domingo, 21 de abril de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Ação de incentivo a leitura é implantada em Volta Redonda

Ação de incentivo a leitura é implantada em Volta Redonda

Matéria publicada em 13 de abril de 2019, 09:58 horas

 


Projeto Littera vai abranger todas as escolas da rede municipal; na manhã de sexta-feira, dia 12, professores conheceram a ideia

Projeto Littera, que começa a ser implantado nas 43 unidades escolares da rede municipal
(Foto: Evandro Freitas/Secom)

Volta Redonda- O incentivo à leitura é o principal objetivo do Projeto Littera, que começa a ser implantado nas 43 unidades escolares da rede municipal de ensino de Volta Redonda. A proposta vai partir das Salas de Leitura, mas vai envolver todos os profissionais da escola. Na manhã de sexta-feira (12), durante a discussão pedagógica, cada unidade apresentou o projeto para seus professores.

Na Escola Municipal Roraima, no Santa Rita de Cássia, a professora da Sala de Leitura, Maria Aparecida Paulino Gaspar, e a Orientadora Educacional, Sandra Helena de Carvalho, organizaram um café literário para apresentar o projeto para os profissionais da escola. A unidade trabalha com a educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental e tem 107 alunos com idades entre quatro e dez anos.

– Ficamos responsáveis por repassar as informações sobre o Littera após uma capacitação feita na última semana com profissionais da secretaria municipal de Educação, voltada para professores da Sala de Leitura e Orientadores Educacionais de toda a rede – explicou Maria Aparecida.

– Para o café, além de explicar o funcionamento e o objetivo do projeto, pedimos para cada professor trazer uma sugestão de texto que marcou a história pessoal de cada um para começar a exercitar o Littera, que propõe o aumento da oferta de livros para os alunos, proporcionando o gosto pela leitura – acrescentou Sandra.

Além das seis professoras, participaram da discussão a diretora da unidade, Dulcinéia Lopes, e a diretora adjunta, Bárbara Cecília Andrade Tostes. A professora da Educação Infantil, Ana Carolina Prata Anselmo, que está na Escola Roraima há dois anos e tem dez de profissão, afirma que o incentivo à leitura já é uma prática, mas o projeto vem para incrementar ainda mais a ação.

– O trabalho com as crianças que ainda não sabem ler é de aproximação com o livro. Usamos a dramatização para apresentar as histórias e aguçar a curiosidade da criança. Quando começar a aprender a ler e escrever, já existirá esse primeiro contato – exemplificou Ana Carolina.

A secretária de Educação de Volta Redonda, Rita Andrade, afirma que o projeto propõe a criação de situações de leitura em sala de aula.

– Queremos desenvolver no aluno a percepção da importância da leitura para a vida – disse, avisando que o Projeto Littera, que será permanente, ainda terá outras duas etapas para implantação. Entre os dias 24 e 26 de abril, cada escola vai escolher a data para apresentar o projeto para os alunos e no mês de maio haverá sensibilização com os pais.

O prefeito Samuca Silva apóia a iniciativa e acredita ser papel da escola promover essa aproximação com os livros.

– Vivemos num tempo de muitos estímulos, a chegada da tecnologia, o advento da Internet, acabou afastando as pessoas dos livros. E é com o incentivo na escola que o interesse pode voltar –  falou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar
    Pagador de impostos

    Parabéns às professoras que estão e estarão envolvidas nesse árduo trabalho. Tem que começar cedo com as crianças ainda não contaminadas pelo uso excessivo, e muitas vezes errado, das mídias eletrônicas. Todos os especialistas são unânimes em afirmar que o uso de eletrônicos tem que ser limitado para as crianças e adolescentes. Para os adultos também o uso racional é muito recomendado. O que vemos por aí de um modo geral, é um bando de zumbis, com olhos vidrados e fixados numa telinha, que na maioria das vezes está lhes trazendo um monte de baboseiras que não lhes acrescentam praticamente nada de útil ou de prático para as suas vidas. Moderação e muito senso crítico ainda continuam sendo um excelente receita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document