu texto é totalmente imparcial, comprovadamente de um cristão fundamentalista que chegou a criticar no início do mesmo. Acho que um jornalista deveria ser ao mesmo imparcial em suas idéias, mas o que esperar de um País como o nosso, onde a imprensa sempre vai a favor de seus interesses próprios

    • Avatar

      Concordo plenamente com você Marcelo. Jornalista tem que ser imparcial, ser humildade de citar as fontes de pesquisa e não ser o dono da verdade. Na minha opinião, o texto não foi claro ao levantar o tema, discutir os dois lados e apresentar uma opinião do autor no final sem induzir a conclusões precipitadas desde o primeiro parágrafo. Soa como um apanhado desconexo de artigos da internet. A pluralidade religiosa e o ateísmo representam o equilíbrio em um Estado Laico e a intolerância só se combate tentando conhecer um pouco de cada lado, seja dos aspectos históricos, culturais e sociais. Prefiro quando o Aurélio nos presenteia com textos fabulosos sobre a história de Volta Redonda e da região, onde ele cita livros, documentos históricos e as pessoas com quem conversou para obter as informações.

  38. Avatar

    Todas as sociedades que já vagaram por este planeta, em todas as eras, tiveram suas religiões. As religiões definiram desde sempre os aspectos morais e as normas de conduta que regem os indivíduos em suas vidas pessoais e de relação comunitária, ao estabelecer compensações para quem as segue e punições para quem as infringe, permitindo assim a coexistência relativamente pacífica e harmônica dos indivíduos…

    O ateísmo, por outro lado, nada mais é que uma “religião sem Deus”. Como exemplificado no texto, querem tirar crucifixos de lugares públicos de forma não diferente da que os muçulmanos teriam feito. Em vez da Bíblia, leis estatais, com seus códigos e normas. Ficaria faltando os preceitos de amor que formam os laços familiares, a promessa do paraíso, a maldição do inferno. Enfim, faltaria o desejo de tocar o intangível, o sonho a ser perseguido e a ilusão de futuro que diferencia homens de animais. Neste ponto, o ateu deixa de ser um homem para ser um autômato, um ser resignado na convicção de que tudo termina quando acaba, vivendo amargurado. O índice de suicídio entre ateus é fortemente alto, mas não surpreende, afinal eles mataram seu Deus quando tentaram ver sua face…

  39. Avatar
    Coxinha de cidade-operária

    Quer dizer, o fundamentalista é sempre o Outro…

  40. Avatar

    Sr. Aurélio Paiva, é certo que o fundamentalismo, seja em que área for, é pernicioso, tal como o torcedor de futebol fanático é maçante aos ouvidos. No entanto, a religião é de fato um fardo que nós, os ateítas, temos que suportar em sociedade, já que o estado laico não é reconhecida, como se todos fôssemos religiosos (um absurdo!). Se há pessoas que acreditam em algo divino, que fiquem com suas convicções, sem nos importunar. A religião sempre se mostrou aliada aos poderosos, na medida em significou – e significa – tão-somente, esperança de uma vida melhor para os miseráveis. Hoje em dia, vejo a religião como uma forma simplesmente de comércio, e, o que é pior, agraciada com a isenção de impostos, o que é um descalabro. Por fim, deve-se dizer que uma Nação é composta basicamente de ateus e religiosos. O Estado é imune a qualquer tipo de crença; ele existe para servir aos cidadãos que o integram, buscando o bem-estar de todos.

    • Avatar

      Ser religioso não significa necessariamente acreditar em Deus, e vice-versa. Eu pessoalmente contesto vários aspectos das doutrinas religiosas, que em última instância são instituições humanas, mesmo que sob alegada inspiração Divina, mas não há e nunca houve nada que me fizesse desacreditar na existência de um Deus…

      Os ateus contestam a existência de Deus na medida em que Ele não intervêm nas coisas terrenas, seja para impedir ou para fomentar ações boas ou más, que são conceitos meramente humanos, pessoais e carregados de juízo de valor. Se Deus viesse para amparar uma criança que cai do décimo andar de um edifício, para paralisar a mão do assassino que ameaça um inocente, para ajudar um time em detrimento de outro ou para livrar uma gazela de ser estripada viva por um bando de hienas esfomeadas, ele não estaria sendo Deus, afinal Ele é essência e está em todas as coisas. Não somos marionetes num teatro de fantoche. Sua intercessão acabaria com o livre arbítrio e com o equilíbrio natural, acabando inclusive com a premissa básica do universo: a lei da ação e da reação…

      A verdade é que os ateus, assim como os próprios religiosos, não vivem sem Deus. Deus é sempre o parâmetro, seja para exaltar, seja para refutar…

  41. Avatar

    Simplesmente brilhante. Uma aula para os intolerantes.

