6ª Conferência Municipal de Meio Ambiente é realizada em Pinheiral

Principal objetivo do evento foi promover debates sobre as políticas públicas de educação ambiental que serão implementadas no município

by Agatha Amorim

Foto: Divulgação

Pinheiral – A Prefeitura de Pinheiral realizou na última semana, a 6ª Conferência Municipal de Meio Ambiente, com o tema “A Política Municipal de Educação Ambiental”. O evento aconteceu no Centro Municipal de Ensino Roberto Silveira e o principal objetivo do encontro foi promover debates sobre as políticas públicas de educação ambiental que serão implementadas no município e buscar alternativas para a sua preservação.

A conferência reuniu autoridades como o prefeito da cidade Ednardo Barbosa, o secretário de Administração, Vágner Soares, diretor de Departamento, Guilherme Bittencourt, representando o secretário da SEMADER, Fábio Nogueira, vereador Mário Arthur e Jacqueline Guerreiro, representante da Rede de Educação Ambiental do Rio de Janeiro.

É oportuno destacar que o secretário do Ambiente e Desenvolvimento Rural, Fábio Nogueira, não pôde estar presente, porque foi ao Rio de Janeiro receber um reconhecimento por Pinheiral estar entre os 10 melhores municípios do Estado no tema Destinação de Resíduos do ICMS Ecológico 2023, garantindo um percentual mais elevado do ICMS em recompensa pelo investimento ambientalmente consciente.

No encontro foram discutidas as ações para a preservação do meio ambiente do município, a construção da política e do programa municipal de educação ambiental, eleição dos conselheiros, além de ter contado com a realização de oficinas, baseada na escuta-ativa, que possibilitou aos participantes uma dimensão de participação acerca do assunto discutido.

Durante o evento os presentes aprovaram uma proposta para que se faça uma consulta pública através de um formulário eletrônico (Forms), cujo objetivo é de incentivar e fortalecer a participação popular, cumprindo também este requisito para a construção do programa. Também foram escolhidos os conselheiros que irão representar a cidade pelos próximos dois anos:  Matheus Escano, Coletivo Muriqui, Nathalia Braga, do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), Elisabeth Fernandes da Associação Aposentados e Pensionistas (AAP) e  Euvaristo Marques,  Associação de Moradores do Bairro Goiabal e José Márcio Severo, do Centro Comunitário de Pinheiral.

Para o prefeito Ednardo Barbosa, a conferência é uma oportunidade para o município construir políticas públicas em conjunto com a sociedade.

– Ações como essa são essenciais para buscarmos juntos com a sociedade, a preservação ambiental de nossa cidade e debater melhorias em prol do assunto. A conferência é um instrumento indispensável dentro de uma democracia participativa e foi uma grande oportunidade para a população difundir informações- disse.

O diretor do Departamento da SEMADER, Guilherme Bittencourt, destacou que o encontro trouxe conhecimento a respeito das questões ambientais enfrentadas pela localidade.

-Estive no evento representando o secretário da pasta, Fábio Nogueira e foi um orgulho participar deste momento tão importante. Continuamos trabalhando muito para buscar melhorias e trazer o melhor para a cidade. Meu agradecimento a todos que se dispuseram a estar conosco na conferência- destacou.

Para o vereador Mário Arthur, a conferência tem a missão de contribuir com as práticas sustentáveis no município e sensibilizar os participantes para mudanças com relação ao meio ambiente.

– Fiquei muito feliz em participar, pois é um tema que eu sou muito interessado. Quero destacar a parceria do prefeito Ednardo com a câmara municipal em prol do Meio Ambiente. A cidade está em constante crescimento e estamos buscando justamente um crescimento sustentável para não esquecermos da importância da sustentabilidade- afirmou.

De acordo com a palestrante e representante da Rede de Educação Ambiental do Rio de Janeiro, Jacqueline Guerreiro, a participação ativa da sociedade é o principal destaque do evento.

– Foi um prazer estar presente na 6ª Conferência Municipal e principalmente pelo fato de o município ter realizado o evento sem ter sido chamado antes um encontro estadual ou nacional, de modo que o território escolheu fazer a reunião e isso deveria ser adotado por outras regiões – frisou.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996