sexta-feira, 18 de setembro de 2020 - 05:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Boletins Covid-19 / Barra Mansa registra oito leitos de UTI ocupados de 21 disponíveis na rede pública

Barra Mansa registra oito leitos de UTI ocupados de 21 disponíveis na rede pública

Matéria publicada em 3 de agosto de 2020, 20:32 horas

 


O acréscimo de três internações levaria ao fechamento do comércio na cidade

Barra Mansa- De acordo com o boletim epidemiológico desta segunda-feira, dia 03, a ocupação dos leitos de UTI registra 38% e os leitos clínicos estão com 41% de ocupação, 6% dos respiradores estão sendo utilizados, na rede pública municipal. Considerando os números absolutos, Barra Mansa tem 21 leitos de UTI para Covid-19 disponíveis na rede pública. Caso haja mais três internações em unidades intensivas, sem que ninguém saia, o comércio terá de fechar. Há seis pacientes confirmados com a Covid-19 internados, na Santa Casa de Misericórdia, sendo que dois estão no CTI, dois em leitos clínicos e dois fazem uso de respiradores.

Já os pacientes internados com a suspeita da doença são 32. Cinco estão no CTI da Santa Casa de Misericórdia e outros 17 em leitos clínicos. Na UPA (Centro), apenas um paciente está no CTI, e dois em leitos clínicos. Já no Centro de Triagem e Tratamento para Covid-19 (Região Leste), há sete pacientes internados em leitos clínicos.

O município ultrapassou os 1.700 casos, agora são 1.717 confirmações da Covid-19, sendo que 1.339 pessoas podem ser consideradas recuperadas da doença. Há 86 casos suspeitos e 6.103 exames tiveram o resultado descartado para o novo coronavírus. O número de óbitos permanece em 71 e outras 22 mortes suspeitas estão sob investigação. Barra Mansa já realizou 7.906 exames até o momento.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Seria interessante o DV atualizar o que realmente interessa que é o número de pessoas com a contaminação “ativa”, ou seja, que ainda não estão curadas e que podem, com isso, transmitir a doença. Fiz a conta aqui pelos números fornecidos pela reportagem e deu 307 pessoas doentes ativos (total de contaminados menos pessoas curadas e mortas). Ps: esse número esteve há pouco mais de uma semana em mais de 500. O que houve já que o prefeito está impondo um novo regime de horários para o comércio?

Untitled Document