    • Avatar

      MMSilva, infelizmente não serve de lição, o intolerante não se vê assim, não aceita em hipótese alguma a opinião dos outros e acha que todos são obrigados a obedecê-lo e fazer o que ele quer, acho que pode ser até uma patologia mental, se você quiser ver exemplos disso leia alguns comentários no Diário do Vale de Etapovinho em que ele ofende, agride com palavras e debocha até de idosos, e o pior é que o jornal continua postando. Então você lê o texto do Aurélio e não consegue entender qual é a do jornal, que contradição.

    • Avatar

      Cara marriangela, infelizmente o eleitor que quer bagunçar o MEU BRasil não entende o pedido para ser patriota, para cumpri as leis, para pesquisar em quem votar na eleição, para não votar em candidato que recebe fortunas de empreiteiras, etc, etc . Eu cansei de pedir; agora estou combatendo e responsabilizando esse eleitor que escolheu assim, escolha essa que tbm me joga no buraco.

      Vc não é a única que defende o eleitor que “aposta no quanto pior, melhor”. Eu estou esperando de outra leitora que defende esses me dizer como tratar os ELEITORES CORRUPTOS que REELEGEM CORRUPTOS, mesmo eu tendo avisado aqui bem antes da campanha eleitoral de 2012.

      Pela sua defesa do eleitor corrupto, imagino que votará em corrupto em 02/10/16 e em 2018 votará no Lula.

  42. Avatar

    Discordo do texto ao tentar dizer que a evolução é compatível com o cristianismo tentar fazer uma interpretação metafórica do gênesis para encaixar no que a ciência sabe hj em dia é uma das grandes desonestidades da religião. A religião já tomou “conta” da vida dos outros por muito tempo e hj está perdendo seu espaço, o grande avanço da humanidade veio com o iluminismo que deixou de tomar decisões baseadas em fé e começou a dar lugar ao racionalismo. Na minha opinião a religião está com os dias contados, na europa o secularismo já é dominante. Outro ponto TB são as matérias tendenciosas do colunista, pq não coloca todas as guerras que foram travadas em nome de deus e que ainda são no oriente médio? Pq não colocam matérias sobre o mercantilismo gospel que está dominando o país? Pq não colocam matérias sobre a venda de indulgências da igreja católica e da queima de ” bruxas”? Ou de um testemunha de Jeová que deixou seu filho morrer por não aceitar a doação de sangue? Pq não falar do cobrimento de casos de pedofilia na igreja católica? De uma coisa eu tenho certeza não tem nenhum santo aqui, o que existe é um falso moralismo e essa vontade de ditar regras que a religião sempre teve, agora é chegada a hora de pensarmos por nós mesmos, não me curvo diante de nenhum deus ou santo.

    • Avatar

      Não confunda religião com religiosidade. Quem malversa o sentindo religioso em proveito próprio são humanos sacerdotes, assim como os políticos, ateus ou não, usam a letra da lei secular em seu favor… Se vc é feliz não acreditando em nada e odiando quem acredita, que seja! Garanto que os fiéis de qualquer igreja também se sentem realizados e em graça com Deus… Só para esclarecer, o Iluminismo não matou Deus, apenas realçou o valor do homem enquanto indivíduo e da experimentação em detrimento dos preceitos rígidos, fossem eles religiosos ou políticos…

    • Avatar

      E quem eram essas “bruxas”? As “bruxas” eram os opositores do reis que se aliavam ao clero para ganhar popularidade.

      Se hoje os bispos fossem aliados políticos ao prefeito como eram na era medieval, este os obrigariam a me queimar vivo em nome de Deus por ser contra o prefeito corrupto.

      Se eu trocasse o apelido por meu nome, certamente os 95 mil eleitores corruptos do prefeito corrupto já teriam me localizado e me queimado vivo na praça da PMVR. Disso não tenho dúvidas.

      Os ateus acreditam mais em Deus do que eu que sou cristão praticante desde o ventre de minha mãe. Eles só não querem aceitar. Vejam quantos ateus vieram aqui procurar saber do assunto.

      Precisamos ler mais sobre Deus para entender e compreender as religiões. A bíblia é um bom caminho.

      Ah, e deixar de falar abobrinhas! O próprio Jesus disse – e ainda demonstra até o presente momento – que a verdadeira sabedoria não é revelada aos sabichões.

    • Avatar

      Exatamente isso……. concordo plenamente contigo…… mas agora faça uma reflexão…. esqueça lado religioso, esqueça fé.. … vamos pensar como sociedade…. como vc veria a humanidade sem os 10 mandamentos??? a igreja nada mais é do que politicagem…. mas uma política necessária…. nem com a ameaça divina o ser humano deixa de cometer assassinatos, genocídios…. imagina se essa última forma de manipulação de massa caísse???

    • Avatar

      Cosmy – existe humanidade sem os Dez Mandamentos, aliás a maior parte não o segue, e no entanto essa humanidade também rouba, furta, maldiz, conspira, trai, mata, engana…

    • Avatar

      Desculpe, COSMY E DAMIAL – 26 de outubro de 2015 em 14:00, a resposta saiu acima.

Untitled Document