terça-feira, 23 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Ação Social promovida por Associação de Moradores movimenta bairro Nova Esperança

Ação Social promovida por Associação de Moradores movimenta bairro Nova Esperança

Matéria publicada em 16 de junho de 2019, 17:26 horas

 


Picolés, pipoca e algodão doce foram entregues durante evento (Foto: Pollyanna Moura)

Barra Mansa – A Associação de Moradores do Bairro Nova Esperança realizou, neste domingo (16), na Rua Olavo Bilac, uma ação social intitulada ‘Domingo da Esperança’, voltada para os moradores do bairro e bairros vizinhos. O evento foi iniciado por volta de 8h e terminou às 13h. Segundo a presidente da associação, Rayane Braga, o evento teve como objetivo recuperar a autoestima dos moradores, após os últimos acontecimentos durante o período de chuva.

Da mesma forma, o programa proporcionou muita diversão para as crianças, que brincaram em alguns aparelhos. No mesmo local, houve a todo o momento entrega de pipoca e algodão doce; e ao final, um carrinho de picolé fez a alegria de crianças e adultos.

A ação teve apoio da prefeitura de Barra Mansa e contou com a parceria de vários órgãos, como: Guarda Municipal, Cruz Vermelha, Fundação Leão XIII e Vigilância Ambiental. Além de empresas que prestam serviços laboratoriais, de tecnologia e atendimento ortodôntico. Nutricionistas e psicólogos também estiveram presentes, atendendo a população.

Crianças receberam aplicação de flúor durante o evento (Foto: Pollyanna Moura)

Segundo a psicóloga Silvana Helen, a ação ajuda os moradores a se sentirem mais acolhidos; principalmente após os últimos acontecimentos durante o período de chuva.

– Depois de tantas coisas que aconteceram na comunidade, é normal algumas pessoas se sentirem desacreditadas. Ações como essa são importantes até para os moradores se sentirem acolhidos, e um apoio psicológico é fundamental nesse sentido, também. A presidente da associação está abraçando a comunidade e essas pessoas se sentem valorizadas – comentou.

Brinquedos foram disponibilizados para as crianças do bairro (Foto: Pollyanna Moura)

Profissionais que trabalham na Cruz Vermelha de Barra Mansa estiveram no local e, além de aferirem a pressão arterial, também realizaram um teste de glicose rápido na população. Segundo a instrutora da Cruz Vermelha, Ariane Oliveira da Silva, muitas pessoas foram atendidas, entre crianças e idosos.

– Nós atendemos diariamente, pacientes hipertensos e diabéticos crônicos.  A procura por esse tipo de atendimento é bem comum e importante. Hoje, atendemos aqui, um público bem diversificado, entre crianças, jovens, adultos e idosos. Estamos sempre abertos e dispostos a atender o público – disse a instrutora.

De acordo com Rayane Braga, o balanço do evento foi positivo: “O balanço do evento foi muito positivo. A estimativa é de que passaram por aqui, entre 200 a 300 pessoas. Tivemos a participação de muitos parceiros que vieram acompanhar os trabalhos e participar da ação. A gente pode perceber que os moradores aceitaram a nossa iniciativa e tivemos um retorno muito positivo”.

Segundo Rayane Braga, além de moradores do bairro Nova Esperança, pessoas que residem em outros bairros como: Roselândia, São Luiz, Boa Sorte, Piteiras e Santa Clara, estiveram presentes. ‘’Conseguimos atender muitas pessoas, entre crianças e idosos e estamos muito felizes por isso’’, completou a presidente.

Emissão de documentos

Devido às três enchentes que aconteceram no bairro nos últimos meses, muitos moradores perderam, além de alguns pertences, seus documentos. Representantes da Fundação Leão XIII, órgão que tem por finalidade proporcionar assistência à população por meio de programas sociais, com atendimento especializado em situações de calamidade pública, colheram dados de alguns moradores. A Fundação tem sua sede instalada no pátio da prefeitura de Barra Mansa e atende no período de 08h às 14h, de segunda à sexta-feira.

Representantes da Fundação auxiliam moradores com emissão de documentos (Foto: Pollyanna Moura)

Segundo Elizabete Alves, chefe de Núcleo da Fundação em Barra Mansa, muitas pessoas não sabem que a Fundação existe e auxiliar e participar do evento de hoje, não só ajudou a população do bairro, como divulgou a prestação de serviço, que é gratuito.

– Acredito que conseguimos atender cerca de 100 pessoas, hoje. Fazemos todo tipo de documento e 2ª via. Fazemos também, o vale-social. Quem tem qualquer tipo de enfermidade ou deficiência física ou mental, pode nos procurar – disse.

 

 

 

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Muito bom!

    A associação de moradores pode fazer muito mais. O presidente do bairro que resido disse uma vez que pode fazer muito pq é próximo dos moradores, além de conhecer o bairro como ninguém, e estes o consideram como legítimo representante local, desde que ele não seja político com segundas intenções, o que eu considero POLITIQUEIRO.

    • Avatar

      E para não esquecer que se for POLITIQUEIRO fuja dele rápido para não ser hipnotizado pela palavra mágica PROMETO. Devido não colar mais, agora estão falando que são “gestor público”, como vimos muito nas 2 últimas eleições.

Untitled Document