Ação educativa com motoristas de aplicativos é realizada em VR - Diário do Vale
terça-feira, 28 de setembro de 2021 - 06:30 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Ação educativa com motoristas de aplicativos é realizada em VR

Ação educativa com motoristas de aplicativos é realizada em VR

Matéria publicada em 1 de outubro de 2020, 08:40 horas

 


Volta Redonda- Com o objetivo de conscientizar sobre a necessidade de cadastro junto a STMU (Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana), a Prefeitura de Volta Redonda, por meio da STMU e da Guarda Municipal, realizou nesta quarta-feira, dia 30, mais uma ação de orientação para motoristas de aplicativos no município.

Os fiscais atuaram de forma preventiva na Avenida Amaral Peixoto para garantir a segurança no transporte.

De acordo com a equipe da STMU, os motoristas foram orientados quanto à necessidade de cadastramento na secretaria, conforme estabelecido no Decreto 15.544, e a proibição de fixação de identificação visual nos veículos. Desde o início das ações orientação, que começaram no início do mês de setembro, os fiscais abordaram cerca de 30 veículos.

O secretário da secretaria municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, Rogério Loureiro, frisou que a intenção é garantir a segurança dos usuários e motoristas.

Rogério ressalta que a operação tem por objetivo impedir a proliferação do transporte clandestino, que além de colocar os usuários em risco, prejudica os motoristas de aplicativos regulares com a fragmentação do mercado e a concorrência desleal.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Foram orientar mesmo ou foram aplicar a multinha básica de cada dia pata arrecadar

  2. O UBER Samuca também vai se cadastrar na STMU?

  3. Não entendi!
    O Decreto 15.544 cria a PROVER, belo cabide de emprego… uma plataforma para fiscalizar outra plataforma… Os app Uber… 99… etc já possuem suas regras. Que já são rígidas… coibir o transporte clandestino… piada… rsrsrsrs… só rindo… Aqui é uma dica… a STMU devia “olhar” os arredores da Rodoviária… é só uma dica…
    Ah! Eu já sei…

  4. PREVARICAR:

    Deixar de cumprir uma obrigação.

    Lendo o Decreto 15544 o que vejo é flagrante prevaricação por parte dos agentes públicos, que deixaram de agira para ORIENTAR.
    Esses fiscais e o secretário estão deixando de agir sobre as PROVER, ou melhor, sobre o UBER e similares.
    Alô Ministério Público.
    Alô promotores de tutela coletiva. Vamos agir aí.
    Não precisa de motivação para agir.
    Essa reportagem já traz elementos suficientes. Basta pedir pra STMU comprovar as ações efetivas.

Untitled Document